A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Alterações do desenvolvimento e variações da normalidade

Pré-visualização | Página 1 de 1

ALTERAÇÕES DO DESENVOLVIMENTO E VARIAÇÕES DA NORMALIDADE
ALTERAÇÕES DO LÁBIO
Fossetas (fístula) da comissura labial:
· Invaginação no limite do vermelhão do lábio com a comissura;
· Falha na fusão do processo maxilar e mandibular;
· Uni ou bilateral;
· Fundo cego que pode drenar saliva;
· Assintomática e sem necessidade de tratamento.
Fossetas paramedianas labiais:
· Invaginação congênita rara do lábio inferior;
· Fundo cego que pode drenar saliva;
· Bilateral e na linha média;
· Tratamento: estético;
· Associada a fenda labial e/ou fenda palatina;
· Síndrome de Van Der Woude:
· Autossômica dominante;
· Fenda labial ou fenda palatina;
· Fossetas paramedianas;
· Hipodontia, anquiloglossia, doenças do coração e anomalias cerebrais.
Lábio duplo:
· Crescimento tecidual raro, congênito ou adquirido;
· Lábio superior ou ambos;
· Aparente ao sorrir ou tensionar os lábios;
· Tratamento: caso leve a moderado=nenhum; caso grave=cirúrgico; e estético;
· Síndrome de Ascher:
· Autossômica dominante;
· Lábio duplo;
· Blefarocalásia: aumento da pálpebra superior (flacidez);
· Aumento atóxico da tireoide.
Grânulos de Fordyce:
· Glândulas sebáceas ectópicas que ocorrem na mucosa oral;
· Pápulas múltiplas pouco elevadas: vermelhão do lábio superior e mucosa jugal;
· Branco amarelada;
· Assintomática;
· Biópsia e tratamento não indicados.
Leucoedema:
· Edema intracelular que ocorre comumente na mucosa jugal;
· Causa desconhecida que forma uma placa branca, difusa e opaca;
· Negros;
· Edema mais evidente na mucosa pigmentada e de fumantes;
· Sem necessidade de biópsia, no qual é uma condição benigna.
ALTERAÇÕES DA LÍNGUA
Microglossia:
· Alteração incomum do desenvolvimento: língua pequena ou ausente (aglossia);
· Síndromes associadas: hipodactilia e hipomelia;
· Tratamento: depende da natureza e gravidade da condição;
· Cirurgia e ortodontia podem melhorar a função oral.
Macroglossia:
· Aumento da língua;
· Congênita;
· Adquirida: crianças; leve a grave; aumento difuso ou em nódulos;
· Causas: malformações vasculares e hipertrofia muscular hamartomas, neoplasias e síndromes: Down e Beckwith-Wiedemonn;
· Consequências: gagueira, língua crenada, mordida aberta e prognatismo mandibular, língua para fora, obstrução das vias aéreas;
· Tratamento: depende da causa e da gravidade da condição; cirurgia e fonoaudiologia; pode haver necessidade de redução da língua.
Anquiloglossia:
· Congênita;
· Freio lingual curto ou com inserção no ápice lingual limitando o movimento da língua;
· Dificuldades: amamentação, fonação, higienização e problemas psicológicos;
· Características clínicas: fusão da língua ao assoalho, mordida aberta anterior e problemas periodontais;
· Tratamento: fonoaudiologia e cirúrgico: frenectomia.
Tireóide lingual:
· Tecido tireoidiano ectópico;
· Assintomático;
· Pequenas a grandes massas que podem bloquear as vias aéreas;
· Sintomas: disfagia, disfonia e dispneia;
· Hipertireodismo pode estar associado;
· Diagnóstico: cintilografia e biópsia;
· Tratamento: sintomático hormonal, cirúrgico e iodo radioativo (oblação).
Língua fissurada:
· Múltiplas fissuras no dorso da língua;
· Causa incerta hereditário;
· Fendas de 2 a 6mm de profundidade;
· Associação com língua geográfica;
· Síndrome de Melkerson-Rosenthal: 
· Paralisia facial, granulomatose orofacial e língua fissurada;
· Tratamento: orientações de higiene.
Língua pilosa:
· Acúmulo de ceratina nas papilas filiformes no dorso da língua;
· Causa incerta: fumo, antibióticos, higiene deficiente, estado geral debilitado e radioterapia;
· Assintomático ou náusea e gosto ruim;
· Comum na linha média anterior às papilas circunvaladas espalhando-se para as bordas laterais a anteriores;
· Estética e mau hábito;
· Tratamento: higiene adequada e remover fatores associados.
Língua saburrosa:
· Coloração esbranquiçada;
· Acúmulo de microrganismos, restos celulares e alimentos no dorso da língua;
· Causa: pouca salivação;
· Tratamento: orientação.
Leucoplasia pilosa:
· Comum em pacientes HIV+;
· Borda lateral da língua;
· Lesão induzida por vírus.
OUTRAS ALTERAÇÕES
Varicosidades(varizes):
· Veias dilatadas e tortuosas;
· Diminuição do tônus do tecido conjuntivo ao redor dos vasos;
· Variz sublingual é a mais comum: apresentam-se como múltiplas bolhas papulares ou elevadas purpúreo-azuladas na superfície ventral e borda lateral;
· Assintomática;
· Varize solitária: remoção para diagnóstico ou estética;
· Não há necessidade de tratamento.
Exostoses:
· Protuberâncias ósseas localizadas que surgem da cortical óssea;
· Maxila e mandíbula;
· Vestibular: nódulos ósseos bilaterais;
· Rebordo alveolar;
· Assintomática;
· Exostose palatina;
· Exostose solitária: irritação local, osso alveolar abaixo do enxerto gengival ou de enxertos de pele;
· xostose subpôntica reacional: pode se desenvolver da crista óssea alveolar;
· Diagnóstico clínico.
Torus mandibular:
· Paramediana;
· Por lingual;
· Pode aumentar: movimento ortodôntico, apertamento e bruxismo;
· Características genéticas e ambientais.
Torus palatino:
· Região mediana do palato duro;
· Fatores hereditários e ambientais.
Fendas orofaciais:
· Distúrbios na fusão e união dos processos teciduais que formam a face;
· Fenda labial: fusão inadequada dos processos nasal mediano e maxilar;
· Fenda palatina: falha na fusão das cristas palatinas.
Sequência de Pierre – Robin:
· Micrognatia mandibular;
· Fenda palatina;
· Glossoptose(queda da língua): obstrução das vias aéreas causado pelo deslocamento póstero-inferior da língua.