A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Protese Parcial Fixa: Preparo de Coroa Total Metalocerâmica em Dentes Anteriores

Pré-visualização | Página 1 de 1

Tipo de término cervical: Chanfrado 
Técnica de execução: Silhueta – nesta técnica a metade do 
dente é preparada e serve para comparar com a área não 
preparada. 
 
Lembrete: execute a técnica respeitando as particularidades 
anatômicas de cada dente! 
 
1º passo: Definic ̧ão do sulco de orientac ̧ão cervical 
(apenas na face vestibular) 
 
 Estabelecer um sulco de orientação para o desgaste 
vestibular.
 Demarque 1 mm ACIMA da margem gengival. 
 Broca: 1012
 Profundidade: meia broca
 Posicionamento: 45º em relação a superfície a ser 
desgastada até a haste metálica da broca tocar o dente.
 
2º passo: Definição dos sulcos de orientac ̧ão axiais 
no terc ̧o mediocervical (vestibular)- 1ª inclinac ̧ão. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 Estabelece a quantidade de desgaste nesta superfície.
 Broca: 3145.
 Profundidade: todo o diâmetro da broca..
 Inclinação: paralela ao terço médio da face vestibular (eixo 
de inserção).
 Localização: 
 um no centro do dente. 
 um próximo à face proximal mesial.
3º passo: Definição do sulco de orientac ̧ão axial no 
terc ̧o mediocervical (palatino) – 1ª inclinac ̧ão 
 Estabelece a quantidade de desgaste nesta superfície.
 Broca: 3145.
 Profundidade meia broca.
 Inclinação: paralela aos sulcos de orien- tação já realizados 
na face vestibular.
 Localização: no centro da face palatina.
1º Definição do sulco de orientação cervical (apenas na face 
vestibular) 
 
2º Definição dos sulcos de orientação axial no terço 
mediocervical (vestibular) – 1ª inclinação. 
 
3º Definição do sulco de orientação axial no terço 
mediocervical (palatino) – 1ª inclinação. 
 
4º Definição do sulco sulcos de orientação axial no terço 
medioincisal (vestibular) – 2ª inclinação 
 
5º Delimitação dos sulcos de orientação incisais
6º União dos sulcos de orientação incisais 
 
7º Desgaste proximal 
8º União dos sulcos de orientação 
9º Preparo do restante do dente. 
 
10º Desgaste da concavidade palatina 
 
11º Localização e definição do término 
 
12º Acabamento e polimento 
 4º passo: sulcos de orientac ̧ão axial no terc ̧o 
medioincisal (vestibular) – 2ª inclinac ̧ão 
 
 
 
 Estabelece a quantidade de desgaste nesta superfície.
 Broca: 3145.
 Profundidade: todo o diâmetro da broca
 Inclinação: acompanha a inclinação do dente (do terço 
médio para o incisal).
 Localização: acompanha os dois sulcos já realizados.
 
5º passo: Delimitação dos sulcos de orientação 
incisais
 Estabelece a quantidade de desgaste incisal.
 Broca: 3145
 Profundidade: 1 e meia broca
 IncliInação: 45º para a face palatina.
 Localização: acompanha os sulcos vestibullares
6º passo: união dos sulcos de orientac ̧ão incisais
 Broca: 3145.
 Inclinação: 45º para a face palatal. 
7º passo: desgaste proximal 
 
 
 
 
 
 
 
 Broca: 3203
 Inclinação: perpendicular ao plano oclusal, acompanhando 
a margem gengival.
 O dente adjacente deve ficar protegido com a matriz de 
aço
 O desgaste deve ser realizado até permitir a passagem da 
broca 3145
8º passo: união dos sulcos de orientac ̧ão 
 
 
 
 
 Broca: 3145
 1ª Inclinação: unir os sulcos de refere ̂ncia na face 
vestibular, passando por proximal, até encontrar o sulco 
de referência palatino. Este desgaste resulta na criação da 
área de retenção friccional que definirá o futuro eixo de 
inserção.
 2ª Inclinação: unir os sulcos de referência da fase vestibular. 
9º passo: preparo do restante do dente 
 Após estes passos, a metade do dente está preparada, o 
que permite fazer uma avaliação dos procedimentos 
realizados até o momento, comparando-a com a parte 
intacta do dente.
 Repetir os passos de 2 a 8 
10º passo: desgaste da concavidade palatina 
 
– 
 
 Broca: 3168
 Profundidade: considerar a condição oclusal do paciente.
 Acompanha a anatomia da face palatina.
11º passo: localização e definição do término 
cervical
 
 
 Término em chanfro na área estética (V e 1/3 
interproximal): Broca 4138
 Término em chanferete no restante do preparo: Broca 
3145
 Inclinação: paralela às paredes axiais
 Localização: no término cervical, com metade da ponta da 
broca
 Profundidade: depende do sulco gengival, medir o sulco 
com sonda periodontal e posicionar fio de afastamento 
para proteger a gengival marginal. 
12º passo: acabamento e polimento 
2.125 
 
 
 Alisamento das paredes axiais, oclusais, término cervical e 
ângulos internos. Usar as brocas: 
 
 
 
 
 
Características finais do preparo para coroa 
metalocera ̂mica em dentes anteriores 
 Face vestibular em dois planos. 
 Face palatina em dois planos
 Área de retenção friccional no terço cervical de todo o 
preparo
 Angulos internos arredondados.
 Preparo com redução axial de 1,5 mm na face vestibular.
 Término em chanfro na área estética (proximomesial a 
proximodistal passando por vestibular) e chanferete na 
face palatina/ lingual.
 
Br
oc
a 
31
45
 F
 
Br
oc
a 
31
45
 F
F 
Br
oc
a 
41
38
 F
 
Br
oc
a 
41
38
 F
F 
Br
oc
a 
31
68
 F
 
Br
oc
a 
31
68
 F
F