A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
10 pág.
Anatomia Dentária

Pré-visualização | Página 3 de 3

mesial e distal. 
BORDAS: recebem o nome das faces entre a quais se situam, são pouco sitadas. 
Número de Raízes: 
Unirradiculares → incisivos, caninos, pré-molares inferiores e segundo pré-molar superior. 
Birradiculares → primeiro pré-molar superior e molares inferiores. 
Trirradicular → molares superiores. 
 
Inclinação Radicular 
 Deslocamento do longo eixo da raiz em 
relação a coroa 
 Toda a raiz se inclina 
 É uma inclinação discreta e suave 
 Evidente em quase todos os dentes 
 Faz-se mais em sentido distal 
 Provoca uma reentrância na região 
distal do colo 
 Pode haver inclinação em outros 
sentidos 
 
Curvatura Radicular 
 Curvatura suave que ocorre apenas na 
raiz 
 Modifica o longo eixo da raiz 
 Comum em quase todas as raízes e 
muito variável 
 
Angulação Radicular 
 Curvatura radicular muito intensa 
 Forma ângulos mais definidos e agudos 
ao longo do eixo da raiz 
 Também chamado de dilaceração 
radicular 
 Mais frequente no terço apical 
 
 
 
Base 
Corpo 
Ápice 
Letícia Andréa 105 – 3O 
Ramificações 
 O dente apresenta um número maior 
que o normal de raízes 
 Pode-se ter uma bifurcação, 
trifurcação, etc 
 Podem ser parciais ou totais 
 A ramificação parcial ocorre apenas em 
parte da raiz, geralmente o terço apical 
 A ramificação total ocorre em toda a 
raiz 
 Ramificações parciais são muito 
frequentes 
 As parciais apresentam um sulco 
profundo que chega a separa-las na 
região apical, comum em incisivos e 
caninos inferiores 
 Ramificações totais são pouco 
frequentes 
 As totais causam separação do canal 
radicular e é mais comum nos terceiros 
molares 
 
Fusões 
 É o inverso das ramificações 
 Representa a diminuição do número de 
raízes 
 Pode ser parcial ou total 
 Fusões parciais ocorrem apenas através 
do cemento, sendo uma lâmina delgada 
que vai de uma raiz para outra (ponte 
de cemento) 
 A fusão parcial ocorre geralmente na 
região do corpo das raízes 
 Fusões parciais são mais frequentes, 
principalmente em segundos e 
terceiros molares 
 A fusão total ocorre com toda a raiz 
 As fusões totais são pouco frequentes 
 Fusões totais ocorrem mais no primeiro 
pré-molar superior e nos terceiros 
molares 
 
Divisão em Terços 
 Para facilitar a divisão anatômica, divide-se as faces da raiz em terços 
 Essa divisão se faz no sentido vertical e também no sentido horizontal 
 Vertical: sentido cérvico-apical 
 Horizontal: sentido mésio-distal ou vestíbulo-lingual 
 
Faces livres 
Sentido mésio-distal: mesial, médio e distal. 
Sentido cérvico-oclusal: cervical, médio e apical. 
 
Faces proximais 
Sentido vestíbulo-lingual: vestibular, médio e lingual. 
Sentido cérvico-oclusal: cervical, médio e apical