A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
Orientações de estudo - Fenomelogia Existencial

Pré-visualização | Página 1 de 1

Orientações de estudo 
Texto: Oh, que horror, o existencialismo!
1. O existencialismo pode ser rastreado até em tempos remotos, mesmo em filósofos considerados essencialistas como em Agostinho, por exemplo. Quais são as razões para essa identificação? 
R= Diz o texto que o existencialismo é um estado de espirito e como tal pode ser rastreado até qualquer um que em algum momento tenha sentido insatisfação, revolta ou desgosto com alguma coisa.
2. Como se dá o olhar do filósofo existencial?
R= O filosofo existencialista olha para tudo o que compõem a vida dos humanos, as ações, pensamentos, palavras, sensações e escolhas.
3. Qual a diferença dos filósofos tradicionais e os fenomenólogos alemães?
R= Os filósofos tradicionais costumam iniciar por meio de teorias abstratas, enigmas sobre a realidade, enquanto os fenomenólogos alemãs vão direto à vida como a viviam a cada momento, ressaltando que qualquer filósofo que fizesse tais perguntas já estava inserido em um mundo de coisas ou “fenômenos”.
4. Qual o interesse de Sartre e Simone de Beauvoir na filosofia fenomenológica?
R= Para eles essa era uma filosofia real, uma maneira de conectar a filosofia e sua forma de pensar com uma experiência normal, vivida.
5. Por que a liberdade, para os existencialistas, era o cerne de toda a experiência humana?
R= A liberdade era o que os diferenciava dos animais e objetos. O ser humano cria sua própria natureza conforme escolhe o que fazer..
6. Qual a definição de Sartre para o existencialismo? 
R= Ele definia o existencialismo pelo seguinte lema: “A existência precede a essência”.
7. “A existência precede a essência”. O que esta afirmação significa para o filósofo Sartre?
R= Que o ser humano cria sua essência, ou natureza, quando se lança ao mundo. Enquanto existe, o homem está se moldando, sempre uma obra em andamento criado por sua própria ação.
8. Conforme aparece no texto, a autora menciona o exemplo citado por Sartre do rapaz que precisa decidir-se entre ficar com sua mãe ou participar como soldado na guerra. Como é se ver diante de tal escolha? Como procede o rapaz ao lidar com tal decisão na hora de agir? Quem pode ajuda-lo e como? O que esses questionamentos buscam?
R= Esses questionamentos buscam permitir uma análise mais pessoal do complexo problema ético em que o rapaz se vê envolvido. 
9. Qual opinião de Sartre sobre a crença de sermos guiados por leis morais?
R= Ele dizia que as leis morais e o próprio perfil psicológico do indivíduo podem desempenhar um papel nas escolhas, mas esses elementos apenas somam a “situação”. O indivíduo é livre para escolher, em palavras, pensamentos ou ações, escolher como lidar com as situações que surgirem, e na escolha você escolhe quem é. 
10. A partir dos filmes descreva a filosofia existencial.
R= Do que pude compreender dos filmes a filosofia existencial é uma filosofia cujo olhar se foca no Ser, o homem, o indivíduo e suas escolhas e angustias. A própria existência sendo a essência do ser humano. A liberdade de escolher o próprio caminho, os próprios pensamentos e ações.