A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Cimento de Ionômero de Vidro

Pré-visualização | Página 1 de 1

O CIV surgiu a partir da junção do 
cimento de silicato (potencial 
anticariogênico e libera flúor) + 
policarboxilato de zinco (adesão à 
estrutura dentária e pouca irritação). 
Vantagens: menos irritante para a 
polpa dentária, resiste a manchas e 
ataques ácidos, adesão às estruturas 
dentárias, biocompatibilidade, 
liberação de flúor. 
Desvantagens: estética deficiente, 
baixa resistência ao desgaste 
(contraindicado para áreas de 
grandes esforços mastigatórios). 
FORMAS DE APRESENTAÇÃO: 
→ Convencional: pó (básico) + 
líquido (ácido). 
→ Anidro (pó + água). 
COMPOSIÇÃO QUÍMICA 
PÓ (base): alumina e sílica 
{resistência ao material}, fluoreto de 
cálcio {liberação de flúor}, fluoreto 
de sódio, fluoreto de alumínio, fosfato 
de alumínio, estrôncio, sódio. 
LÍQUIDO: ácido poliacrílico + água + 
aditivos - ácido tartárico (se liga a 
Alumina para sobrar mais COOH- 
para Si e Ca+ e ficar equilibrado). 
 
 
→ A reação química entre o pó e o 
líquido ocorre em 3 fases: 
FASE 1: AGLUTINAÇÃO 
1) COOH do ácido poliacrílico se junta 
a H2O > ionização do ácido – libera 
H+ e COOH -. 
2) H+ ataca as partículas do pó {H+ - 
Al- e Si} 
 É nessa fase que o material 
precisa ser inserido na cavidade, pois 
há íons carboxílicos livres para se 
ligarem com o dente. {tempo de 
1min, enquanto o material está com 
brilho}. 
FASE 2: FORMAÇÃO DE POLISSAIS 
1) Íon carboxílico (COOH-) se junta ao 
Ca2+ > formação do policarboxilato 
de cálcio (evitar embebição – 
isolamento da cavidade). 
2) Íon carboxílico se junta a Al3+ > 
formação do policarboxilato de 
alumínio (evitar sinérese – aplicar o 
esmalte/adesivo/vaselina). 
- Ácido tartárico age aumentando o 
tempo de trabalho e diminuindo o 
tempo de presa. 
{tempo de 7-8min} 
FASE 3: FORMAÇÃO DO GEL DE 
SÍLICA 
Íon carboxílico – SiO2. {24-48h}. 
Cimento de Ionômero de Vidro 
PROPRIEDADES MECÂNICAS: 
→ proporção pó: líquido 
→ tamanho das partículas do pó (é 
o que muda de uma indicação para 
outra). 
→ concentração de ácido poliacrílico 
(remove superficialmente a smear 
layer – resto de 
substâncias/bactérias/minerais nos 
túbulos dentinários que servem para 
diminuir a permeabilidade dos 
túbulos). 
→ CIV apresenta adesividade maior 
com o esmalte, devido aos íons de 
cálcio. 
→ CIV é um contínuo reservatório 
de flúor. 
→ há fraturas coesivas dentro do 
próprio material que diminuem o 
risco de infiltração marginal. 
→ previne cárie secundária, pois em 
condições ácidas, ele aumenta a 
liberação de minerais. 
→ coeficiente de expansão térmico 
linear: dente expande > CIV 
expande. 
→ estética deficiente: opaco e 
pigmenta facilmente. 
 
 
 
 
 
CLASSIFICAÇÃO 
→ De acordo com a natureza do 
material: 
1) CIV convencional - Viltro Fil Lc 
(Lc – necessita de 
fotopolimerização) 
2) CIV modificado por resina (CIVMR) 
É o monômero (HEMA) + sistema 
iniciador/ é menos sensível a água/ 
dependente de fotopolimerização 
(Lc) 
3) CIV reforçado por metais (usado 
antigamente) 
4) CIV condensável 
→ De acordo com a indicação do 
material: 
1) CIV para cimentação – 1 
Utilizado para prótese/ortodontia. 
Radiopaco, para áreas de força 
moderada. 
2) CIV para restauração – 2 
Translúcido, protege contra umidade 
e possui a reação de presa mais 
rápida. 
 Restaurador ART – pacientes mais 
carentes 
3) CIV para forramento – 3 
Utilizado para base cavitaria. 
Usa-se a técnica do sanduíche. 
4) CIV em forma de selantes 
Utilizado geralmente em crianças, 
com o objetivo de conter a 
retenção de biofilme e liberar flúor. 
PROTOCOLO CLÍNICO PARA USO 
DO CIV 
1. Profilaxia com pedra pomes e 
água 
2. Isolamento absoluto (não é 
obrigatório para escavação em 
massa). 
3. Remoção do tecido cariado/ 
preparo cavitário 
4. Tratamento de superfície: 
smear layer (apenas quando for 
o civ restaurador). 
5. Manipulação e inserção na 
cavidade (pode utilizar a seringa 
Centrix, que permite que a 
cavidade seja toda preenchida, 
o material saia uniforme e não 
haja a incorporação de bolhas.) 
 
 
6. Compressão e proteção do 
esmalte (verniz, adesivo bond, 
esmalte incolor). 
7. Acabamento e polimento. 
 
 
 
 
 
 
 
 
Utiliza-se CIV + resina ou amalgáma. 
→ Imediata: Apenas 1 sessão. 
→ Mediata: 2 sessões. 
Técnica mista do sanduíche aberto 
 
O CIV fica exposto ao meio bucal, só 
é recoberto na parte de cima. 
Técnica mista do sanduíche fechado 
 
O CIV não fica exposto ao meio 
bucal, é recoberto totalmente. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
TÉCNICA MISTA