A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
EXERCÍCIOS - PRINCIPAIS TEORIAS DO DESENVOLVIMENTO HUMANO

Pré-visualização | Página 1 de 1

EXERCÍCIOS - PRINCIPAIS TEORIAS DO DESENVOLVIMENTO HUMANO 
PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO I: INFÂNCIA 
ALUNO: GIL MARCOS PEREIRA DA SILVA JUNIOR 
 
1. 
Por que J. B. Watson (1878-1958) é considerado o fundador da Psicologia científica? 
A. Porque, antes de Watson, a Psicologia dedicava-se ao estudo introspectivo da memória e, a partir de 
Watson, passou a dedicar-se ao estudo experimental do comportamento. 
 
B. Porque, antes de Watson, a Psicologia dedicava-se ao estudo experimental do comportamento e, a partir 
de Watson, passou a dedicar-se ao estudo introspectivo da memória. 
 
Você acertou! 
C. Porque, antes de Watson, a Psicologia dedicava-se ao estudo introspectivo da consciência e, a partir de 
Watson, passou a dedicar-se ao estudo experimental do comportamento. 
Por que esta resposta é a correta? 
Antes de Watson, a Psicologia dedicava-se, tradicionalmente, ao estudo da consciência humana por meio do 
método da introspecção. Apesar de não negar a existência da consciência, Watson defendeu que esse não 
deveria ser o objeto de estudo da Psicologia. Watson propôs que o objeto de estudo da Psicologia deveria ser o 
comportamento, por meio de métodos experimentais e observações objetivas. 
 
D. Porque, antes de Watson, a Psicologia dedicava-se ao estudo maturacional do organismo e, a partir de 
Watson, passou a dedicar-se ao estudo experimental do comportamento. 
 
E. Porque, antes de Watson, a Psicologia dedicava-se ao estudo introspectivo da memória e, a partir de 
Watson, passou a dedicar-se ao estudo experimental da memória. 
 
2. 
No behaviorismo radical de B. F. Skinner (1904-1990), quais são as funções do reforço e da punição? 
A. O reforço fortalece os comportamentos repetitivos e a punição pune os comportamentos repetitivos. 
 
B. O reforço premia os comportamentos certos e a punição pune os comportamentos errados. 
 
C. O reforço fortalece o comportamento que o sucede e a punição fortalece a remoção do comportamento 
que o sucede. 
 
D. O reforço aumenta os comportamentos certos e a punição diminui os comportamentos errados. 
 
Você acertou! 
E. O reforço fortalece o comportamento que o precede e a punição fortalece a remoção do comportamento 
que o precede. 
Por que esta resposta é a correta? 
Os indivíduos agem de acordo com as consequências positivas ou negativas de seu comportamento. Portanto, 
não se pode pensar o indivíduo submetido ao meio de forma passiva. Skinner afirma a existência de reforços 
positivos e negativos no meio que possibilitam modificações no comportamento dos indivíduos. O reforço fortalece 
o comportamento que o precede e a punição fortalece a remoção do comportamento que o precede. 
 
3. 
Qual a diferença entre estruturas naturais (ou primitivas) e estruturas superiores, na teoria de L. S. 
Vygotsky (1896-1934)? 
A. As estruturas naturais ou primitivas têm relação com elementos da natureza; as estruturas superiores têm 
relação com a cognição. 
 
B. As estruturas naturais são aquelas que resultam da interação natural com o meio; as estruturas superiores 
são resultantes de pensamentos complexos. 
 
Você acertou! 
C. As estruturas naturais são a maturação biológica do organismo; as estruturas superiores são o 
desenvolvimento sociocultural dos sujeitos em determinado meio sociocultural. 
Por que esta resposta é a correta? 
As estruturas naturais ou primitivas são aquelas relacionadas a fatores maturacionais biológicos. Já as estruturas 
superiores são oriundas do desenvolvimento sociocultural do sujeito em interação com o meio e se constituem a 
partir da história e da cultura vividas. As estruturas superiores são variáveis e têm uma história particular 
relacionada às condições históricas e culturais objetivas de cada sujeito, não surgem tão somente como simples 
reações ou hábitos provocados por estímulos externos. 
 
D. As estruturas naturais são a maturação biológica do organismo; as estruturas superiores são os 
pensamentos complexos desenvolvidos pelos sujeitos. 
 
E. As estruturas naturais são a relação dos organismos com a natureza; as estruturas superiores são o 
desenvolvimento sociocultural dos sujeitos em determinado meio sociocultural. 
 
4. 
Quais são as diferentes fases do desenvolvimento humano na teoria de Freud (1856-1939)? 
A. Fase oral, fase anal, fase nasal, período de latência e fase genital. 
 
B. Fase oral, fase nasal, fase fálica, período de latência e fase moral. 
 
C. Fase oral, fase anal, fase fálica, período de lactância e fase moral. 
 
D. Fase oral, fase anal, fase genital, período de latência e fase moral. 
 
Você acertou! 
E. Fase oral, fase anal, fase fálica, período de latência e fase genital. 
Por que esta resposta é a correta? 
Na teoria de Freud, o desenvolvimento humano passa por cinco diferentes fases. Na fase oral, a boca é a zona 
erógena de desenvolvimento. Na fase anal, a fixação está no controle do esfíncter anal. Na fase fálica, a atenção 
se centra no falo e é quando ocorrem os complexos de Édipo e de Édipo feminino. Na fase de latência, há uma 
repressão temporária dos impulsos sexuais. Por último, na fase genital, a atenção sexual converge para as 
relações interpessoais. 
 
5. 
Como a formação da identidade é caracterizada na teoria psicossocial de Erik Erikson (1902-1994)? 
A. A formação da identidade é um processo integrador das transformações sexuais, das exigências pessoais 
e das expectativas em relação ao futuro. 
 
B. A formação da identidade é um processo integrador das transformações naturais, das exigências pessoais 
e das expectativas em relação ao futuro. 
 
C. A formação da identidade é um processo integrador das transformações sexuais, das exigências morais 
e das expectativas em relação ao futuro. 
 
D. A formação da identidade é um processo integrador das transformações morais, das exigências sociais e 
das expectativas em relação ao futuro. 
 
Você acertou! 
E. A formação da identidade é um processo integrador das transformações pessoais, das exigências sociais 
e das expectativas em relação ao futuro. 
Por que esta resposta é a correta? 
Na fase identidade x confusão (adolescência), o modo como o adolescente se vê, o modo como acha que os 
outros o veem, o que ele acha que esperam dele e a adequação às normas sociais influenciam a consolidação 
ou a confusão em relação a sua identidade. A formação da identidade é um processo integrador das 
transformações pessoais, das exigências sociais e das expectativas em relação ao futuro. É importante salientar 
que por mais que a identidade se destaque na adolescência, ela também tem suas bases nos quatro primeiros 
estágios, assim como influencia os três últimos estágios do desenvolvimento humano.