A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
8 pág.
Materiais de moldagem - Alginatos

Pré-visualização | Página 1 de 1

Materiais Dentários
Materiais de moldagem - Alginatos
~por Manuela Lopes
São materiais utilizados para obter a cópia em gesso das estruturas bucais.
São usados como base para restaurações indiretas.
Molde Modelo
Cópia em negativo de estruturas e
detalhes anatômicos, obtida através
de materiais de impressão.
O molde é o meio.
Cópia em positivo de estruturas
dentais e detalhes anatômicos
circunjacentes.
Já o modelo é o resultado final.
Moldagem ⟶ Processo de confecção do molde (é a transferência de informações)
1 Tipos de materiais de moldagem
1. Elásticos
2. Anelásticos (Sem elasticidade)
Gesso para moldagem - não se utiliza mais
Godiva - moldagem para prótese total
Pasta zinco e eugenol - moldagem para prótese total
2 Elásticos
Materiais que têm elasticidade!
1. Hidrocolóides - derivados do Ágar de algas marinhas
Reversíveis - sua reação de presa é reversível (caiu em desuso nas clínicas)
Irreversíveis - muito utilizados na prótese, dentística, ortodontia e clínico geral
2. Elastômeros - materiais elásticos de maior precisão
Mercaptanas
Poliéter
Silicones
3 Hidrocolóides Irreversíveis
Para que servem?
Composição
Reação de Presa
Manipulação
Propriedades
4 Alginatos
São materiais hidrocolóides irreversíveis!
Fácil de trabalhar e fácil de errar!
5 Indicações
Modelos de gesso que não exigem muita precisão!
● Moldagem para modelos de estudos
● Moldagem para modelos ortodônticos
● Moldagem para placa estabilizadora / protetora
● Moldagem para placa de clareamento
6 Composição
O alginato é oriundo da Algina (exsudato de algas marinhas) que passa por um
processo químico ⟶ Alginatos solúveis
O alginato de potássio é o principal componente que vai reagir com o sulfato de
cálcio para formar a reação do gel de alginato insolúvel de cálcio.
As partículas de carga, óxido de zinco e terra diatomácea (sílica), são inseridas
para dar mais resistência e consistência ao material.
O fosfato de sódio atua com um retardador da reação química para obter um
adequado tempo de trabalho, pois o alginato de potássio na presença do
reagente tem uma reação muito rápida.
O fluoreto titanato de potássio é o endurecedor para gesso, porque o alginato
em si, na sua composição, possui componentes que retardam a presa do gesso.
Apresentação ⟶ pó e líquido.
7 Reação de presa
Reação química na qual o material passa do estado sólido para o gel.
Geleificação ⟶ Reação de um alginato solúvel com sulfato de cálcio, que leva à
formação de gel de alginato insolúvel de cálcio.
Tempo de gelificação dos alginatos
Desde o momento que mistura até sua presa final.
● Tipo I ⟶ presa rápida: 1,5 - 3 min
● Tipo II ⟶ presa rápida: 3 - 4,5 min
Preparo prévio do material / proporção / manipulação
8 Manipulação
Materiais
Moldeira, gral de borracha, espátula plástica grande, medidor de água, medidor
de pó, alginato e manequim.
Tipos de moldeira:
● plástico
● inox perfurada (retém melhor o material)
● inox com friso nas bordas
*Escrever o nome na moldeira com fita crepe, adesivo ou com a caneta de alta.
*Cada marca tem seu medidor de água e medidor de pó.
Proporção 1:1 (em geral)
● Moldagem superior: 3 medidas de água para 3 de pó
● Moldagem inferior: 2 medidas de água para 2 de pó
Cuidados
● O alginato depois de aberto dura apenas 6 meses! Por isso tem que anotar
a data de abertura e a data de validade (recortar da sacola e colar no pote)
● Guardar em recipiente hermeticamente fechado
● Pode degradar com altas temperaturas
9 Sequência para obtenção do molde
1. Seleção moldeira e personalizar (cera)
2. Proporcionamento e manipulação
3. Colocação na moldeira e assentamento na boca
4. Aguardar tempo recomendado pelo fabricante
5. Remoção e desinfecção do molde
6. Vazar o gesso imediatamente
1. Seleção moldeira e personalizar (cera)
Primeiro é feita a seleção da moldeira e se necessário pode-se personalizar com
as ceras periféricas / ceras utilidades a borda da moldeira.
● Pacientes com grande fundo de vestíbulo precisam de uma adaptação
com a cera utilidade, para que consiga obter a espessura recomendada
de 3mm para ter resistência.
● Características das moldeiras
S - superior e I - inferior (alívio para língua)
S1 até 3 / I1 até I3 - aumento de tamanho da bacia da moldeira
S4 / I4 - modificação para pacientes desdentados posteriores
Testar no manequim a
moldeira que fique com
uma distância de 3mm
entre o dente e as paredes
da moldeira!
2. Proporcionamento e manipulação
Agitar o alginato para homogeneizar as partículas.
Utilizar a colher dosadora para proporcionamento junto ao medidor do líquido.
Levar o pó ao líquido e misturar devagar e em seguida realizar uma espatulação
vigorosa para boa homogeneização.
3. Colocação na moldeira e assentamento na boca
Levar o alginato à moldeira e assentar à boca.
Evitar deslocamentos / movimentação do molde durante a gelificação.
4. Aguardar tempo recomendado pelo fabricante
5. Remoção e desinfecção do molde
A remoção do molde deve ser rápida e em movimento único (em um golpe só) e
vazar o gesso imediatamente!
Examinar o molde após remoção: centralização, espessura do alginato e lisura
do molde.
Observar:
● Presença de bolhas
● Descamação - geleificação precoce
● Posicionamento da moldeira
● Impressão da língua impedindo alginato alcançar dentes - o paciente deve
levantar a língua quando inferior
● Contato da moldeira com os dentes - apertou a moldeira
Desinfecção: Borrifar hipoclorito de sódio 1%
O alginato sofre sinérese e embebição facilmente por isso se borrifa a solução ao
molde.
6. Vazar o gesso imediatamente
Os alginatos possuem baixa estabilidade dimensional
Sofrem sinérese e embebição facilmente
VAZAMENTO DE GESSO IMEDIATO!
Caso necessite ser armazenado deve colocar em um recipiente fechado com
100% de umidade relativa por no máximo 15 min.
Pegar uma vasilha com tampa, colocar uma lâmina de água e 2 buchas para
levantar evitando o contato direto com a água - fechar por no máximo 15 min.
*Antes do vazamento de gesso, lavar o molde com água gessada - ajuda no
contato do gesso com o alginato depois, porém não é obrigatório.
Controle do tempo de Geleificação
● Temperatura da água (recomendado 20º)
fria - mais devagar
quente - mais rápido
● Proporção pó e líquido (não é recomendada, pois diminui a resistência)
10 Propriedades
Resistência e Precisão
Ao ser removido da boca o molde não deve rasgar (resistência) e deve manter as
proporções após a gelificação (precisão).
Como os alginatos se comportam?
Têm baixa resistência ao rasgamento, rasga com facilidade e ao ser removido da
boca ele já começa a sofrer sinérese, já começa a perder precisão e se ficar
submerso em água sofre embebição. Por isso o vazamento de um molde de
alginato é imediato.
Fatores que alteram a Resistência:
● Composição do pó
● Fatores de manipulação
● Tempo no meio bucal
● Espessura
Tipos de falhas
Resumindo: