A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Cuidados Pré-Conceptivos

Pré-visualização | Página 1 de 1

CUIDADOS PRÉ-CONCEPTIVOS
● marcar consulta para avaliação pré-concepcional --- identificar fatores de risco/doenças --- análise de
medicamentos contínuos
● vacinas em dia: orientar vacinação para rubéola e tríplice viral (30 dias antes de interromper o
método anticoncepcional), hepatite B e antitetânica
● ácido fólico: prescrição de ácido fólico 5mg iniciar 3 meses antes da interrupção do AC + consumo de
alimentos de alto teor de ácido fólico (folhas verde-escuras, cereais em geral - arroz, soja, feijão)
● suspensão álcool/fumo/drogas: perigo maior da 4-8 semanas --- pode ocasionar abortos,
crescimento intrauterino retardado, bebês PIG, malformação, parto prematuro e morte perinatal
● prevenção anemia: alimentos ricos em ferros + ricos em vitamina C que ajuda na absorção do ferro
● evitar consumo excessivo de cafeína: cafeína provoca aumento da resistência vascular uterina e
ovariana, contribuindo para uma menor taxa de implantação do embrião + maior número de abortos
● dores: utilizar somente paracetamol --- não utilizar dipirona pois no primeiro trimestre pode ocasionar
complicações no desenvolvimento fetal
● toxoplasmose: gestantes que possuem a doença podem transmitir para o bebê;a toxoplasmose em
fetos pode variar de assintomática à letal, dependendo da idade do feto e de outros fatores não
conhecidos. Os problemas mais comuns incluem nascimento prematuro, baixo peso, aumento no
tamanho do fígado (hepatomegalia) e icterícia (pele amarelada). Quando a infecção ocorre no último
trimestre de gravidez, o recém nascido pode apresentar baixo peso, pneumonia e hepatomegalia, ou
pode permanecer assintomático. Quando a infecção ocorre no segundo trimestre da gestação, o bebê
pode nascer prematuro, mostrar sinais de inflamação no cérebro (encefalite) com convulsões e
calcificações no cérebro. Também pode apresentar microcefalia (diminuição no tamanho do cérebro e
da cabeça com hidrocefalia (acúmulo de líquido no cérebro); (evitar contato com gatos; evitar
manusear os materiais contaminados com as fezes de gatos ou fazê-lo com uso de luvas e em
seguida lavar as mãos com água e sabão; não alimentar os gatos com carne crua; manter o animal
em casa; evitar consumir carne crua ou mal cozida; após o manuseioda carne crua, lavar as mãos e
utensílios com água e sabão ou usar luvas; lavar em água corrente as frutas, os legumes e as
verduras e coloca-los de molho por 10 minutos em água clorada/ hipoclorito de sódio (dilua 1 colher de
sopa do produto para cada litro de água) depois enxague em água corrente antes do consumo; evitar
que moscas e baratas contaminem verduras, frutas, legumes e outros alimentos; usar luvas para
trabalhar com a terra; evitar leite não pasteurizado)