A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
aps grandes

Pré-visualização | Página 1 de 1

PERGUNTA 1
1. Copiar de
Qual o possível diagnóstico baseado na imagem apresentada?
	
	
	Hipoplasia de epiglote
	
	
	Aprisionamento de epiglote
	
	
	Hematoma etmoidal
	
	
	Neuropatia laríngeana recorrente
	
	
	Deslocamento dorsal do palato mole
0 pontos   
PERGUNTA 2
1. Com relação ao Hematoma etmoidal progressivo é correto afirmar que:
I. É uma massa neoplasica, angiomatosae encapsulada que se desenvolve no labirinto etmoidal
II. Tem sua etiologia desconhecida
III. A massa cresce lentamente e de forma progressiva, formando uma pseudo capsula fibrosa, lesão do epitélio
respiratorio local e necrose óssea por compressão
IV. Como manifestação clinica observa-se epistaxe unilateral, passagem de arreduzida do lado acometido e odor fétido.
V. O diagnóstico se da através do histórico, epistaxe e exames de imagem ( endoscopia, Rx,tomografia)
	
	
	As alternativas I, II e III são corretas
	
	
	As alternativas II, III, IV e V estão corretas
	
	
	Nenhuma das asfirmações é correta
	
	
	A alternativa I é a correta
	
	
	Todas as alternativas são corretas
0 pontos   
PERGUNTA 3
1. O palato mole é a extensão do palato duro e separa a cavidade oral da cavidade nasal. O palato mole se desloca ventralmente, otimizando assim a passagem do ar para a traquéia em condições de esforço maximo (atividade física). Com relação aos deslocamento dorsal do palato mole (DDPM) em equinos, qual a alternativa incorreta?
	
	
	As causas do DDPM em equinos são alterações estruturas, cistos, massas deformações na cartilagem epiglóte e alteraçòes neurológicas
	
	
	Como manifestações mais comuns temos o ronco expiratório, queda de performance e intolerancia ao exercício
	
	
	A palatoplastia e o Tie Foward são técnicas cirurgicas recomendadas em alguns casos para o tratamento do DDPM
	
	
	O exame endoscópico com o animal em estação associado ao exame endocopico com o anmal em movimento não são indicados para esta afecção, pois a mesma tem carater dinamico, portanto somente o histórico associado ao exame físico permitem o diagnóstico desta afecção
	
	
	No DDPM observamos o palato mole por cima da cartilagem epiglote, obstruindo a passagem de ar na entrada da traquéia
0 pontos   
PERGUNTA 4
1. O exame endoscópico das vias aéreas anteriores é realizado para avaliação anatômica e funcional. Qual a alternativa incorreta?
	
	
	Na Hemiplegia laringeana podemos observar a diminuição ou paralisia total de uma ou amabas cartilagens aritenóides, e o slap test durante a endoscopia serve para observar a movimentação desta região nestes casos
	
	
	No aprisionamento de epiglote é possível observar uma membrana recobrindo a cartilagem epiglóte, ternando a mesma mais "arredondada" e não sendo possível a visualização dos vasos
	
	
	O deslocamento dorsal de palato mole não tem manifestações clinicas que indiquem a realização do exame endocópico. Não é possíovel encontrar alterações que caracterizem esta afecção através deste exame
	
	
	Através do exame endoscópico é possível determinar a origem de secreções do trato respiratório anterior, como por exemplo nos casos de empiema de bolsa gutura;
	
	
	O deslocamento dorsal do palato mole é caracterizado pela impossibilidade de visualização da cartilagem epiglóte, onde o palato mole esta recobrindo-a, alem de obstruir a passagem de ar para a traquéia
0 pontos   
PERGUNTA 5
1. As afecções mais frequentes da bolsa gututal são, empiema, timpanismo e micose. O empiema de bolsa gutural caracteriza-se pelo acumulo de pus nesta estrutura. De acordo com o texto responda qual a alternativa CORRETA:
	
	
	O taratmento cirurgico deve ser adotado sempre, já que o manejo clínico não funciona na maioria dos casos
	
	
	Como métodos diagnósticos podemos utiizar o RX, Us e na exame endoscópico podemos localizar de maneira indireta a drenagem de conteúdo purulento
	
	
	Na literatura não estao descritas afecções que possam ser diagnósticos diferenciais
	
	
	O empiema caracteriza-se inicialmente pela formação de condróides