A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
168 pág.
Apostila de Instalações Agroindustriais

Pré-visualização | Página 7 de 33

de laticínios).
Vá a um supermercado próximo da sua casa, busque a seção de produtos 
lácteos e pesquise nos rótulos impressos nas embalagens a classifi cação dos 
estabelecimentos. Você deverá escolher pelo menos cinco produtos diferentes 
(queijos, iogurtes, leites pasteurizados ou esterilizados, coalhadas etc.), em 
seguida, compartilhe os exemplos com os colegas no fórum da disciplina.
Os estabelecimentos de pescado e seus derivados possuem uma classifi cação 
mais simples, já que são separadas apenas em entrepostos de pescados e 
fábricas de conserva. Segundo o Regulamento de Inspeção Industrial e Sanitária 
de Produtos de Origem Animal (RIISPOA), entende-se como entreposto de 
pescado o estabelecimento dotado de dependências e instalações adequadas 
ao recebimento, manipulação, frigorifi cação, distribuição e comércio do 
pescado, podendo ter anexas dependências para industrialização e, nesse caso, 
satisfazendo às exigências fi xadas para as fábricas de conserva de pescado. 
Entende-se por fábricas de conserva do pescado o estabelecimento dotado 
de dependências, instalações e equipamentos adequados ao recebimento e 
industrialização do pescado por qualquer forma, com aproveitamento integral 
de subprodutos não comestíveis. 
Seguindo o mesmo raciocínio, os estabelecimentos de ovos e derivados são 
classifi cados em entrepostos de ovos e fábricas de conserva de ovos. Entende-
se por entrepostos de ovos aquele estabelecimento destinado ao recebimento, 
classifi cação, acondicionamento, identifi cação e distribuição de ovos em 
natureza, dispondo ou não de instalações para sua industrialização. Já as 
fábricas de conserva são aquelas destinadas ao recebimento e industrialização 
dos ovos.
Os estabelecimentos de mel e cera de abelhas são classifi cados em apiários e 
entrepostos de mel e cera de abelha. Entende-se por apiário o estabelecimento 
destinado à produção, industrialização e classifi cação do mel e seus derivados. 
Entende-se por entreposto de mel e cera de abelhas o estabelecimento 
destinado ao recebimento, classifi cação e industrialização do mel e cera das 
abelhas.
Instalações Agroindustriaise-Tec Brasil 32
1. Pesquise na internet ou livros, imagens de entreposto de ovos e liste as 
principais áreas e equipamentos deste tipo de estabelecimento, compar-
tilhe com seus colegas via fórum.
2. Pesquise na internet ou livros imagens de um entreposto de mel e cera 
de abelhas e liste as principais áreas e equipamentos desse tipo de esta-
belecimento, compartilhe com seus colegas via fórum.
As casas atacadistas não são classifi cadas conforme descrito para outros 
tipos de estabelecimento. Estamos chamando de casa atacadista aquele 
estabelecimento que recebe os produtos de origem animal prontos para 
consumo, devidamente acondicionados e rotulados e os destina ao mercado 
interestadual ou internacional.
Pesquise na internet, na Vigilância Sanitária do seu município ou sedes do 
Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, exemplos de casas 
atacadistas, bem como os requisitos de infraestrutura e equipamentos, em 
seguida, compartilhe com seus colegas via fórum.
1.4.2 Classifi cação dos estabelecimentos 
de origem vegetal
De acordo com sua atividade, o estabelecimento processador de produtos 
de origem vegetal poderá ser classifi cado em produtor, fabricante, estandar-
dizador, engarrafador. 
Entende-se como produtor ou fabricante aquele estabelecimento que transforma 
produtos primários, semi-industrializados ou industrializados da agricultura. 
Entende-se como estandardizador ou padronizador aquele estabelecimento que 
elabora um tipo de bebida padrão usando outros produtos já industrializados.
Entende-se como envasador ou engarrafador aquele estabelecimento que se 
destina ao envasamento de bebidas em recipientes destinados ao consumo, 
podendo efetuar as práticas tecnológicas previstas em ato administrativo 
complementar.
Entende-se como acondicionador aquele estabelecimento que se destina ao 
acondicionamento e comercialização a granel.
e-Tec BrasilAula 1 – Conhecimentos básicos de planejamento, classifi cação e registro de agroindústrias 33
Não existe uma classifi cação formal das indústrias de produtos de origem 
vegetal conforme apresentado anteriormente para as indústrias de origem 
animal. Dessa maneira, podemos citar algumas que serão tratadas nas aulas 
posteriores: indústria de bebidas (polpas, sucos, néctares, refrigerantes 
etc.), indústria de hortaliças em conserva, indústria de frutas e hortaliças 
desidratadas, indústrias de produtos minimamente processados, indústria 
de doces etc.
1.5 Procedimentos gerais para registro 
de estabelecimentos
O registro formal da atividade de industrialização de alimentos é imprescindível 
para o funcionamento da agroindústria, devendo os responsáveis legais pela 
empresa legalizar a atividade junto aos órgãos competentes de vigilância 
sanitária. 
Um dos requisitos para registrar a indústria é constituir pessoa jurídica, pois 
se trata de uma atividade de natureza industrial e, como tal, está sujeita à 
incidência de Imposto sobre Produto Industrializado (IPI), devendo constar, 
no objetivo do Contrato Social, a atividade a ser desenvolvida, conforme 
classifi cação do estabelecimento. 
O registro deve ser realizado por unidade de estabelecimento, ou seja, por 
endereço de localização, e de acordo com a atividade a ser desenvolvida. Ele 
tem validade em todo o território nacional e deve ser renovado a cada 10 
anos, por solicitação formalizada do interessado. 
Para a construção e o funcionamento do estabelecimento, devem ser observadas 
as normas de ordem geral e as específi cas, estabelecidas de acordo com a 
atividade e a linha de produção desenvolvida.
Para fi ns didáticos podemos dizer que o primeiro passo para aprovação do 
registro de uma indústria é solicitar a aprovação do terreno ou edifi cações 
preexistentes no órgão de vigilância sanitária (MAPA ou ANVISA). Este pedido 
é realizado mediante requerimento próprio fornecido pelos órgãos citados, 
anexando-se o croqui da área a ser vistoriada, bem como informar o contato da 
pessoa interessada. Tratando-se de registro de estabelecimentos que já existem, 
será realizada uma inspeção prévia de todas as dependências das edifi cações 
(situação em relação ao terreno, instalações, equipamentos, natureza e estado 
de conservação das paredes, piso, teto, redes de esgoto etc.).
Instalações Agroindustriaise-Tec Brasil 34
Realizada a inspeção do terreno, o interessado dará prosseguimento ao pe-
dido com a elaboração de um projeto detalhado observando os seguintes 
aspectos: localização, instalações físicas (área suja e limpa, piso, paredes, 
teto, instalações elétricas, hidráulicas etc.) e equipamentos. O complexo in-
dustrial deverá ser compatível com a capacidade de produção estimada, va-
riando de acordo com a classifi cação do estabelecimento.
Elaborado o projeto, o interessado solicitará a aprovação do projeto através 
de requerimento específi co anexando os seguintes documentos: plantas do 
estabelecimento em duas vias (planta de situação, baixa, fachada, cortes, 
layout de equipamentos, hidrossanitária e elétrica) e memorial descritivo da 
construção. Neste momento é interessante relembrar os conceitos abordados 
na Aula 1 (Noções básicas de representação de um projeto arquitetônico) 
sobre o signifi cado de cada tipo de planta. O memorial descritivo da 
construção é um documento no qual são detalhados alguns aspectos da 
construção (materiais empregados para confecção de piso, parede, teto etc.).
Outras exigências poderão ser realizadas, de acordo com a autoridade sani-
tária local e a complexidade da atividade industrial. O projeto entregue ao 
serviço