A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Resumo Imunologia - parte 12

Pré-visualização | Página 3 de 3

incluindo a orofaringe 
Manifestações clínicas: prurido, edema, peristaltismo, 
aumento da secreção de fluido epitelial e sintomas 
associados ao inchaço da orofaringe, vômitos e diarreia. 
A rinite, a urticária e o broncoespasmo leve também são 
frequentemente associados, sugerindo a circulação 
sistêmica do antígeno e uma anafilaxia sistêmica pode 
ocorrer ocasionalmente. 
TRATAMENTO: anti-histamínico 
 
ANAFILAXIA SISTEMICA 
A reação anafilática sistêmica ou choque anafilático 
caracteriza-se por edema em muitos tecidos e queda da 
pressão arterial, ambos secundários ao aumento da 
permeabilidade e vasodilatação. Presença sistêmica do 
alérgeno introduzido por injeção, picada de inseto ou 
absorção através da pele ou mucosa intestinal. O 
alérgeno ativa os mastócitos em muitos tecidos 
liberando mediadores por todo o corpo. A diminuição 
do tônus vascular e o extravasamento de plasma 
causados pelos mediadores podem levar ao choque, 
muitas vezes fatal. Os efeitos cardiovasculares são 
acompanhados por constrição das vias aéreas 
superiores e inferiores, edema de glote e nos lábios, 
hipermotilidade do intestino, extravasamento de muco 
no intestino e trato respiratório e lesões urticariformes 
na pele. 
TRATAMENTO: epinefrina sistêmica, que reverte os 
efeitos broncoconstritores e vasodilatadores dos 
mediadores