A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
17 pág.
Implementação do Planejamento e Controle da Produção (PCP) em Empresas de Serviços Metalúrgicos

Pré-visualização | Página 1 de 4

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ - UNESA 
ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 
 
 
 
 
 
 
ANDERSON MAICON DE SOUZA 
 
 
 
 
 
 
IMPLEMENTAÇÃO DO PLANEJAMENTO E CONTROLE DA PRODUÇÃO (PCP) 
EM EMPRESAS DE SERVIÇOS METALÚRGICOS 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
DUQUE DE CAXIAS/RJ 
2021 
SUMÁRIO 
 
1. INTRODUÇÃO ................................................................................... 2 
2. JUSTIFICATIVA ................................................................................. 3 
3. OBJETIVOS ....................................................................................... 4 
3.1. OBJETIVO GERAL ............................................................................ 4 
3.2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS .............................................................. 4 
4. METODOLOGIA ................................................................................ 5 
5. REFERENCIAL TEÓRICO................................................................. 6 
5.1. PLANEJAMENTO E CONTROLE DA PRODUÇÃO ........................... 6 
5.1.1. Conceito ............................................................................................ 6 
5.1.2. Origem e Evolução ........................................................................... 8 
5.1.3. O Plano de Produção ..................................................................... 11 
5.1.4. O PCP na Indústria Metalúrgica .................................................... 12 
6. REFERÊNCIAS ................................................................................ 15 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
2 
 
1. INTRODUÇÃO 
 
O estudo terá como tema a implementação do Planejamento e Controle da 
Produção (PCP) em empresas de serviços metalúrgicos. Tal tema se mostra 
relevante por observa-se, na atualidade, que a forte concorrência global cresceu 
consideravelmente nos últimos tempos. A procura intensa por custos menores e 
diminuição e até mesmo a eliminação dos desperdícios, advieram a ser uma 
obrigação para as empresas que buscam sobreviver dentro do mercado atuante. 
Contudo, observa-se também que as expressivas modificações nos 
panoramas econômicos, políticos e sociais estão induzindo os gestores empresariais 
a alterarem de forma radical as estratégias, bem como a avaliação de desempenho 
da produção, onde apenas a diminuição dos custos não é mais o suficiente. 
Na indústria metalúrgica, nota-se que um sistema de gestão competente é 
importante para a sobrevivência, pois trata-se de um mercado competitivo, que 
prioriza a qualidade, e vem sendo referência para várias que alcançaram diversos 
objetivos, como satisfação dos clientes e colaboradores, ampliação da qualidade 
almejada e melhoria contínua, já que, a conquista do cliente se encontra 
absolutamente conexa à qualidade ofertada. 
Deste modo, com o avanço da demanda, aumenta-se igualmente a 
responsabilidade sobre a gestão de um elevado fluxo de materiais. Sendo assim, 
para atender a estas alterações de maneira ligeira e extensa, tem-se o PCP, que 
vem aprimorando cada vez mais seu desempenho dentro das empresas. 
Como problema da pesquisa, sabe-se que o tipo de produção define o 
sistema de PCP a ser aproveitado. Assim, para pôr em prática o PCP, tem-se dois 
pré-requisitos básicos: o primeiro se refere ao roteiro da produção, que apresentará 
como o produto será montado e como as peças serão produzidas. O segundo trata-
se do planejamento global da produção, que incide na procura de um programa que 
componha as expectativas de vendas com a capacidade de produção industrial. 
Todavia, tendo o gestor empresarial a posse destas informações importantes, 
o PCP demanda inúmeras funções inerentes a produção, notadamente na indústria 
metalúrgica, onde há uma necessidade de otimização de recursos no processo de 
fabricação devido a competitividade das indústrias. Sendo assim, questiona-se: qual 
o impacto do PCP na produtividade do setor industrial? 
 
3 
 
2. JUSTIFICATIVA 
 
O estudo se justifica pela oportunidade de mostrar que o PCP, além de 
possuir uma função essencial dentro de uma empresa, como planejar e controlar a 
produção, pode também afetar os outros segmentos envolvidos caso o seu trabalho 
não seja eficiente. A ausência do planejamento e controle apropriado pode vir a 
afetar negativamente o setor de vendas, como por exemplo: o atraso das entregas, 
gerando perdas como a ampliação dos custos, a insatisfação do cliente, a 
diminuição de lucros etc. 
A pesquisa é relevante em razão de se perceber que o planejamento da 
produção se trata de um dos principais aspectos de empresas atuantes no campo da 
indústria. Um mau planejamento pode proceder em elevados custos em razão do 
excesso de estoque ou até mesmo em ausência de produto para atender a 
demanda. Por isto, o estudo poderá mostrar que os sistemas de gestão da produção 
precisam ser apropriados de unificar o papel de operações dos sistemas produtivos 
com as demais funções dentro da empresa. 
Para a sociedade, a pesquisa poderá contribuir mostrando que a o 
Planejamento e Controle da Produção traz benefícios para o cliente final, pois 
diminuiu e até mesmo elimina atrasos na entrega dos produtos. Para a comunidade 
científica, a pesquisa contribui ressaltando que o segmento industrial abrange uma 
ampla área de atividades fabris, que abrange a produção de máquinas, veículos, 
equipamentos e componentes, cuja fabricação, quer seriada, quer não-seriada, 
exibe expressivos desafios envolvendo programação e controle da produção. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
4 
 
3. OBJETIVOS 
 
3.1. OBJETIVO GERAL 
 
Analisar a influência do PCP na produtividade industrial de empresas 
metalúrgicas. 
 
3.2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS 
 
• Apresentar conceitos, origem e evolução, e o plano de produção do PCP; 
• Mostrar uma breve contextualização, particularidades e objetivos do PCP; 
• Discorrer sobre o PCP na indústria metalúrgica; 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
5 
 
4. METODOLOGIA 
 
A metodologia aplicada para o desenvolvimento do presente será a revisão 
bibliográfica. Tal método será aplicado por meio de obtenção e análise de artigos 
científicos, dissertações, teses e publicações. Todo o material será obtido por meio 
de sites de busca eletrônica e bibliotecas virtuais, tais como Google Acadêmico e 
Scientific Electronic Library Online (SciELO). Como critérios de seleção, serão 
selecionadas apenas obras publicadas nos últimos vinte anos (2001-2021). 
Após a fase de levantamento bibliográfico, será realizada uma triagem de 
todo o material que aborda em específico o assunto aqui estudado. Os descritores 
utilizados na busca eletrônica serão os seguintes: Indústria Metalúrgica; 
Planejamento e Controle da Produção; Produtividade. A pesquisa realizada foi 
exploratória-descritiva, a qual teve um aspecto de análise qualitativa. 
A abordagem usada nesta pesquisa será a qualitativa, em que irá existir a 
coleta de informações para posteriormente serem expostas e analisadas, além da 
observação de documentos, com a preocupação de colher e atentar para uma maior 
quantidade de elementos, objetivando assim um entendimento maior e mais 
profundo do problema trabalhado. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
6 
 
5. REFERENCIAL TEÓRICO 
 
5.1. PLANEJAMENTO E CONTROLE DA PRODUÇÃO 
 
5.1.1. Conceito 
 
O PCP é uma ferramenta disponível para a gerência atingir os objetivos 
estabelecidos e declarados. Assim, um sistema de produção é englobado pelos 
quatro fatores, ou seja, quantidade, qualidade, custo e tempo. O planejamento da 
produção começa com a análise dos dados fornecidos, ou seja, demanda de 
produtos, cronograma de entrega etc., e com base nas informações disponíveis, um 
esquema de utilização de recursos de empresas como máquinas, materiais e 
homens é elaborado para obter o alvo da maneira mais econômica

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.