A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
Atividade 3-Fundamentos da Nutrição

Pré-visualização | Página 1 de 2

IBMR CENTRO UNIVERSITÁRIO 
 
 
 
 
 
 
Caroline Diohnsson Pereira Lima 
 
 
 
 
 
 
 Atividade 3 da disciplina de Fundamentos da Nutrição. 
 
 
 
 
 
Rio de Janeiro, RJ 
2021.1 
 
 
 
 
Atividade apresentada à disciplina de 4º período – Fundamentos de Nutrição - como 
parte dos requisitos necessários à obtenção de pontos da Atividade A3 referente ao 1º 
semestre de 2021. 
 
 
 Professor(a): Thais Moura Neves 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Rio de Janeiro, RJ 
2021 
 
Proposta: Quando estudamos o processo de nutrição do nosso organismo podemos 
entender que os nutrientes se apresentam em grande quantidade nos alimentos in natura e que, 
na maioria das vezes, suas classificações e sítios de absorção competem entre si para um maior 
aproveitamento pelo intestino. Não é diferente quando examinamos os minerais que, assim 
como as vitaminas, são essenciais para o estado nutricional do indivíduo, pois desempenham 
funções específicas e importantes. Os minerais são subdivididos em macrominerais e 
microminerais, de acordo com a necessidade no organismo. 
GALLAGHER, M. L. Ingestão: os nutrientes e seu metabolismo. In: MAHAN, L. K.; 
ESCOTT-STUMP, S.; RAYMOND, J. L. Krause: alimentos, nutrição e dietética. Alimentos, 
Nutrição e Dietética. 13. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2013. 
Construa uma tabela e defina macrominerais e microminerais. Depois, classifique os minerais, 
de acordo com seus grupos, e informe as principais fontes alimentares de cada subgrupo. Você 
deve construir uma tabela com as seguintes categorias: mineral, classificação, função e fonte. 
 
 
 
Resposta: Os Minerais são essenciais para o bom funcionamento e desenvolvimento dos 
homens, e eles subdividem-se em Macrominerais e Microminerais. 
 
 
 
Na tabela abaixo os encontramos os Macrominerais essenciais a nosso organismo, suas funções 
e onde podemos encontra-los: 
 
 
 Mineral Classificação Função Fonte 
 
 
 
Cálcio (CA) 
 
 
 
Macromineral 
Formação e manutenção 
dosossos e dentes; 
Coagulação sanguínea; 
Exerce papel vital na 
contração e relaxamento 
muscular; 
Combate infecções. 
Produtos lácteos; Vegetais 
de folhas verdes escuras 
(couve,couve-
manteiga,folhas de mostarda 
e brócolis) 
Oleaginosas; Grãos integrais; 
Sardinhas, Marisco e Ostras. 
 
 
 
 
 
 
Fósforo (P) 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Macromineral 
 
Integra a estrutura dos 
ossos e dentes, está 
presente em todas as 
membranas celulares do 
organismo(fosfolipídeos); 
Atua na contração 
muscular e encontra-se 
presente no organismo de 
diversas formas: 
componentes dos 
fosfolipídeos, de 
nucleoproteínas, glicose, 
das lipoproteínas, entre 
outros. 
 
Carne bovina, aves, peixes e 
ovos classificam-se como 
fontes excelentes. O leite e 
seus derivados são boas 
fontes, como são as nozes, 
leguminosas, cereais de 
grãos integrais (embora 
questionáveis por causa da 
presença do ácido fítico). 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Magnésio(Mg) 
 
 
 
 
 
 
 
 
Macromineral 
 
Controle do metabolismo 
celular, ativando enzimas 
para a produção de 
energia; 
Síntese de proteína, 
ácidos nucléicos e 
lipídios requer magnésio; 
Desempenha papel na 
transmissão e atividade 
neuromuscular(exerce 
papel saliente na 
excitabilidade 
neuromuscular e na 
transmissão dos 
impulsos nervosos). 
Age como relaxante 
na contração muscular; 
 
Sementes, nozes, 
leguminosas e grãos de 
cereais não moídos, assim 
como 
os vegetais de folhas escuras, 
nos quais o magnésio é um 
constituinte essencial da 
clorofila. Pode ser 
encontrado também em 
pescados e produtos lácteos. 
 
 
 
 
 
Enxofre (S) 
 
 
 
 
Macromineral 
 
Participa na construção 
de proteínas e no 
metabolismo energético; 
Tem nítida função 
plástica, pois concorre 
para a reparação dos 
tecidos e construção de 
outros. 
 
Carne bovina, peixes, ovos, 
aves, brócolis, ovos, leite, 
queijo e leguminosas 
(principalmente alimentos 
proteicos). 
 
 
 
 
 
 
Sódio (NA) 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Macromineral 
 
É um dos principais 
fatores da regulação 
osmótica do sangue, 
plasmas, fluídos 
intercelulares e do 
equilíbrio ácido básico; 
Transmissão de impulso 
nervoso e ação muscular 
(Contração das fibras 
musculares); 
É essencial para a 
distribuição orgânica de 
água e volume sanguíneo. 
 
Sal de cozinha, temperos 
prontos, alimentos 
processados e na maioria dos 
alimentos (principalmente 
proteicos), exceto em frutas, 
vegetais e grãos. 
 
 
 
 
 
 
Cloro (CL) 
 
 
 
 
 
 
 
 
Macromineral 
 
É um dos íons mais 
importantes na regulação 
da pressão osmótica, pois 
o cloro, juntamente com 
o sódio, auxilia no 
controle do equilíbrio 
hídrico. O cloro secretado 
pela mucosa gástrica 
conhecido como ácido 
clorídrico, acarreta a 
acidez necessária para a 
digestão no estômago e 
para a ativação de 
enzimas. 
 
Sal de cozinha comum, 
frutos do mar, leite, carne e 
ovos. 
 
 
 
 
 
 
 
Potássio (K) 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Macromineral 
 
É um dos fatores que 
intervêm na regulação 
osmótica e equilíbrio 
hídrico do organismo; 
Interfere na síntese 
proteica, sendo 
necessário para o 
armazenamento de 
proteína muscular; 
Exerce função contrária à 
do sódio (hipotensor); 
atua na transmissão 
nervosa, na tonicidade 
muscular, na função renal 
e na contração da 
musculatura cardíaca. 
 
É abundante na maioria dos 
alimentos, principalmente 
vegetais frescos, nozes, 
aveia, frutas (banana, laranja, 
melão), verduras e feijões. 
 
Na tabela abaixo podemos organizar os Microminerais, embora encontrados em quantidades 
mínimas, seu consumo é imprescindível e essencial ao organismo: 
 
 
 Mineral Classificação Função Fonte 
 
 
 
Ferro 
 
 
 
Micromineral 
 
Indispensável para a 
formação do tecido 
sanguíneo; 
Atua como veiculador 
de oxigênio para todo 
o organismo. 
 
 
Principais: fígado, rins, 
coração, língua e 
carne vermelha; 
Vegetais de cor verde 
escuro e leguminosas; 
Frutas secas, melaço, 
pães de trigo integral. 
 
 
 
 
 
 
 
Zinco 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Micromineral 
 
Constituinte da insulina 
e de muitas enzimas 
importantes no 
metabolismo; 
Participação na síntese 
de material genético 
(RNA e DNA); 
Participação na síntese 
proteica; 
Fundamental no 
desenvolvimento fetal; 
Importante na reparação 
tecidual; 
 
 
Carne, fígado, ovos, 
peixes, aves, cereais 
e leguminosas. Uma 
dieta balanceada em 
proteínas supre 
a necessidade de zinco. 
 
 
 
 
 
 
Cobre 
 
Micromineral 
 
Ser componente de 
muitas enzimas. 
 
Os alimentos ricos em 
cobre são ostras, fígado, rim, 
chocolate, nozes, frutas 
secas, aves, mariscos, cereais 
integrais e cerejas. 
 
 
 
 
 
Iodo 
 
 
 
 
Micromineral 
 
É parte integrante dos 
hormônios tireóideos, 
que aceleram as reações 
celulares em 
praticamente todos os 
órgãos e tecidos 
desempenhando papel 
importante no 
crescimento, 
desenvolvimento e 
metabolismo. 
 
 
A melhor fonte é o sal 
iodado. Produtos do mar 
(ostras, lagostas, sardinha 
e outros peixes) e vegetais. 
 
 
 
Cromo 
 
 
 
 
 
 
 
 
Micromineral 
 
 
Potencializa a ação da 
insulina e como tal 
influencia o metabolismo 
de carboidrato, lipídios 
e proteínas. 
 
 
Fígado, grãos integrais, 
nozes, queijos e frutos do 
mar. 
 
 
 
 
 
 
Manganês