A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
20 pág.
FUNDAMENTOS DO CONTROLE DO RUÍDO INDUSTRIAL

Pré-visualização | Página 3 de 3

avaliados, sem interferir no processo de medição.
 
Pergunta 21
0,4 / 0,4 pts
São características do protetor tipo plugue, exceto:
Correto!
  
os níveis de atenuação independem da boa colocação.
 
  
também são conhecidos por protetores auditivos de inserção.
 
  
podem ser pré-moldados ou moldáveis.
 
  
são compatíveis com outros EPI, tais como capacetes, óculos e máscaras.
 
  
movimentos como fala e mastigação podem deslocar o protetor do ouvido.
 
Também são conhecidos como protetores tipo plugue. Existem dois tipos de protetores auriculares de inserção:
- pré–moldados: São aqueles cujo formato é definido por três flanges flexíveis, em tamanhos pequeno (P), médio (M) ou grande (G), feitos geralmente de borracha, silicone ou PVC.
- moldáveis: Feitos em espuma moldável com superfície lisa. Quando introduzidos no ouvido, moldam-se conforme o canal auditivo do usuário, independentemente do tamanho ou formato do canal. São descartáveis.
Os protetores auriculares de inserção são compatíveis com outros EPI, tais como capacetes, óculos e máscaras. São pequenos, de fácil transporte e armazenagem e não restringem os movimentos do usuário. Podem ser utilizados por pessoas com cabelos longos, barba etc., sem interferência na vedação.
Em razão de serem introduzidos no canal auditivo, movimentos como fala e mastigação podem deslocar o protetor do ouvido. Por serem pequenos, podem ser perdidos e são mais difíceis de higienizar. Os protetores de inserção só podem ser utilizados em canais auditivos saudáveis e, caso trocados, podem transmitir uma infecção auditiva de um ouvido para o outro. E o mais importante, que seus níveis de atenuação dependem da boa colocação.
 
Pergunta 22
0,4 / 0,4 pts
São informações importantes no registro de fornecimento de EPI, exceto:
  
data de entrega do EPI.
 
  
nome e função do trabalhador.
 
  
assinatura do trabalhador.
 
  
modelo e certificado de aprovação do EPI.
 
Correto!
  
modelo e tamanho de uniformes.
 
Comumente, utiliza-se a ficha de EPI para se realizar o registro de fornecimento dos equipamentos. Tal registro deve conter informações mínimas, tais como:
- nome e função do trabalhador;
- setor de trabalho;
- data de entrega do EPI;
- modelo e certificado de aprovação do EPI;
- data de devolução do EPI anterior (caso seja política dotada na empresa);
- assinatura do trabalhador (caso seja política dotada na empresa); entre outras informações pertinentes.
 
Pergunta 23
0,4 / 0,4 pts
São obrigações do empregado quanto ao EPI, exceto:
Correto!
  
substituir imediatamente quando danificado ou extraviado.
 
  
comunicar ao empregador qualquer alteração que o torne impróprio para uso.
 
  
cumprir as determinações do empregador sobre o uso adequado.
 
  
usar, utilizando-o apenas para a finalidade a que se destina.
 
  
responsabilizar-se pela guarda e conservação.
 
Cabe ao empregado quanto ao EPI:
a) usar, utilizando-o apenas para a finalidade a que se destina;
b) responsabilizar-se pela guarda e conservação;
c) comunicar ao empregador qualquer alteração que o torne impróprio para uso;
d) cumprir as determinações do empregador sobre o uso adequad
 
Pergunta 24
0,4 / 0,4 pts
São obrigações do empregador quanto ao EPI, exceto:
  
orientar e treinar o trabalhador sobre o uso adequado, guarda e conservação.
 
  
registrar o seu fornecimento ao trabalhador, podendo ser adotados livros, fichas ou sistema eletrônico.
 
Correto!
  
responsabilizar-se pela guarda e conservação.
 
  
responsabilizar-se pela higienização e manutenção periódica.
 
  
adquirir o adequado ao risco de cada atividade.
 
Cabe ao empregador quanto ao EPI :
a) adquirir o adequado ao risco de cada atividade;
b) exigir seu uso;
c) fornecer ao trabalhador somente o aprovado pelo órgão nacional competente em matéria de segurança e saúde no trabalho;
d) orientar e treinar o trabalhador sobre o uso adequado, guarda e conservação;
e) substituir imediatamente quando danificado ou extraviado;
f) responsabilizar-se pela higienização e manutenção periódica;
g) comunicar ao MTE qualquer irregularidade observada;
h) registrar o seu fornecimento ao trabalhador, podendo ser adotados livros, fichas ou sistema eletrônico (BRASIL, 1978).
 
Pergunta 25
0,4 / 0,4 pts
São problemas na utilização dos protetores auriculares, exceto:
  
a falta de higiene pode causar infecções ou doenças no ouvido.
 
Correto!
  
não ocorrem influências sobre a localização direcional das fontes de ruído.
 
  
o uso de protetores auriculares pode interferir na comunicação verbal.
 
  
devem ser considerados os custos de aquisição dos protetores, manutenção ou reposição dos protetores, administrativos (pedidos de compra, exames audiométricos etc.) e de conscientização (treinamentos, divulgação etc.).
 
  
pode ocorrer desconforto até que o trabalhador se acostume a usar o protetor.
 
Em termos práticos, além da atenuação, outros fatores devem ser considerados na seleção dos protetores auriculares para evitarem problemas em sua utilização. São eles:
- Higiene: a falta de higiene pode causar infecções ou doenças no ouvido. Os protetores devem ser colocados com as mãos limpas e guardados limpos. Os protetores de inserção pré-moldados, incluindo seu estojo, devem ser lavados com sabão neutro e fervidos em água pelo menos uma vez por semana. No caso das conchas, quando há transpiração excessiva, pode-se utilizar gaze cirúrgica ou material similar entre a concha e a orelha para minimizar a sensação de suor. A higienização do protetor tipo concha pode ser feita com pano úmido, água e sabão.
- Desconforto: pode ocorrer desconforto até que o trabalhador se acostume a usar o protetor. Esse desconforto acontece devido à firmeza com que os protetores pressionam o ouvido.
- Efeitos na comunicação verbal :o uso de protetores auriculares pode interferir na comunicação verbal. Para contornar essa situação, pode-se fazer uso dos movimentos dos lábios, mãos e/ou rosto, como complemento da fala.
- Efeito na localização direcional: pode ocorrer influência sobre a localização direcional das fontes de ruído. Se este for um fator importante para a segurança, os protetores tipo plugue são mais recomendados, pois exercem menos interferência que os do tipo concha.
- Sinais de alarme: nos locais de trabalho onde houver uso de protetor auditivo, a sinalização de segurança deve ser complementada com sinais visuais para garantir que haverá alerta adequado em caso de risco.
- Custos: devem ser considerados os custos de aquisição dos protetores, manutenção ou reposição dos protetores, administrativos (pedidos de compra, exames audiométricos etc.) e de conscientização (treinamentos, divulgação etc.) (GERGES, 2000).
Pontuação do teste: 8,4 de 10

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.