Exercicios de Fisica
97 pág.

Exercicios de Fisica

Disciplina:Física Teórica I1.404 materiais25.170 seguidores
Pré-visualização35 páginas
equilíbrio, a pressão no sistema de ba-

lões assume o valor p/3. Considerando que não ocorre

variação de temperatura, o volume de dois dos balões

menores é

a) 0,5V b) 1,0V

c) 1,5V d) 2,0V

17. (AFA 2009) A figura I representa uma lente delgada

convergente com uma de suas faces escurecida por tinta

opaca, de forma que a luz só passa pela letra F impressa.

Um objeto, considerado muito distante da lente, é dis-

posto ao longo do eixo óptico dessa lente, como mostra

a figura II.

Nessas condições, a imagem fornecida pela lente e pro-

jetada no anteparo poderá ser

a) b)

c) d)

18. (AFA 2009) A imagem de um ponto P, posicionado a

uma distância d de um espelho plano E, pode ser visuali-

zada por dois observadores A e B, como mostra a figura

abaixo.

A respeito da imagem P’ do ponto P vista pelos observa-

dores, é correto afirmar que

a) o observador A visualiza P’ a uma distância d/2 do

espelho.

b) o observador B visualiza P’ a uma distância d/4 do

espelho.

c) o observador A visualiza P’ a uma distância 3d/2 do

espelho e o observador B, à distância 5d/4 do espelho.

d) ambos os observadores visualizam P’ a uma distância

2d do ponto P.

19. (AFA 2009) Um par de blocos A e B, de massas mA = 2

kg e mB = 10 kg, apoiados em um plano sem atrito, é

acoplado a duas molas ideais de mesma constante elás-

tica K = 50 N/m, como mostra a figura abaixo.

Afastando-se horizontalmente o par de blocos de sua

posição de equilíbrio, o sistema passa a oscilar em mo-

vimento harmônico simples com energia mecânica igual

a 50 J.

Considerando g = 10 m/s2, o mínimo coeficiente de atri-

to estático que deve existir entre os dois blocos para que

o bloco A não escorregue sobre o bloco B é

a) 1/10 b) 5/12

c) 5/6 d) 1

20. (AFA 2009) Os valores do potencial elétrico V em

cada vértice de um quadrado estão indicados na figura

abaixo.

VA = 0

VB = VD = 5V

VC = 10 V

Os valores desses potenciais condizem com o fato de o

quadrado estar situado num campo eletrostático

a) uniforme, na direção do eixo x.

b) uniforme, na direção da bissetriz do 1º quadrante.

c) criado por duas cargas puntiformes situadas no eixo y.

d) criado por duas cargas puntiformes situadas nas bis-

setrizes dos quadrantes ímpares.

21. (AFA 2009) Na figura abaixo, uma partícula com car-

ga elétrica positiva q e massa m é lançada obliquamente

de uma superfície plana, com velocidade inicial de mó-

dulo v0, no vácuo, inclinada de um ângulo θ em relação à

horizontal.

Considere que, além do campo gravitacional de intensi-

dade g, atua também um campo elétrico uniforme de

módulo E. Pode-se afirmar que a partícula voltará à altu-

ra inicial de lançamento após percorrer, horizontalmen-

te, uma distância igual a

a) Vo
2/g senθ*1 + qEtgθ/(mg)+

b) Vo
2/(2g) senθ*cosθ + qEtgθ/m senθ+

c) Vo/g *sen2θ + qE/(mg)+

d) Vo/(2g)*1 + qEsen2θ/m+

22. (AFA 2009) O elemento de aquecimento de uma

torneira elétrica é constituído de dois resistores e de

uma chave C, conforme ilustra a figura abaixo.

Com a chave C aberta, a temperatura da água na saída

da torneira aumenta em 10 ºC. Mantendo-se a mesma

vazão d’água e fechando C, pode-se afirmar que a eleva-

ção de temperatura da água, em graus Celsius, será de

a) 2,5 b) 5,0

c) 15 d) 20

23. (AFA 2009) Parte de um circuito elétrico é constituí-

da por seis resistores ôhmicos cujas resistências elétricas

estão indicadas ao lado de cada resistor, na figura abai-

xo.

Se a d.d.p. entre os pontos A e B é igual a U, pode-se

afirmar que a potência dissipada pelo resistor R3 é igual

a

a) 1/(2R)(U/3)2 b) 2/R(U/3)2

c) 2/3(U/R)2 d) 1/(2R)(U/6)2

24. (AFA 2009) Uma bateria de f.e.m. igual a ε e resis-

tência interna de valor igual a r (constante) alimenta o

circuito formado por uma lâmpada L e um reostato R,

conforme ilustra a figura abaixo.

Considerando constante a resistência da lâmpada, o

gráfico que melhor representa a potência por ela dissi-

pada quando o cursor do reostato move-se de A para B é

a) b)

c) d)

25. (AFA 2009) O trecho AB, de comprimento 30 cm, do

circuito elétrico abaixo, está imerso num campo magné-

tico uniforme de intensidade 4 T e direção perpendicular

ao plano da folha. Quando a chave CH é fechada e o

capacitor completamente carregado, atua sobre o tre-

cho AB uma força magnética de intensidade 3 N, defor-

mando-o, conforme a figura.

Sabe-se que os fios são ideais. A intensidade da corrente

elétrica, em ampères, e a diferença de potencial elétrico

entre os pontos C e D, em volts, são, respectivamente

a) 25 e 50 b) 5 e 10

c) 2,5 e 5 d) 1,25 e 2,5

Respostas 1. b 2. c 3. d 4. c 5. d 6. a 7. d 8.

a 9. b 10. c 11. b 12. b 13. c 14. c 15. b 16.

b 17. d 18. d 19. c 20. a 21. a 22. d 23. a 24.

a 25. c

1. (CEFET-PE 2009) Considere uma barra AB ho-

mogênea de 3m de comprimento sob ação das forças

F1 = 6 N e F2 = 3N, conforme indica a figura

abaixo. Determine o módulo e o ponto de aplicação

da força resultante desse sistema.

a) 3 N aplicada 0,75 m à direita de A.

b) 18 N aplicada 1 m à direita de A.

c) 9 N aplicada 1,5 m à direita de A.

d) 12 N aplicada 2,5 m à direta de A.

e) 15 N aplicada 1,2 m à direita de A.

2. (CEFET-PE 2009) Uma partícula realiza um mo-

vimento circular e uniforme em relação a certo sis-

tema de referência. Nessas condições:

I. Sua velocidade angular não é constante.

II. Sua aceleração vetorial não é nula.

III. Sua velocidade escalar é variável e o movimento

é periódico.

Está(ão) correta(s) a(s) afirmação(ões)

a) I, apenas. b) I e II, apenas.

c) I, II e III. d) I e III, apenas.

e) II, apenas.

3. (CEFET-PE 2009) Associando-se três Lâmpadas

L1 (40W – 100V), L2 (60W – 150V) e L3 (100W –

200V), com tolerância de 10% com relação as suas

correntes máximas, em série e ligando-se a associa-

ção numa tomada de 500 V, observase que:

a) L1 queima, L2 e L3 funcionam com menos brilho.

b) L2 e L3 queimam e L1 deixa de funcionar.

c) L1, L2 e L3 funcionam com menos brilho.

d) L1 e L2 queimam e L3 deixa de funcionar.

e) L1 e L3 queimam e L2 deixa de funcionar.

4. (CEFET-PE 2009) Uma bobina chata com 10

espiras circulares de área 0,5 m
2
 cada uma é coloca-

da em um campo magnético. Esse campo mantém-se

perpendicular aos planos das espiras e sua intensida-

de aumenta uniformemente à razão de 5 T/s. Calcule

a intensidade de corrente que circula na bobina, sa-

bendo que a resistência de cada espira vale 0,5 Ω.

a) 0,05 A b) 0,5 A

c) 0,8 A d) 0,03 A

e) 1 A

5. (CEFET-PE 2009) Um feixe de luz branca, ao

penetrar no vidro, sofre dispersão. A luz que sofre o

maior desvio é a:

a) Vermelha b) Amarela

c) Violeta d) Azul

e) Verde

6. (CEFET-PE 2009) Numa corda de comprimento

L, com uma extremidade fixa e outra livre, formam-

se ondas estacionárias. Sendo n um número inteiro

positivo, a razão entre as freqüências de vibração de

quaisquer dois harmônicos consecutivos é dada por:

a) n/(n + 1) b) (n + 1)/(n + 2)

c) (2n + 3)/(2n + 1) d) (n + 3)/n

e) (n + 5)/(n + 1)

7. (CEFET-PE 2009) Um corpo de 500 kg é puxado

verticalmente, a partir do repouso, pelos cabos de

aço de um guindaste com aceleração constante de

1m/s
2
, durante 3 s. Qual a potência transmitida pelos

cabos de aço do guindaste no instante t = 1,5 s?

a) 9 kW b) 8,25 kW

c) 10 kW d) 15,30 kW

e) 25,42 kW

8. (CEFET-PE 2009) Um bloco de madeira de den-

sidade 0,8 g/cm
3
 está preso no fundo de um tanque

com água, a uma profundidade de 1,25 m. De repen-

te esse bloco se desprende. Quanto tempo ele levará

para atingir a superfície da água? Despreze o atrito,

adote g = 10m/s
2
 e dágua = 1g/cm

3
.

a) 3 s b) 4 s

c) 2 s d) 6 s

e) 1 s

9. (CEFET-PE 2009) Sabe-se que 0,5 mol de