O DIREITO NO PÓS-SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

Disciplina:História do Direito Brasileiro2.361 materiais101.251 seguidores
Pré-visualização3 páginas
Manteve-se no texto de 46 o princípio da dualidade da justiça, princípio este originário da constituição de 1891, ficando a JUSTIÇA ESTADUAL sob a competência dos estados-membros que poderiam organizá-la de acordo com as peculiaridades locais, respeitando-se os princípios presentes na constituição de 1946 – esta constituição permitiu ainda a criação de TRIBUNAIS DE ALÇADA, inferiores aos TRIBUNAIS DE JUSTIÇA, visando desafogar o órgão da cúpula do judiciário estadual.
 A constituição de 1946 integrou a JUSTIÇA DO TRABALHO na categoria de JUSTIÇA FEDERAL ESPECIALIZADA, proporcionando-lhe estrutura, composição e definição de competências;
 Esta constituição manteve a possibilidade de criação de Justiça de Paz Temporária e Temporária Togada no âmbito das justiças estaduais, já previstas nas constituições de 34 e 37;
 Permitiu também o texto constitucional de 46, a inclusão da Justiça Militar Estadual, organizada segundo os princípios da lei federal, tendo como órgão de primeira instância, os CONSELHOS DE JUSTIÇA, e em segunda, um tribunal especial ou o próprio TRIBUNAL DE JUSTIÇA.