Estudo das Medidas
8 pág.

Estudo das Medidas


DisciplinaProbabilidade e Estatística11.680 materiais112.014 seguidores
Pré-visualização2 páginas
\ufffdPAGE \ufffd
\ufffdPAGE \ufffd8\ufffd
Estudo das Medidas
		de tendência central ou de posição
Medidas	de variabilidade ou de dispersão ou de variação
		de formato
Medidas de Tendência Central ou de Posição
Definição:
Medidas de tendência central, como o próprio nome já diz, são aquelas cujo resultado tende localizar-se no centro da série.
De modo geral, se houver a necessidade ou interesse em apresentar informações de um conjunto de dados na forma resumida devemos apresentá-los em forma de medidas de tendência central.
As medidas mais utilizadas em estatística são:
 a média, a moda e a mediana.
Medidas para Dados não Agrupados
Média (
)
Aritmética
 - Simples
 - Ponderada
Geométrica 
Harmônica
1.1 Média Aritmética Simples
Para se obter a média aritmética simples de um conjunto de dados, devemos dividir a soma dos valores de todos os dados do conjunto pela quantidade deles.
Exemplo: Supondo que um aluno obteve as seguintes notas nas provas bimestrais durante o ano de 99.
 10 bimestre 4
 20 bimestre 5
 30 bimestre 4
 40 bimestre 7
para obter a média aritmética simples das notas e saber se o aluno ficará na final, faremos o seguinte cálculo: x1 = 4, x2 = 5, x3 = 4, x4 = 7 e n = 4. Logo:
indica que a nota média obtida pelo aluno durante o ano foi 5 portanto fará a prova final.
Comparar a posição do aluno cuja média obtida no exemplo anterior com um outro aluno que obteve as notas, 3, 7, 8 e 4 respectivamente nos 4 bimestres. Solução:
 
 
Ao comparar a média 5 do primeiro aluno com a média 5,5 do segundo aluno, concluímos que o desempenho do segundo aluno foi melhor do que o do primeiro.
O desvio em relação à média (di) é a diferença entre cada elemento de um conjunto de valores e a média aritmética. Então, 
 
Propriedades da média
a soma algébrica dos desvios tomados em relação à média é nula. 
 
a soma algébrica dos quadrados dos desvios (em realçào à média) é mínima. 
 onde 
somando ou subtraindo uma constante a todos valores de uma variável, a média ficará acrescida ou subtraída dessa constante. 
multiplicando (ou dividindo) todos os valores de uma variável por uma constante, a média ficará multiplicada ou dividida por essa constante. 
 
1.2 Média Aritmética Ponderada
Média ponderada é uma média aritmética na qual será atribuído um peso a cada valor da série.
Exemplos:
a) Um professor de Estatística I adotou para 1998 os seguintes pesos para as notas bimestrais:
 10 bimestre peso 1 30 bimestre peso 3
 20 bimestre peso 2 40 bimestre peso 4
Qual será a média de um aluno que obteve as seguintes notas de Estatística I: 5, 4, 3 e 2 nos respectivos bimestres ?
Solução:
b) Foi organizado um churrasco para comemorar a conclusão do Curso de Engenharia Mecânica. Foram compradas as seguintes carnes aos respectivos preços:
 10 Kg de filé mignon R$ 12,00 o Kg
 20 Kg de lingüiça R$ 7,00 o Kg
 10 Kg de picanha R$ 16,00 o Kg
Qual o valor médio do Kg de carne adquirida ?
 Solução:
portanto o custo médio da carne comprada é R$10,50.
1.3 Média Geométrica (
)
 É a raiz que tem para índice o nº de elementos da série e para radicando o produto desses elementos.
Exemplo: 2, 4 e 5
 
1.4 Média Harmônica (
)
É o quociente entre o número de elementos da série (n) e a soma dos seus inversos, admitindo-se todos os elementos da série diferentes de zero.
 Exemplo: 2,4 e 5
Moda (Mo )
Moda de uma série é o dado que mais se repete ou que possui a maior freqüência.
Exemplo: - Determinar a moda de idade de uma classe de alunos em que a pesquisa tenha revelado as seguintes idades:
 18, 18, 19, 20, 21, 21, 22, 23, 23, 23, 24, 25, 26.
Como a moda é o valor que mais ocorre na pesquisa, então a moda da série de idades é 23 anos.
Mediana (Me)
É o elemento que está exatamente no centro das informações ordenadas. Para se obter o elemento mediana de uma série deveremos seguir os seguintes passos:
a) Se N for ímpar a mediana é o termo de ordem 
. 
b) Se N for par é a média aritmética dos termos de ordem :
 e 
Exemplos:
a) Determine o valor da mediana da série que é composta dos seguintes elementos: 56, 58 , 62, 65 e 90.
Solução:
N = 5 (ímpar), 
. Então Me = 62. 
b) Pesquisa realizada a respeito de erros por folha, cometidos por digitadores, revelou as seguintes quantidades: 12, 12, 13, 13, 15, 16, 18,20. Determinar a quantidade mediana de falhas.
Solução:
N = 8(par), então 
 
Logo a mediana será:
Medidas para Dados Agrupados
Média Aritmética (
)
a) Sem intervalos de classe
Exemplo:
 TABELA I	
Após ter sido realizada a prova bimestral, numa turma de Estatística I, o professor efetuou levantamento das notas obtidas pelos alunos, e observou a seguinte distribuição:
	NOTAS
	Fi
	xi.Fi
	1
	3
	3
	2
	5
	10
	3
	12
	36
	4
	20
	80
	5
	32
	160
	6
	26
	156
	7
	18
	126
	8
	8
	64
	9
	3
	27
	
	127
	662
 
 
 nota média obtida pelos alunos. 
b) Com intervalos de classe
 b.1) Processo Longo
 
, onde PM é o ponto médio de cada intervalo de classe.
 b.2) Processo Abreviado
 
, onde PMMe é o ponto médio da mediana e di é o desvio, ou seja, a diferença entre o ponto médio de cada intervalo de classe e o ponto médio da mediana. Então, di = 
.
 TABELA II
	Nº tel.
	Fi
	Fiac
	PM
	PM. Fi
	di
	di.Fi
	7 |-- 12
	3
	3
	9,5
	28,5
	-2
	-6
	12 |-- 17
	10
	13
	14,5
	145,0
	-1
	-10
	17 |-- 22
	8
	21
	19,5
	156,0
	0
	0
	22 |-- 27
	5
	26
	24,5
	122,5
	1
	5
	27 |-- 32
	2
	28
	29,5
	59,0
	2
	4
	32 |-- 37
	2
	30
	34,5
	69,0
	3
	6
	
	30
	
	
	580,0
	
	-1
Aplicando o processo longo, temos:
 
Aplicando o processo abreviado, obtemos:
 
 
Mediana ( Me )
a) Sem intervalos de classe
Mediana é o valor da variável correspondente a freqüência acumulada que é imediatamente superior à 
. Do exemplo da TABELA I, temos que a mediana é o valor da variável de freqüência acumulada imediatamente superior à 
 Portanto, a Me = 5.
 NOTA: No caso de existir uma freqüência acumulada, isto é, Fiac = P. Neste caso, a mediana será dada por: 
b) Com intervalos de classe 
 Me = LiMe + 
 onde:
 LiMe 	- Limite inferior da classe mediana;
 
	- freqüência acumulada da classe anterior à classe mediana;
 P	- é a posição da mediana;
 Fi 	- é a freqüência simples da classe mediana;
 h 	- é a amplitude do intervalo da classe mediana.
 Do exemplo da TABELA II, temos que:
 Me = 17 + 
 
Moda (Mo)
a) Sem intervalos de classe
Basta fixar o valor da variável de maior freqüência. Portanto, do exemplo da TABELA I , a moda será igual a 5.
b) Com intervalos de classe 
 Mo = LiMo + 
Do exemplo da TABELA II, podemos obter o valor da moda da seguinte maneira:
 Mo = 12 + 
 
Medidas Separatrizes
São valores que dividem uma série ordenada de dados ou uma distribuição de freqüência em partes quaisquer. Principais separatrizes:
QUARTIL (Qi) : divide a série ou a distribuição em quatro partes iguais.
DECIL (Di) : divide a série ou a distribuição em dez partes iguais.
PERCENTIL (Pi) ou CENTIL (Ci) : divide a série ou a distribuição em cem partes iguais.
1º Caso : PARA DADOS BRUTOS 
		Cálculo da posição da separatriz:
POSQi= 
 		POSDi= 
 		POSPi = 
		Uma separatriz genérica é determinável pela seguinte fórmula:
Sp = X
Sp = X
 + frac 
\ufffd\ufffd EMBED Equation.3 
		onde :