ok biotecnologia 21-03-11
7 pág.

ok biotecnologia 21-03-11


DisciplinaBiotecnologia da Reprodução Animal77 materiais473 seguidores
Pré-visualização4 páginas
Ai quando chega no ponto que o FSH começa a ser limitante, vc tem a dominância folicular, e os outros entram em atresia e o folículo cresce. Só que na hora que ele esta querendo ovular ele não consegue provocar o impulso de GnRH pq a progesterona está em grandes quantidades e ai ela inibe o hipotálamo pra produzir esse impulso de GnRH, ai ele vai e morre, regride, é absorvido. Em torno do dia 10 do ciclo tem outro recrutamento folicular, outro crescimento folicular, a 1ª onda não dá em nada pq a progesterona não deixa, na 2ª onda em torno do 10º dia de ciclo eu tenho outro recrutamento folicular outro crescimento folicular, estabelece a dominância. Só que enquanto está fazendo isso, o útero já avisou do ciclo passado, que não tem feto, e ai libera a prostaglandina que mata o CL. Quando o folículo estiver crescendo, já não tem mais progesterona, e se não há mais progesterona, ele vai continuar a crescer e o estrogênio vai estimular o GnRH a dar o pulso e ele vai ovular. 
A 2ª onda é a normal, é a que vai ovular. 
Vc consegue hj com tratamentos hormonais fazer com que a vaca ovule a tal hora e tal dia. 
Vamos dizer que ocorreu o cio, a fêmea ovulou e ficou gestante. 2 dias depois da ovulação começa o crescimento folicular, depois vc tem a dominância folicular, ai o folículo começa a crescer, ele não consegue ovular porque a progesterona está alta e ele regride. Enquanto ele está fazendo isso, esse ovo fecundado que virou embrião e vai descendo e quando chega no dia 12 se fixa na parede uterina, tem alguém ai. Então o que o útero fala: nada, ele fica quieto, entao não é produzido prostaglantina, com isso o CL se mantém, só que no dia 10 eu tive um recrutamento folicular, crescimento folicular, uma seleção, estabeleceu dominância, e esse folículo está crescendo pra ovular, mas ele não ovula pq a progesterona está alta, com isso ele morre.
No dia 20, há recrutamento folicular, crescimento folicular, ele vai e morre. No dia 30, a mesma coisa. Ele fica a gestação toda fazendo isso. A cada 7-10 dias durante a gestação vc tem uma onda de crescimento folicular que não vai pra frente pq a progesterona está alta. 
Isso é interessante agente saber por que não é porque os óvulos que normalmente não vão pra frente que não pode aproveitar eles. O que agente está fazendo hj: vai na fêmea quando ela está estabelecendo essa dominância, onde vc tem vários óvulos ainda, vc vai no ovário dela, fura o ovário dela chupa aqueles óvulos todos e acaba de maturar eles no laboratório, isto é a fecundação in vitro. Então a cada 10 dias, ou a cada semana, nessa fêmea que está gestante eu posso ir tirando os óvulos dela enquanto eu consigo chegar no ovário. Quando chega em torno do 4º mês o ovário dela abaixa e eu não consigo. 
É uma vantagem, que mesmo a fêmea gestante eu consigo ir tirando o embrião da barriga dela.
Quando essa fêmea está para parir de novo, e o feto já vem subindo, o ovário geralmente sobe junto no 8º mês. 
Vamos controlar esse ciclo estral:
Como vou fazer pra reduzir o meu ciclo estral:
Ao invés dele ter 21 dias, eu quero passar ele pra 10 dias, o que eu faço: dou um pico de prostaglandina. 
Eu posso aplicar a prostaglandina a partir de que dia? Depois que forma o CL, então a partir do 5º dia, quando eu saio do metaestro.
Ai a partir do 5º dia ela responde, e ai ela vai dar o cio por aqui. Porque essa onda folicular vai crescer, e vai ovular em torno do 10º dia, vc aproveita a primeira onda folicular.
Se eu pegar os animais, tenho, por exemplo, 21 vacas, cada uma faz o cio numa fase. Ai eu hj eu resolvo que vou aplicar a prostaglandina nelas, o que vai acontecer:
	As vacas que estão no cio hoje, eu nem vou aplicar porque elas estão no cio e eu posso inseminar. 
Mas a que deu cio ontem e as que estão até o 5º dia, vou aplicar a prostaglandina eu vou jogar essa prostaglandina fora porque elas não respondem. 
Agora, as vacas que estão no 5º dia até o 15º dia, são vacas que normalmente estariam com o CL ativo, se eu apliquei prostaglandina eu vou matar esse CL. Vou antecipar um pouco o cio delas, se elas estão nessa fase de crescimento e dominância folicular, vão dar cio 2 a 3 dias depois, as outras eu vou antecipar um pouco essa onda. Então a tendência é que eu tenha 80% dessas vacas entrando em cio nos primeiros dias após a aplicação de prostaglandina independente do ciclo que ela esteja. Então depende da vaca. As vacas que estão depois do 5º dia até o 15º. As que passaram de 15 dias já produziram prostaglandina, então eu não vou mudar o cio dela.
Mas do 15 ate o 21 elas vão vir a dar cio, porque elas vão dar cio até no máximo mais 3 a 7 dias. Então nos primeiros 10 dias, 80% dessas vacas vão dar cio, umas porque já iam dar mesmo. Do 15 ao 21º dia, é fisiológico elas já estavam pra dar cio, entao eu não mudei nada do ciclo delas.
As que estavam do 5º ao 15º dia, elas vão dar pq eu acabei com esse CL. Essas do 5º ao 15º eu antecipei o cio delas. 
	As que estão no começo até o 5º dia, elas não respondem, eu não mudei. Porque estão em corpo hemorrágico e não respondem a prostaglandina.
Então aplicando prostaglandina aleatório, eu posso gerar em torno de 80% dos animais gerando cio nos próximos 10 dias.
O ideal é vc palpar, se tem CL palpável, vc aplica a prostaglandina. Se não tem CL vc não aplica. Sai mais barato. 
Outra forma de manipular o ciclo estral:
	Colocando um falso CL. Eu pego e coloco na vagina do animal um implante de CL, um dispositivo que tem progesterona e ele vai liberar progesterona no sangue, com isso eu deixo esse equipamento por um período, eu vou ter o que se chama de falso CL. 
Então essa turma que está na fase do ciclo, não iria ovular normalmente, e a minha falsa progesterona também não, mas essa turma que não teria, onde o organismo já soltou a prostaglandina ele não vai ter CL, mas ele também não vai ovular porque a minha progesterona que eu coloquei não vai deixar ovular. É como a pílula da mulher, é como se já houvesse uma gestação ali, vc está com a progesterona alta, e o seu ciclo não se completa, ai no próximo ciclo vc não vai ter ovulação. No 1º ciclo vc vai sangrar pq vc não está gestante, só que depois vc não ovula mais, porque cada vez que vc vai ovular a progesterona está alta, então não deixa ovular, ai vai entrar em atresia. 
Implante de progesterona: vai fazer um falso CL. Para o organismo vai ter progesterona alta, só que na realidade não vai ter mais, porque no começo, quando chegou no 15º dia, o útero fala que não tem ninguém ali, com isso o útero libera prostaglandina e mata o CL, mas a progesterona não cai, porque vc está com ela artificialmente ali. Vc mantém isso por um tempo, vc acabou igualando todos seus animais sem CL, porque os que tinham a progesterona as vezes acabou, e os que iam ter, não tem porque isso não ovulou. Depois de uns certos dias vc passa a ter todo mundo sem CL, mas ninguém está dando cio, porque todo mundo está com progesterona. Quando vc retira a progesterona, todo mundo entra no cio num período de até 10 dias. E ai vc sincroniza esse cio.
O que se usa em geral é de 8 dias.
Vc tem 2 tipos de implante: um que é um silicone com progesterona e vc coloca na orelha, entre a pele e a cartilagem, quando vc vai tirar vc corta com gilete e puxa pra fora, é menos eficiente do que o outro método. E vc tem o outro que é um implante vaginal, que é como se fosse um OB, o problema é que dá muita vaginite, pq fica aquilo dentro da vagina, incomoda, vai dando vaginite. Vc tem um limite de tempo pra vc deixar senão começa a incomodar de vez pq cresce, ai vc começa a ter problema de fertilidade por causa da vaginite.
Na progesterona: 
Quando vc faz a inseminação artificial depois que vc sincroniza tudo, o que vc faz é que quando vc coloca o implante, vc aplica estrogênio, e ai o estrogênio vai procurar ovular, então todos os folículos que estão aqui, vão procurar crescer. Mas vc colocou a progesterona travou, e os que estavam ali vão procurar crescer também, mas a progesterona travou também, ai vc mata todos os folículos, e ai vc parte do zero.
No dia