A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Amamentação

Pré-visualização | Página 1 de 1

Quando�o�bebê�suga,�hormônios�são�produzidos�e
mais�leite�é�produzido�e�ejetado.
O�leite�materno�tem�tudo�o�que�bebê�precisa�até�os
6�meses,�inclusive�água.�Após�essa�idade,�haverá�a
introdução�da�alimentação�complementar.
VOCÊ SABE TUDO SOBRE
AMAMENTAÇÃO?
MITOS E VERDADES
O LEITE MATERNO É FRACO E O
BEBÊ FICA COM FOME, PRECISA
DAR LEITE EM PÓ OU DE VACA
O BEBÊ DEVE FAZER TRÊS
MAMADAS POR DIA, COMO AS
TRÊS REFEIÇÕES DIÁRIAS
Não�existe�leite�fraco.�O�leite�materno�é�um
alimento�completo�e�ainda�protege�o�bebê
contra�doenças.
O� número� de� mamadas� e� o� intervalo� varia� para
cada� bebê,� deve-se� oferecer� sempre� que� ele
demonstrar�fome.�Não�existe�regra.
QUANTO MAIS O BEBÊ MAMAR,
MAIS LEITE A MÃE PRODUZIRÁ
A MAMADEIRA PODE AJUDAR NA
AMAMENTAÇÃO
As�maneiras� de� sugar� o� peito� e� a�mamadeira� são
diferentes.�O�uso�da�mamadeira,� bico�ou� chupeta
prejudica� a� amamentação� e� seu� uso� prolongado
prejudica�a�dentição�e�a�fala.
A AMAMENTAÇÃO DEVE SER
EXCLUSIVA ATÉ OS 6 MESES
É PRECISO PASSAR HIDRATANTES
OU POMADAS PARA PROTEGER O
BICO DO PEITO
O� uso� de� hidratantes� afina� o� tecido� do� bico� do
peito� e� da� aréola� (rodela� escura� do� peito).� O
próprio� leite�materno� pode� ser� passado� ao� redor
da�aréola�e�bico�antes�e�depois�de� cada�mamada
para� proteger� de� bactérias� e� hidratar,� o� que� evita
fissuras.
MULHERES COM SINTOMAS DE
COVID-19 PODEM CONTINUAR
AMAMENTANDO
O�leite�materno�é�a�melhor�proteção�natural�para�a
criança� e� para� a� mãe.� O� risco� de� infecção� pela
COVID-19� é� baixo,� já� as� consequências� de� não
amamentar� podem� ser� significativas.� É
fundamental�usar�máscara�e�redobrar�os�cuidados
de�higienização�das�mãos�e�superfícies.
A FORMA QUE O BEBÊ PEGA NA
MAMA PODE FERIR E NÃO SAIR
LEITE
bochechas�cheias
nariz�livre�para
respirar
"boquinha�de�peixe"
lábios�virados�para�fora
maioria�da�parte�escura
do�peito�na�boca,�não
só�o�bico
queixo�encostado�na
mama
corpo� do� bebê
virado�para�a�mãe
Estudantes�de�Medicina�da�UPE:�Artur�Medeiros,�Giovanni�Enzo,�Lourdes�Laryssa,�Luana�Gonçalves.