Aula_03

Aula_03


DisciplinaLegislação Trabalhista e Previdenciária4.619 materiais21.618 seguidores
Pré-visualização1 página
*
*
BEM-VINDO Á DISCIPLINA LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA
GESTÃO DE RH CAMPUS VIRTUAL \u2013 PROFESSORA MARCELA MACHADO
RIO DE JANEIRO, 25 DE ABRIL DE 2011
CONTRATO INDIVIDUAL DE TRABALHO
Conforme definição do artigo 442 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), é o acordo tácito ou expresso correspondente à relação de emprego. Nele contrata-se atividade e não resultado. É aquele pelo qual a pessoa natural obriga-se em troca de remuneração, prestar serviço ao empregador, em regime de subordinação a esta, pessoalmente e com continuidade.
AULA3 
*
*
NATUREZA JURÍDICA
Existem duas teorias que tentam explicar a natureza do contrato de trabalho. A contratualista considera que a relação entre empregado e empregador um contrato, porque depende da vontade das partes. A anticontratualista entende que o empregado apenas incorpora as atividades do empregador, não há autonomia para discutir os termos do contrato de trabalho. O empregador dita as regras, cabe ao empregado cumpri-las. A maioria da doutrina adota a teoria contratualista. Outros entendem que a definição constante do artigo 442 da CLT adotou a teoria mista. 
*
*
CAPACIDADE PARA CONTRATAR
Menor entre 14 a 16 anos apenas como aprendiz. Até 18 anos necessita de assistência do responsável. Acima de 18 pode celebrar sem qualquer restrição. Requisitos \u2013 são requisitos do contrato de trabalho: a) continuidade; b) onerosidade; c) pessoalidade; d) alteridade (trabalha por conta alheia, não por conta própria). AULA3 
*
*
FORMAS:
escrito; b) verbal; c) tácito. Os contratos de trabalho podem ser celebrados por prazo determinado ou indeterminado. Se nada constar o contrato será por prazo indeterminado, que é a regra. O contrato por prazo determinado só pode ser celebrado nos seguintes casos: a) serviço cuja natureza ou transitoriedade justifique a predeterminação do prazo; b) atividades empresariais de caráter transitório; c) contrato de experiência (§ 2º do art. 443 da CLT). AULA 3 
*
*
No contato de trabalho, contrata-se atividade e não o resultado. É o empregador que arca com os riscos do negócio. O menor de 18 anos não pode prestar trabalho noturno, perigoso ou insalubre (art. 7º, XXXIII, da CF/88). Nas atividades ilícitas não há vinculo de emprego. O prazo máximo de duração do contrato por tempo determinado é de 2 anos, passou disso, passar a ser indeterminado. É vedado celebrar um novo contrato por prazo indeterminado com o mesmo empregador, antes de 6 meses do término do contrato anterior. AULA 3
O contrato de experiência é de 90 dias e deve ser anotado na Carteira de trabalho. Os servidores públicos estatuários são regidos por normas de direito administrativo e não celebram contrato de trabalho. A relação é institucional e não contratual. As anotações na carteira de trabalho geram presunção juris tantum. (enunciado 12 do TST). O empregado não pode, em regra, celebrar mais de um contrato de trabalho com o mesmo empregador. Há divergência doutrinária sobre a possibilidade de celebração de contrato de trabalho entre cônjuge. Há alguns doutrinadores que entendem ser possível, outros que os contratos da espécie gerariam fraude. A prestação impossível torna anulável o contrato.AULA 3
 
VÍNCULO EMPREGATÍCIO
Nas cooperativas de trabalho não existem relações de emprego entre os cooperados. No entanto, não podem ser usadas para fraudar a relação entre o empregado e o empregador. Cláusulas que violam normas legais e coletivas não prejudicam a validade do contrato de trabalho. O contrato de trabalho é intuitu personae com relação ao empregado. Só ele pode prestar o serviço. O contrato de trabalho, para alguns doutrinadores, é bilateral, consensual, oneroso, comutativo, principal e típico. 
 ESTÁGIO
 
O estagiário não celebra contrato de trabalho. Ele celebra termo de compromisso com a empresa contratante, com intervenção da instituição de ensino. No Direito do Trabalho, adota-se o princípio da primazia da realidade, os fatos valem mais que as aparências e os documentos. AULA 3 
 
CONTRATO COLETIVO DE TRABALHO
É o acordo de caráter normativo, formado por uma ou mais empresas com entidades sindicais, representativas dos empregados de determinadas categorias, visando a auto-composição de seus conflitos coletivos.
CONTRATO DE TRABALHO DE EQUIPE
 É aquele firmado entre a empresa e um conjunto de empregados, representados por um chefe, de modo que o empregador não tem sobre os trabalhadores do grupo os mesmos direitos que teria sobre cada indivíduo (no caso de contrato individual), diminuindo, assim, a responsabilidade da empresa; é forma contratual não prevista expressamente na legislação trabalhista brasileira, mas aceita pela doutrina e pela jurisprudência. 
*
 Conceito de Direito do Trabalho: é o ramo da ciência do direito que e os princípios que disciplinam as relações de trabalho subordinado, determinam os seus sujeitos e as organizações destinadas à tem por objeto as normas, as instituições jurídicas proteção desse trabalho em sua estrutura 
*