A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
11 pág.
aol 2

Pré-visualização | Página 1 de 2

1. Pergunta 1
/1
Com avanço do sobrepeso e obesidade na infância, aumentam os casos de doenças crônicas que antes eram comuns apenas em adultos. Hipertensão arterial, resistência à insulina e colesterol aumentado são alguns exemplos. Os exames de rotina e acompanhamento do estado de saúde da criança são fundamentais para prevenção dessas doenças e em caso de diagnóstico positivo para as DCNT, tratamento precoce evitando danos maiores na vida adulta. 
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre o desenvolvimento de doenças crônicas, analise as asserções a seguir: 
I. A hipercolesterolemia familiar pode ocorrer no período da infância, ainda que a alimentação seja saudável e adequada.
Porque:
II. Tem relação com hereditariedade e não com consumo de alimentos ricos em gordura.
A seguir, assinale a alternativa correta:
Ocultar opções de resposta 
1. 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I.
2. 
A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira.
3. 
A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa.
4. 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I.
Resposta correta
5. 
As asserções I e II são proposições falsas.
2. Pergunta 2
/1
A Hipertensão Arterial, o Diabetes, Cânceres e as Doenças Respiratórias Crônicas representam as principais Doenças Crônicas não Transmissíveis. Consideradas silenciosas, por se desenvolver ao longo da vida, e responsáveis por 72% óbitos no Brasil. Segundo Ministério da Saúde, aproximadamente 57,4 milhões de pessoas possuem pelo menos uma doença crônica não transmissível (DCNT) no país.
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre o desenvolvimento de doenças crônicas, assinale a alternativa correta sobre a definição de DCNT:
Ocultar opções de resposta 
1. 
Doenças causadas por agentes internos e questões hereditárias que acometem apenas adultos.
2. 
Condições que acometem determinadas populações expostas a doenças e condicionantes patológicos.
3. 
Doenças originárias como diabetes do tipo 1, hipertensão, obesidade e doenças pulmonárias.
4. 
Doenças de longo percurso clínico sem agentes infecciosos externos (microrganismos), podendo ser crônico degenerativas.
Resposta correta
5. 
Condições infecciosas ou cardíacas derivadas de estilo de vida composto por fatores de risco.
3. Pergunta 3
/1
A avaliação do estado nutricional desponta como um dos mecanismos fundamentais na identificação de desvios nutricionais que possam comprometer a saúde. No campo da saúde da criança, essa avaliação passa pela antropometria, exames bioquímicos, anamnese ou entrevista de saúde e investigação alimentar.
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre deficiências de macro e micronutrientes, assinale a alternativa correra que traz os meios mais usuais de investigação alimentar:
Ocultar opções de resposta 
1. 
Educação nutricional e Questionário de alimentação infantil.
2. 
Índice de Massa Corporal e QFA.
3. 
Recordatório de 24 horas e Questionário de Frequência Alimentar.
Resposta correta
4. 
Recordatório alimentar e História dietética.
5. 
Avaliação de consumo e Fichário de alimentos.
4. Pergunta 4
/1
A combinação entre macro e micronutrientes garante a saúde. Uma alimentação variada, em qualidade e quantidade, é promotora de um estilo de vida saudável colaborando para que as funções corporais e metabólicas possam ser desempenhadas sem prejuízos. Conhecer esses nutrientes facilita a avaliação da alimentação, suas quantidades e qualidade, de acordo com a faixa etária.
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre a função dos macro e micronutrientes, analise as afirmativas a seguir:
I. Os micronutrientes podem ser classificados como reguladores.
II. Os macronutrientes podem ser construtores e energéticos.
III. Os macronutrientes são requeridos em pequenas quantidades.
IV. Os carboidratos e lipídeos são reguladores.
V. Dentre os micronutrientes temos as vitaminas.
Está correto apenas o que se afirma em:
Ocultar opções de resposta 
1. 
II, IV e V.
2. 
I, II e V.
Resposta correta
3. 
I e II.
4. 
III, IV e V.
5. 
I, III e IV.
5. Pergunta 5
/1
A alimentação na infância pode ser precursora tanto de doenças como de bons hábitos de vida. A importância dessa fase reside em observação, educação alimentar e nutricional e diagnóstico e acompanhamento do estado nutricional para prevenir danos futuros. 
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre os transtornos alimentares (TA), assinale a alternativa que indica a faixa etária mais acometida por essas condições de distúrbios alimentares e de imagem:
Ocultar opções de resposta 
1. 
Infância.
2. 
Adolescência.
Resposta correta
3. 
Idade escolar.
4. 
Fase pré-escolar.
5. 
Primeira infância.
6. Pergunta 6
/1
O aumento da glicose sanguínea é um fator comum nos casos de diabetes. A elevação dos níveis de glicose pode ser prejudicial a longo prazo, aumentando as chances do desenvolvimento de problemas de visão, circulatórios e cardiovasculares. Mudanças na alimentação são uma das formas de tratamento desta condição.
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre DCNT, assinale a alternativa que descreve corretamente a diferença entre diabetes tipo 1 e diabetes tipo 2:
Ocultar opções de resposta 
1. 
No tipo 1 há diminuição no número de células beta, já no tipo 2 as células perdem a capacidade de produção de insulina.
2. 
A diabetes 1 acomete adultos devido à falência do pâncreas e a tipo 2 ocorre em crianças pela falta de insulina.
3. 
Tipo 1 ocorre por resistência à insulina e o tipo 2 ocorre com a finalização da liberação de insulina pelo fígado.
4. 
Na diabetes tipo 1 temos destruição de células pancreáticas, já no diabetes tipo 2 ocorre redução da insulina.
Resposta correta
5. 
Diabetes tipo 1 pode ser resolvida com uso de medicamentos horais, enquanto na diabetes tipo 2 temos uso de insulina sintética.
7. Pergunta 7
/1
Ao conhecer os macronutrientes, temos acesso aos grandes grupos de alimentos que nos auxiliam na manutenção da vida. Por meio desses nutrientes formamos nossa alimentação diária, alimentando a máquina da vida, nosso corpo. Nos últimos anos, as fibras têm ganhado destaque quando falamos de macronutrientes, já que colaboram para uma alimentação mais saudável.
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre macronutrientes, assinale a alternativa correta sobre as fibras alimentares:
Ocultar opções de resposta 
1. 
As fibras são carreadoras de gases realizando o transporte de gás carbônicos para fora do intestino.
2. 
As fibras são classificadas como micronutrientes, pois devem ser consumidas com moderação.
3. 
As fibras em excesso são prejudiciais para as bactérias que habitam o intestino delgado.
4. 
As fibras são uma subclassificação dos carboidratos e podem ser solúveis e insolúveis.
Resposta correta
5. 
As fibras aumentam a glicemia e auxiliam na regulação ácido básica do corpo humano.
8. Pergunta 8
/1
Leia o trecho a seguir:
“No Brasil, o Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A foi instituído por meio da Portaria nº 729, de 13 de maio de 2005, cujo objetivo é reduzir e controlar a deficiência nutricional de vitamina A em crianças de 6 a 59 meses de idade e puérperas no pós-parto imediato (antes da alta hospitalar).”
Fonte: BRASIL. Manual de condutas gerais do Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A. Brasília: Ministério da Saúde, 2013.
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre indicadores de saúde e sua formulação, é correto afirmar que são as principais doenças decorrentes da deficiência de vitamina A (DVA):
Ocultar opções de resposta 
1. 
cegueira noturna e malácia.
2. 
baixa cicatrização e infecções.
3. 
xeroftalmia e ceratomalácia.
Resposta correta
4. 
raquitismo e desnutrição.
5. 
anemia e hipovitaminose A.
9. Pergunta 9
/1
Os transtornos alimentares são condições ligadas à alimentação que representam desde alterações na percepção corporal até alterações no consumo de alimentos.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.