A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
8 pág.
Resumo Anatomia Dentes

Pré-visualização | Página 1 de 2

Anatomia dentes
Entre a raiz do dente e os alvéolos vamos encontrar fibras do tecido conectivo fibroso, que ajuda na formação da sinartrose sinfimbrose do gênero gonfose.
Os dentes fazem parte do sistema estomatognático.
· Dentes e periodonto
Gll. Salivar – Importante para uma boa função relacionada ao sistema estomatognático
Articulações-
Músculos 
Vasos sanguíneos e linfáticos
Sistema nervoso
O brasil é a terceira nação mais desdentada do mundo, sendo um pais que tem uma das maiores quantidade de dentistas
Os dentes representam um órgão formado por vários tipos de tecidos, esbranquiçados, mineralizados, duros e resistentes que vão se implantar nos alvéolos que estão na maxila e mandíbula, formando o arco superior e inferior.
· Classificação:
Homodentia: Dentes com a função de retenção dos alimentos, não possui formatos diferentes. 
Heterondentia: Apresentam dentes com formas diferentes
Dentes incisivos - corte
Caninos - dilaceração
Pré e molares – trituração
· Classificação dos dentes
1- incisivo central superior
Os dentes de leite vão guardar os dentes permanentes, tendo um bom cuidado com a dentição decídua, quando adulto apresenta uma boa respiração, bom perfil esquelético, boa capacidade respiratória, uma oclusão mais estável.
Difiodontes - Possuem duas dentições, decídua e permanente
· Funções
->Passivas: (representa a estética) quanto mais o indivíduo possui o nível sociocultural avançado, a pessoa apresentará uma maior vaidade e cuidado com os dentes. 
As funções passivas estão relacionadas com: Cor do dentes, Disposição, Formato, Tamanho, Estado de conservação, fonação
Proteção e sustentação de tecidos moles relacionados - Os dentes são os pilares da face, e dos tecidos moles, estes são responsáveis pela disposição dos lábios, bochechas e língua, além de proporcionar uma boa dicção e fonação.
Oclusão - Para ter um bom equilíbrio dos músculos e da atm, é essencial que os dentes tenha um bom encaixes entre os arcos superiores e inferiores (ocasionada pelo uso de chupetas)
->Ativas: (está diretamente ligada com a mastigação) – 
1 parte da mastigação: Corresponde a um ato de apreensão é o ato preliminar a mastigação
O m. orbicular da boca é fundamental para esse processo + dentes incisivos
2 parte da mastigação: Incisão – ato de cortar em fragmentos menores (dentes incisivos)
3 parte: Dilaceração dos alimentos – ato de rasgar e reduzir os alimentos a particular menos compactadas (dentes caninos)
4 parte: Trituração- ato de diminuir os alimentos, reduzindo a partículas menores que em conjunto com a saliva formará o bolo alimentar. É fundamental o cuidado dos dentes posteriores, pois menores serão as partículas, assim contribuindo da deglutição
· Esses dentes vão apresentar mais de uma raiz, isso para distribuir as forças 
· Divisão e comunicação
Arco alvéolo dentários
Vestíbulo da boca
Cav. Própria da boca
Rima Oral
 Divisão anatômica-descritiva
Coroa, colo, raiz (articulação entre a raiz do dente e o alvéolo é denomina de gonfose)
Divisão histoestrutural
Cemento 
Esmalte - translúcido
Dentina- confere a cor (quanto mais mineralizadas, mais ela confere cor)
Polpa
A dentina apresenta vários túbulos dentinários, se o esmalte fica poroso ele fica permeável a entrada de fluídos, o que gera sensibilidade
· Aspectos que influenciam na variabilidade da cor do dente
Mineralização 
Região do dente (principalmente na região do colo do dente)
Tipo de dente (o canino é o dente mais amarelado por apresentar uma maior quantidade de dentina)
Idade
Fatores relacionados a luz (em um ambiente mais iluminado, os dentes vão se apresentar de forma mais branca.
· 3 tipos de dentição
Dentição decídua (uma criança que apresenta a margem plana, e não os dentículos, provavelmente está sofrendo de bruxismo) – inicia aos 6 meses até o 2 anos e meio, apresenta 20 dentes (são gerados no 4 mês de vida IU)
Dentição mista (ocorre nos 6 anos de idade) – encontra-se o dois tipos de dentes, ela inicia com a erupção do primeiro dente permanente, inicia aos 6 e termina aos 11. É responsável por várias modificações dos ossos do viscerocrânio e posições da mandíbula, crescimento dos ossos da face
Dentição permanente - Dos 5 aos 7 anos. 18-21 anos. 32 dentes
· Nomenclatura
Superior Direito – Quadrante 1 Quadrante 2- Superior esquerdo
Inferior Direito – Quadrante 4 Quadrante 3- Inferior Esquerdo
O primeiro número dos dentes representa os quadrante Ex. dente 18 (quadrante 1, dente 8= 18)
18 17 16 15 14 13 12 11 21 22 23 24 25 26 27 28 Dentição permanente
48 47 46 45 44 43 42 42 31 32 33 34 35 36 37 38
55 54 53 52 51 61 62 63 64 65 Dentição decídua (não apresenta pre molares e 3molar)
85 84 83 82 81 71 72 73 74 75
· Termos de Posição e Direção
Apresenta faces(superfícies) 
Ex: Dente molar por se parecer com um cubo, apresenta 6 faces
A face que tritura o alimento - face oclusal
Face que olha para o vestíbulo - face vestibular (labial e jugal) 
A face de trás - chamada de face lingual (arco inferior), no arco superior é chamada de face palatina
· Elementos da coroa dental
Cúspides- são formadas por várias faces e são fundamentais para a trituração dos alimentos
Sulcos- ficam ao redor das cúspides, são áreas que possuem uma maior predisposição a cárie por ser mais difícil de higienizar, sofrendo desmineralização.
Fossetas e Fóssulas
Cristas
Cíngulo- impede que o alimento entre na gengiva
Bossas
· Estudo anatômico da Raiz
Inferior -> Corpo da raiz -> Ápice da raiz
Os dentes de trituração, apresentam mais raízes para conferir estabilidade ao dente
Dentes decíduos- apresentam a mesma função dos dentes permanentes, eles vão guardar o espaço para os dentes permanentes. 
· Características gerais diferenciais entre DD e DP
Molares decíduos apresentam diâmetro M-D maior que os PM que o substituirão
Apresentam raízes longas e coroas largas 
Molares série crescente (o 1 molar é menos volumoso que o 2 molar)
Cor - Como os dentes decíduos são menos mineralizados, vão apresentar uma aparência mais clara, apresentam menos concentração de sais e menor espessura do esmalte (por conta disso ela vai se apresentar mais vulneráveis a cáries)
Os dentes decíduos apresentam cúspides afiadas, as coroas são mais baixas e largas com o colo bastante estreitado. 
Nos dentes molares as raízes são divergentes - pq fica o gerne do dente permanente.
A raiz do dente só vai está totalmente formada depois de 1 ano que a coroa aparecer
Oclusão
Representa o relacionamento fisiológico entre os dentes dos arcos superior e inferior em todas as posições e movimentos da mandíbula. Para que não aja malefícios para os músculos e para a atm.
· Arcos denteais permanentes
Disposição anterior e posterior 
Forma e tamanho dos dentes 
Arquitetura maxilo-mandibular
São quatro tipos de arcos -> Parabólica; Triangular; Ovoide; quadrada.
· Tamanho dos arcos dentais permanentes
Diâmetro transversal: Medido a partir dos terceiros molares
Diâmetro longitudinal: Se estende da parte mais convexa do incisivo indo em direção a parte mais dista do último dente molar (linha na vertical)
Fatores que influenciam no estreitamento do arco transversal- quando perde os dentes decíduos de forma precoce, vai gerar problemas para a dentição permanentes e vai estreitando o arco. Os pacientes respiradores oral o arco vai ficando mais estreito e triangular, prejudicando a oclusão e a disposição dos dentes ao longo do arco
O arco superior tem mais diâmetro que o inferior- ele contém o inferior. No arco inferior vai ter predomínio do diâmetro longitudinal.
Equilíbrio vestíbulo lingual ou palatino: Os lábios, bochechas e língua vão interferir na posição dos dentes. A língua empurra os dentes para frente, lábios e bochechas contém os movimentos em disposição contrária. Para manter esse equilíbrio é importante que a musculatura esteja adequada.
Equilíbrio mésio-distal: Quando o indivíduo tem a perda de um dente, esse dente que está mais posterior ele tende a ocupar esse espaço. A medida que toda o arco superior com o inferior vai depositando mineralizada, de modo que a sofra

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.