A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
13 pág.
Resposta Imune a Bactérias e Fungos

Pré-visualização | Página 2 de 2

diretamente a 
cadeias Vβ do receptor de LT. Ativação de uma 
fração maior de LT (2-20%). 
• Não é específico para um determinado 
patógeno 
• Não leva a um processo adaptativo 
• Produção excessiva de citocinas 
• Toxicidade sistêmica: choque! 
 
INFLAMAÇÃO E CHOQUE SÉPTICO 
• Complicações de infecção por bactérias extracelulares 
• ROS e enzimas lisossomais -> dano tecidual 
• Citocinas: manifestações sistêmicas da infecção 
• Resposta defeituosa de células T 
• Tempestade de citocinas -> choque séptico 
• Consequência patológica grave da infecção disseminada 
• G+ ou G- 
• Colapso circulatório 
• Coagulação intravascular disseminada 
➢ TNF, IL-6 e IL-1 
➢ IFN-γ e a IL-12 
 
12 Ester Ratti ATM 25 
 
RESPOSTA IMUNE A FUNGOS 
 
Comprometimento da imunidade 
└► Fator de risco para infecções fúngicas 
└► Neutropenia 
Extracelulares 
Intracelulares : fagócitos 
Imunidade inata: neutrófilos 
Reconhecimento: TLR e receptores tipo-lectina 
 
 
13 Ester Ratti ATM 25 
Cepas virulentas 
└► inibem a produção de TNF e a IL-12 por macrófagos 
└► estimulam a produção de IL-10 
 
Imunidade adaptativa 
• Celular!!! 
• Cooperação entre LTCD4+ e LTCD8+ 
• Fungos extracelulares: LTh17 
• Fungos intracelulares: LTh1 
• Anticorpos neutralizantes podem ser produzidos