A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Neutrófilos

Pré-visualização | Página 1 de 1

Neutrófilos
- Células efetoras da resposta imune inata.
Possuem meia vida curta na circulação, que aumenta no tecido inflamado.
· Exercem defesa contra micoorganismos através da fagocitose e possuem um arsenal de mediadores.
· Geralmente há 60% na circulação de acordo com hemograma.
Em caso de aumento, ocorre a neutrofilia, possível indicador de inflamação ou infecção.
Em caso de diminuição, ocorre a neutropelia, que pode ser causada por mutação ou uso de certos medicamentos.
· Neutrófilos não têm muita afinidade com corantes, são neutros.
· São células pequenas e possuem citoplasma pouco corado.
Fases:
Progenitor mielóide - mieloblasto (pró mielócito - mielócito) – fase mitótica
Diferenciação e especificidade, sem mitose - metamielócito - neutrófilo bastonete - neutrófilo segmentado
· No estágio inicia há mais formação de glânulos
· Secreção de glândula apenas com a célula ativada - inflamação
Possuem núcleo característico pela alta capacidade migratória, responsável pela alta velocidade – lobos auxiliam na migração
· Ponto de força vem da parte traseira da célula
Os neutrófilos respondem de forma rápida e efetiva contra infecções por liberação dos grânulos
· Morte induzida por liberação das NETs
· NETose: mecanismo de combate à infecção - redes liberadas por neutrófilos - há netose suicida e vital
Mediadores/padrões de patógenos induzem - ativação da célula - ROS, PAD4, elastase são produzidos e liberados – armam o núcleo
· Neutrófilos recrutados podem causar danos porque há digestão do tecido do hospedeiro 
· Pode ser controlado, principalmente em inflamação aguda
· São eliminados no fígado, baço e medula óssea
· Morrem por apoptose e são removidos por macrófagos

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.