A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
30 pág.
PROVA AV BIOQUIMICA CLINICA 2021 2

Pré-visualização | Página 1 de 7

AV - BIOQUIMICA CLINICA 
 
Disciplina: SDE4453 - BIOQU˝MICA CL˝NICA Período: 2021.3 EAD (G) 
Aluno: 
 03.10.2021 
 
 
 
 
 
 
1 ponto 
 
1. 
 
 
O diagnóstico e o acompanhamento terapŒutico de doenças isquŒmicas frequentemente 
envolvem a anÆlise de enzimas. De acordo com esse assunto, assinale a alternativa 
correta: 
 (Ref.: 202008955876) 
 
 
A isoenzima CK -MB Ø encontrada predominantemente no mœsculo cardíaco; sua 
meia -vida no soro Ø r, com pico 48 horas após os sintomas. 
 
 
A creatina cinase Ø uma das enzimas da glicólise, responsÆvel pela formaçªo de 
bifosfato de creatina, um intermediÆrio dessa via. 
 
 
A creatina quinase possui trŒs isoenzimas, cada uma formada por duas cadeias (B 
e M em combinaçıes diferentes). 
 
 
A isoenzima CK -MB Ø encontrada predominantemente no pulmªo e no mœsculo 
esquelØtico; sua meia -vida no soro Ø longa, com pico 48 horas após os sintomas. 
 
 
As isoenzimas da creatina quinase (CK), denominadas CK -MB, CK -MM e CK -BB, nªo 
podem ser separadas por cromatografia, pois apresentam -se covalentemente ligadas 
entre si. 
 
 
 
 
1 ponto 
 
2. 
 
A CK-MB Ø um importante marcador do infarto agudo do miocÆrdio. Sobre as 
metodologias de anÆlise dessa fraçªo da CK -MB, analise as afirmativas a seguir: 
I. A imunoinibiçªo tØcnica sorologia que emprega anticorpos anti -CK-M para inibir a 
fraçªo CK -MM Ø um mØtodo de anÆlise. 
II. A imunoinibiçªo tØcnica sorologia que emprega uma competiçªo competitiva entre 
o CKMB e CKMM Ø um mØtodo de anÆlise. 
�������������7�2�’�$�6���&�2�0���������&�2�1�7�$�1�’�2���&�2�0��
�����������������������������3�2�1�7�2�6���’�2���6�,�0�8�/�$�’�2
 
III. Pode ser dosado também pelos ensaios imunoenzimáticos e de massa. 
É correto o que se afirma em: 
 (Ref.: 202008958886) 
 
 III. 
 
 
II. 
 
 I e II 
 
 
I e III. 
 
 I. 
 
 
 
 
1 ponto 
 
3. 
 
 
(IADES - 2014 - EBSERH - Biomédico) 
Um passo inicial para detectar problemas no fígado é um exame de sangue que 
determina a presença de certas enzimas, comumente chamadas de transaminases. Elas 
incluem a aminotransferase de aspartate (AST) e a aminotransferase de alanine (ALT). 
Acerca dessas enzimas, assinale a alternativa correta: 
 (Ref.: 202008953323) 
 
 
Na hepatite aguda em fase inicial, geralmente, as concentrações de ALT estão mais 
elevadas nas primeiras 24 horas. 
 
 
A ALT é mais encontrada no citoplasma e nas mitocôndrias e AST nos vasos 
sanguíneos hepáticos. 
 
 
A dosagem de AST e ALT são mais sensíveis para lesão hepatocelular aguda do que 
a dosagem de bilirrubinas. 
 
 
A AST é encontrada em alta concentração nos hepatócitos e muito pouco em outros 
tecidos. Portanto, é considerada específica de lesão hepatocelular. 
 
 
Níveis maiores de ALT em relação ao AST indicam dano celular profundo, mas 
apenas AST indica presença de hepatite aguda. 
 
 
 
 
1 ponto 
 
4. 
 
(Adaptada de IMA - 2017 - Prefeitura de Piracuruca/PI - Biomédico) 
Sobre a dosagem de Proteína C Reativa (PCR,) analise as afirmativas a seguir: 
I. A elevação dessas proteínas é acompanhada da elevação da síntese de pré-albumina 
e albumina e indica inflamações agudas. 
II. É útil no monitoramento do progresso da inflamação e sua resposta ao tratamento. 
III. Auxilia na avaliação do risco de doença cardiovascular. 
 
É correto o que se afirma em: 
 (Ref.: 202008956324) 
 
 II 
 
 
I e II 
 
 I 
 
 
III 
 
 II e III 
 
 
 
 
1 ponto 
 
5. 
 
 
''Dislipidemia é elevação de colesterol e triglicerídeos no plasma ou a diminuição dos 
níveis de HDL que contribuem para a aterosclerose. As causas podem ser primárias 
(genéticas) ou secundárias. O diagnóstico é realizado pela medida das concentrações 
totais de colesterol, triglicerídeos e lipoproteínas individuais. O tratamento envolve 
alterações alimentares, atividade física e fármacos hipolipemiantes.'' (GOLDBERG, Anne 
Carol. Dislipidemia. Manual MSD. Consultado eletronicamente em: 27 abr. 2021). 
Em relação às dislipidemias, podemos afirmar que: 
 (Ref.: 202009120677) 
 
 
Diabetes mellitus, obesidade e sedentarismo podem causar dislipidemias 
secundárias. 
 
 Os altos níveis de triglicerídeos estão relacionados com a desnutrição. 
 
 
Um sinal clássico de níveis altos de colesterol é acantose nigricans. 
 
 As dislipidemias primárias possuem maior prevalência na população. 
 
 
As dislipidemias secundárias podem se dar em razão da mutação gênica de 
apoproteínas. 
 
 
 
 
1 ponto 
 
6. 
 
''A classificação de Fredrickson (fenótipos I, IIa, IIIb, III, IV e V) não quantifica proteína 
e nem avalia o HDL-C, por isso não é mais empregada, embora a nomenclatura para 
algumas síndromes tenha permanecido. Também está classificação não diferencia as 
hiperlipidemias primárias das secundárias.'' (BARCELOS, L.F.; AQUINO J.L. Tratado de 
análises clínicas. 1. ed. Rio de Janeiro: Atheneu, 2018. p. 74). 
Para o diagnóstico desses fenótipos, pode ser realizado o teste do plasma em repouso. 
A respeito desse teste, analise as afirmativas a seguir: 
I. O teste do plasma em repouso deve ser feito após 16 horas de repouso à temperatura 
ambiente. 
II. O fenótipo I apresenta uma camada cremosa no topo e infranadante turvo. 
 
III. O fenótipo V apresenta uma camada cremosa no topo e infranadante turvo. 
IV. Os fenótipos IIa, IIb, IIIe IV apresentam plasma turvo após o repouso. 
É correto o que se afirma em: 
 (Ref.: 202009120680) 
 
 I e III 
 
 
II e III 
 
 III e IV 
 
 
I e IV 
 
 I e II 
 
 
 
 
1 ponto 
 
7. 
 
 
A tireoidite é uma inflamação da tireoide. A inflamação pode ser causada por infecção 
viral (tireoidite subaguda), por inflamação autoimune da tireoide que ocorre após o parto 
(tireoidite linfocítica silenciosa) e, com frequência muito menor, por inflamação 
autoimune crônica (tireoidite de Hashimoto). No início, a inflamação relaciona-se ao 
hipertireoidismo. Assim, como se espera encontrar os níveis de TSH e T3 nesse paciente? 
 (Ref.: 202009116827) 
 
 
Aumentado e reduzido. 
 
 Reduzido e reduzido. 
 
 
Aumentado e aumentado. 
 
 Reduzido e normal. 
 
 
Reduzido e aumentado. 
 
 
 
 
1 ponto 
 
8. 
 
 
Autarquia Municipal de Saúde de Apucarana-PR (AMS de Apucarana FAU - 2018) De 
acordo com a RDC 302/2005, uma amostra-controle é: 
 (Ref.: 202009115683) 
 
 
Substância ou preparação destinada à higienização, desinfecção, esterilização ou 
desinfestação domiciliar, em ambientes coletivos, públicos e privados, em lugares de 
uso comum e no tratamento da água. 
 
 
Material usado com a finalidade principal de monitorar a estabilidade e a 
reprodutibilidade de um sistema analítico nas condições de uso na rotina. 
 
 
Designação genérica do conjunto dos meios ou materiais utilizados em um processo 
para geração de um produto ou serviço. 
 
 Parte do material biológico de origem humana utilizada para análises laboratoriais. 
 
 
Amostra do paciente fora das especificações, mas que ainda pode ser utilizada para 
algumas análises laboratoriais. 
 
 
 
 
1 ponto 
 
9. 
 
 
(Prefeitura Municipal de Ji-Paraná IBADE - 2018) O gráfico de Levey-Jennings é a 
representação mais comum para fins de avaliação dos resultados de controle de 
qualidade de um laboratório. Com base na interpretação desta ferramenta de análise, é 
correto afirmar que: 
 (Ref.: 202009115625) 
 
 
a visualização de dez observações analíticas para o mesmo lado do valor-alvo 
(média) mostra apenas a deterioração dos reagentes utilizados. 
 
 
uma observação analítica que excede mais de três desvios padrões da média mostra 
apenas a distorção aleatória dos dados. 
 
 
a faixa entre duas observações na mesma análise que excede 4 desvios padrões 
(R4s) mostra imprecisão analítica. 
 
 
a visualização de duas observações sequenciais, ou observações para duas 
amostras de Controle de Qualidade na mesma análise, que excedem 2,5 desvios 
padrões

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.