A maior rede de estudos do Brasil

Ação demarcatória

SANCHES ingressa com uma ação demarcatória em face de TIBÉRIO objetivando renovar o marco divisório de sua propriedade. Considerando que a propriedade de TORRES fica localizada entre as propriedades de Sanches e de Tibério, qual deverá ser a decisão judicial?

Direito Civil IVFACULDADES DOCTUM

1 resposta(s)

User badge image

Adriana

Há mais de um mês

Art. 581.CC.  Parágrafo único. A sentença proferida na ação demarcatória determinará a restituição da área invadida, se houver, declarando o domínio ou a posse do prejudicado, ou ambos.

Diz o parágrafo único que se houver área invadida, pelo proprietário ou pelos confinantes, na própria sentença da 1.ª fase o juiz, declarando o domínio ou a posse do prejudicado – que, como dissemos, pode ser o autor ou o réu, confinante – determina a restituição da área invadida.

Interessante notar-se aqui que o autor pode ser condenado, sem que o réu tenha feito pedido. Trata-se de consequência da verificação objetiva de onde a efetiva divisão entre ambos os imóveis deva ocorrer.

Art. 581.CC.  Parágrafo único. A sentença proferida na ação demarcatória determinará a restituição da área invadida, se houver, declarando o domínio ou a posse do prejudicado, ou ambos.

Diz o parágrafo único que se houver área invadida, pelo proprietário ou pelos confinantes, na própria sentença da 1.ª fase o juiz, declarando o domínio ou a posse do prejudicado – que, como dissemos, pode ser o autor ou o réu, confinante – determina a restituição da área invadida.

Interessante notar-se aqui que o autor pode ser condenado, sem que o réu tenha feito pedido. Trata-se de consequência da verificação objetiva de onde a efetiva divisão entre ambos os imóveis deva ocorrer.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes