A maior rede de estudos do Brasil

Quais são as causas de rejeição, não conhecimento e não provimento de recurso especial ou recurso extraordinário?


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Ultimamente o número de recurso especial ou recurso extraordinário cresceu muito. Isso se deve ao fator das alterações introduzidas pela Lei de Recursos Repetitivos, em 2008. Há diversos motivos para essa rejeição, mas algo que acontece muito é quando o recurso é mal feito ou formulado. A transgressão dos direito humanos também é fator para a rejeição desses recursos, não prosseguindo para ser julgado pelo STJ.

Outro motivo é que caso o relator considere preciso que o recurso extraordinário seja julgado antes dos recursos, poderá, em decisão irrecorrível, interrompendo o julgamento do recurso especial e remeter os autos ao Supremo Tribunal Federal.

Ultimamente o número de recurso especial ou recurso extraordinário cresceu muito. Isso se deve ao fator das alterações introduzidas pela Lei de Recursos Repetitivos, em 2008. Há diversos motivos para essa rejeição, mas algo que acontece muito é quando o recurso é mal feito ou formulado. A transgressão dos direito humanos também é fator para a rejeição desses recursos, não prosseguindo para ser julgado pelo STJ.

Outro motivo é que caso o relator considere preciso que o recurso extraordinário seja julgado antes dos recursos, poderá, em decisão irrecorrível, interrompendo o julgamento do recurso especial e remeter os autos ao Supremo Tribunal Federal.

User badge image

André

Há mais de um mês

O NAO PREQUESTIONAMENTO  ,ou seja, quando na ha uma alegação levantada anteriormente pela parte recorrente sobre a eventual lesão para que o recurso seja admitido.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas