A maior rede de estudos do Brasil

paciente deu entrada no hospital apresentando dispneia, tiragem intercostal, muita difíciculdade respiratória, relata ser fumante há 30 anos.

Foi instalado oximetro de pulso que mostrou sat O2 de 75% o exame de gasometria revela: Ph: 7,15 PCO2: 68 m Hg qual é o distúrbio acido-base presente na gasometria? justifique sua resposta

Bioquímica I

UNOESTE


9 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A faixa de pH homeostático é de 7,35 a 7,45. Valores fora deste intervalo provocam distúbios ácido-base no sangue.


No caso descrito pelo enunciado, o paciente possui um valor de pH igual a 7,15, além de um valor de PCO2 maior do que 45mmHg. Assim, verifica-se um pH muito ácido e, portanto, atribui-se a essa situação o distúrbio denominado Acidose. Além disso, o valor de PCO2 é alto, indicando retenção de CO2 no sangue. Isto é, há deficiência respiratória no quadro do paciente.


Portanto, verifica-se que o distúrbio presente na gasometria é Acidose Respiratória.

A faixa de pH homeostático é de 7,35 a 7,45. Valores fora deste intervalo provocam distúbios ácido-base no sangue.


No caso descrito pelo enunciado, o paciente possui um valor de pH igual a 7,15, além de um valor de PCO2 maior do que 45mmHg. Assim, verifica-se um pH muito ácido e, portanto, atribui-se a essa situação o distúrbio denominado Acidose. Além disso, o valor de PCO2 é alto, indicando retenção de CO2 no sangue. Isto é, há deficiência respiratória no quadro do paciente.


Portanto, verifica-se que o distúrbio presente na gasometria é Acidose Respiratória.

User badge image

Gabriela

Há mais de um mês

Acidose respiratória.

Nível do Ph abaixo de 7,35 acusando a acidose e nível de PCo2 acima de 45 mmHg resultante de uma ventilação reduzida dos alvéolos pulmonares, levando a uma alta concentração de dióxido de carbono.  

 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas