A maior rede de estudos do Brasil

uma resenha crítica do livro metodologia científica Capítulo 1

Metodologia Científica

UNIDERP - ANHANGUERA


1 resposta(s)

User badge image

Iasmin

Há mais de um mês

O livro Metodologia Científica de Marina de Andrade Marconi e Eva Maria Lakatos, publicado pela editora Atlas- São Paulo, 2009 – 5º edição, 312 páginas, trás um panorama sobre os diferentes conhecimentos e as práticas que envolvem o estudo dos métodos científicos, bem como a maneira como se comporta no mundo real. Uma oportuna contribuição aos estudos na área da metodologia científica. As autoras expõem o tema Metodologia Científica aproximando teoria e prática, propiciando uma discussão consistente á respeito do referido tema.

O primeiro capítulo intitulado “Ciência e Conhecimento Científico” expõe e analisa o conhecimento científico e outros tipos de conhecimentos. Em que o senso comum agora esbarra em outros tipos de conhecimentos, que não limitam-se apenas em saber como sobreviver no mundo. Diferentemente do conhecimento popular, estes procuram explicar o que acontece com um objeto de estudo ou um fenômeno qualquer. Através da Filosofia que é um conhecimento valorativo, por partir de hipóteses sem observação, racional pelos enunciados logicamente correlacionados, sistemático, infalível e exato, pois seus postulados e hipóteses são aceitas sem experimentação. Pela religião apoiando-se em doutrinas que contém proposições sagradas e reveladas pelo sobrenatural, tornando-as verdades infalíveis e indiscutíveis.

E por último, e bem mais divulgado, o conhecimento através das ciências (conhecimento científico) que é real (factual), pois lida com ocorrências ou fatos, isto é com toda “forma de existência que se manifesta de algum modo” (Trujillo, 1974:14), onde o conhecimento é contigente, sistemático e possui a característica da verificabilidade. Mas, no entanto, falível por não ser definitivo tornando-o, assim, aproximadamente exato.

O livro Metodologia Científica de Marina de Andrade Marconi e Eva Maria Lakatos, publicado pela editora Atlas- São Paulo, 2009 – 5º edição, 312 páginas, trás um panorama sobre os diferentes conhecimentos e as práticas que envolvem o estudo dos métodos científicos, bem como a maneira como se comporta no mundo real. Uma oportuna contribuição aos estudos na área da metodologia científica. As autoras expõem o tema Metodologia Científica aproximando teoria e prática, propiciando uma discussão consistente á respeito do referido tema.

O primeiro capítulo intitulado “Ciência e Conhecimento Científico” expõe e analisa o conhecimento científico e outros tipos de conhecimentos. Em que o senso comum agora esbarra em outros tipos de conhecimentos, que não limitam-se apenas em saber como sobreviver no mundo. Diferentemente do conhecimento popular, estes procuram explicar o que acontece com um objeto de estudo ou um fenômeno qualquer. Através da Filosofia que é um conhecimento valorativo, por partir de hipóteses sem observação, racional pelos enunciados logicamente correlacionados, sistemático, infalível e exato, pois seus postulados e hipóteses são aceitas sem experimentação. Pela religião apoiando-se em doutrinas que contém proposições sagradas e reveladas pelo sobrenatural, tornando-as verdades infalíveis e indiscutíveis.

E por último, e bem mais divulgado, o conhecimento através das ciências (conhecimento científico) que é real (factual), pois lida com ocorrências ou fatos, isto é com toda “forma de existência que se manifesta de algum modo” (Trujillo, 1974:14), onde o conhecimento é contigente, sistemático e possui a característica da verificabilidade. Mas, no entanto, falível por não ser definitivo tornando-o, assim, aproximadamente exato.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes