Exercicios_lista05-forças_axiaisb_GABARITO
6 pág.

Exercicios_lista05-forças_axiaisb_GABARITO

Disciplina:Resistência dos Materiais 22.960 materiais98.626 seguidores
Pré-visualização1 página
Resistência dos Materiais Exercícios de Forças Axiais

www.profwillian.com página 1

Exemplo 1- A barra composta de aço A-36 (E=29000 ksi) mostrada na figura abaixo

está composta por dois segmentos, AB e BD, com áreas da seção transversal AAB=1

pol
2
 e ABD=2 pol

2
. Determinar o deslocamento vertical da extremidade A e o

deslocamento de B em relação a C.

Solução:

Dados:

Eaço = 29000 ksi = 2910
6
 psi = 29106 lbf/pol2

Aab = 1 pol
2

Abd = 2 pol
2

LAB = 2,0 pés = 24 pol

LBC = 1,5 pés = 18 pol

LCD = 1,0 pés = 12 pol

PAB = 15 kip = 15000 lbf

PBC = 7 kip = 7000 lbf

PCD = –9 kip = –9000 lbf

pol002172,0
21029

187000

AE

LP

AE

LN

pol01272,0
21029

129000

21029

187000

11029

2415000

AE

LP

AE

LP

AE

LP

AE

LN

6B

aço

BCBC

B

n

1i ii

ii

666A

bdaço

CDCD

bdaço

BCBC

abaço

ABAB
A

n

1i ii

ii

































Resposta: O deslocamento da extremidade A é de 0,0127 pol e o deslocamento de B em relação a

C é de 0,00217 pol.

Resistência dos Materiais Exercícios de Forças Axiais

www.profwillian.com página 2

4.4. O eixo de bronze C86100 está submetido às cargas axiais mostradas. Determinar

o deslocamento da extremidade A em relação à extremidade D se os diâmetros de

cada segmento são dAB = 0,75 pol, dBC = 2 pol e dCD = 0,5 pol.

Solução:

Utilizando módulo de elasticidade do bronze = 15×10
6
 psi e as unidades libra-força e polegada, temos:

pol128,0

4

5,0
1015

368000

4

2
1015

1206000

4

75,0
1015

482000

AE

LN

AE

LN

AE

LN

AE

LN

2
6

2
6

2
6

A

bdCu

CDCD

bdCu

BCBC

abCu

ABAB
ADCDBCAB

n

1i ii

ii
AD





















 


Resposta: O deslocamento da extremidade A em relação a D é de 0,128 pol.

2 kip

6 kip

8 kip

Resistência dos Materiais Exercícios de Forças Axiais

www.profwillian.com página 3

4.6- O conjunto consiste de uma haste CB de aço A-36 e de uma haste BA de

alumínio 6061-T6, cada uma com diâmetro de 1 pol. Se a haste está sujeita a uma

carga axial P1 = 12 kip em A e P2 = 18 kip na conexão B, determinar o deslocamento

da conexão e da extremidade A. O comprimento de cada segmento sem alongamento

é mostrado na figura. Desprezar o tamanho das conexões em B e C e supor que sejam

rígidas.

Solução:

Dados:

Eaço = 29000 ksi = 2910
6
 psi = 29106 lbf/pol2

Ealumínio = 10000 ksi = 1010
6
 psi = 10106 lbf/pol2

d = 1 pol

LAB = 4 pés = 48 pol

LBC = 2 pés = 24 pol

NAB = P1 = 12 kip = 12000 lbf

NBC = P1-P2 = 12-18 = -6 kip = -6000 lbf

pol00632,0
785398,01029

246000

AE

LN

AE

LN

pol0670,0
785398,01029

246000

785398,01010

4812000

AE

LN

AE

LN

AE

LN

pol785398,0
4

)pol1(

4

d
A

6B

aço

BCBC

B

n

1i ii

ii

66A

aço

BCBC

alumínio

ABAB
A

n

1i ii

ii

2
22


































Resposta: O deslocamento da extremidade A é de 0,0670 pol e o deslocamento da conexão é de

-0,00632 pol.

Resistência dos Materiais Exercícios de Forças Axiais

www.profwillian.com página 4

4.8- A junta é feita de três chapas de aço A-36 ligadas pelas suas costuras.

Determinar o deslocamento da extremidade A em relação à extremidade D quando a

junta é submetida às cargas axiais mostradas. Cada chapa tem espessura de 6 mm.

Solução:

Dados:

a) Esforços normais:
NAB = NBC = NCD = 50 kN

b) Comprimentos:
LAB = 600 mm

LBC = 200 mm

LCD = 800 mm

c) Módulos de Elasticidade:
EAB = EBC = ECD = 200 GPa = 200 kN/mm

2

d) Áreas das seções transversais:
AAB = 6 mm × 100 mm = 600 mm

2

ABC = 3 × (6 mm × 100 mm) = 1800 mm
2

ACD = 2 × (6 mm × 100 mm) = 1200 mm
2

Assim:

mm44444,0
1200200

80050

1800200

20050

600200

60050

AE

LN

AE

LN

AE

LN

AE

LN

AD

CDCD

CDCD

BCBC

BCBC

ABAB

ABAB
CDBCABAD

n

1i ii

ii

















 


Resposta: O deslocamento da extremidade A em relação à extremidade D quando a junta é

submetida às cargas axiais indicadas é 0,444 mm.

Resistência dos Materiais Exercícios de Forças Axiais

www.profwillian.com página 5

Exemplo2 – Um elemento é feito de um material com peso específico  e módulo de
elasticidade E. Supondo que ele tenha formato de cone e as dimensões mostradas na

figura abaixo, determinar a distância que sua extremidade é deslocada devido à

gravidade quando suspenso na posição vertical.

Solução:

Força Interna. A força axial interna varia ao longo do elemento, visto que depende do peso W(y) de um

segmento do elemento abaixo de qualquer seção. Então, para calcular o deslocamento devemos usar a

equação integral. Na seção localizada a uma distância y da extremidade inferior, o raio x, em função de y, é

determinado por proporção. Isto é:

y
L

r
x

L

r

y

x 00 

O volume de um cone com raio da base x e altura y é:

3

2

2

0

2

02 y
L3

r
Vy

L

r
y

3
xy

3
V
















Como W = V, a força interna na seção torna-se:

3

2

2

0 y
L3

r
)y(P




Deslocamento. A área da seção transversal também é função de y. Logo,

2

2

2

02 y
L

r
x)y(A




Aplicando a equação integral para cálculo do alongamento entre os limites y=0 e y=L, temos:

E6

L
dyy

E3
y

L

r
E

dyy
L3

r

)y(AE

dy)y(P 2
L

0

L

0 2

2

2

0

3

2

2

0
L

0











 

Resposta: A extremidade do cone se deslocará de L2/(6E) devido à gravidade quando suspenso na
posição vertical

Resistência dos Materiais Exercícios de Forças Axiais

www.profwillian.com página 6

4.28. A haste é ligeiramente cônica e tem comprimento L. Está suspensa do teto e

suporta uma carga P em sua extremidade. Mostrar que o deslocamento de sua

extremidade devido a essa carga é  = PL/(Er1r2). Desprezar o peso do material. O
módulo de elasticidade é E.

Solução:

Variação do raio r(x): da extremidade livre da haste (x=0) até o apoio (x=L)

1
12 rx

L

rr
)x(r 




Área da seção transversal distante x da extremidade:

 21122

2

1
122 Lrxrr

L
)x(Arx

L

rr
)x(r)x(A 
















Deslocamento da extremidade livre ou alongamento da haste:

       

     

21

21

12

12

2

21

21

12

2

1212

2

L

012112

2L

0
2

1122

L

0

rrE

LP

Lrr

rr

rrE

LP

Lrr

rr

rrE

LP

Lr

1

Lr

1

rrE

LP

rr

1

Lrxrr

1

E

LP

Lrxrr
L

E

dxP

)x(AE

dxP











 










 


































 

Resposta: O deslocamento da extremidade da haste devido a carga P é  = PL/(Er1r2), c.q.d.