A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Cimentos Definitivos - Materiais Dentários

Pré-visualização | Página 1 de 1

CIMENTOS DEFINITIVOS
	CIMENTO
	VANTAGENS
	DESVANTAGENS
	INDICAÇÕES
	LIMITAÇÕES
	Cimento de
fosfato de zinco
	Mais resistente, age como auxiliar de retenção da restauração, prolongando a vida útil de cimentações permanentes. Fácil de manipular, biocompatível, baixo custo, baixa solubilidade e mais estável bidimensionalmente. 
	Pode sofrer infiltrações, pode provocar irritação pulpar pelo fato de ser ácido e não é estético. É solúvel em ácidos orgânicos e fluidos. 
	Cimentações permanentes, como de núcleo metálico fundido, de bandas ortodônticas; restaurações indiretas, próteses definitivas e bandas ortodônticas. 
	Não há adesão química, apenas mecânica; não é anticariogênico. 
	Cimento de
ionômero de vidro
	Apresenta liberação de flúor e coeficiente de expansão térmica linear muito semelhantes à dentina, além de ser biocompatível, aderente e translúcido, o que melhora a estética. Apresenta ação anticariogênica. Ótimo selamento marginal. 
	Menos rígido e mais susceptível à deformação elástica, pode sofrer sinérese e embebição, menos resistente ao desgaste.
	Restaurações estéticas de dentes anteriores (classe III e IV) ; cimentação, atuam como adesivos para aparelhos ortodônticos e restaurações provisórias, como selantes de cicatrículas e fissuras, material para forramento e base, como material de preenchimento.
	Quando comparado à resinas compostas, apresenta menor resistência ao desgaste, à abrasão, ao cisalhamento, à tração e à compressão; de modo geral, apresentam baixas propriedades mecânicas e menor tenacidade à fratura. 
	Cimento resinoso
convencional
	Não apresenta contraindicações, ao contrário do autoadesivo. Propriedades gerais boas, com estabilidade de cor. Adere bem à estruturas metálicas, resinosas e de porcelana. 
	Requer tratamento adesivo prévio da superfície dentária, com aplicação do sistema adesivo e todos os passos subsequentes.
	Confecção de próteses, coroa cerâmicas vítreas, facetas (restaurações estéticas no geral) e cimentação de pinos intraradiculares. 
	Requer tratamento adesivo prévio, o que torna a técnica mais sensível. 
	Cimento
resinoso autoadesivo
	Propriedades gerais boas, promovendo união à estrutura dentária, ligas metálicas, zircônia e cerâmica vítrea sem tratamento prévio de superfície. Cimentação mais simples e rápida. 
	Em relação aos convencionais, apresentam maior viscosidade e menos opções de cores. A cor pode variar depois da presa total. Prazo de validade mais curto.
	Cimentação de onlays, coroas e próteses fixas e pinos intrarradiculares; indicados para restaurações estéticas no geral.
	Contraindicados para cimentação de braquetes ortodônticos e facetas.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.