Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Av2 - Análise de Crédito, Cobrança e Risco

Pré-visualização | Página 1 de 1

1)
Elizabetsky (1976), desenvolveu um modelo para análise de solvência que tem como
base central a análise discriminante para compreender a situação financeira de uma
companhia (análise da situação financeira é uma das condições para verificar se a
companhia é solvente ou insolvente), sendo que tal modelo utiliza uma função para
determinar se uma companhia é considerada solvente ou insolvente, neste modelo o X1
da sua função representa;
Alternativas:
● a)
● É o percentual de contas sobre o ativo total da empresa.
● b)
● É a razão entre o passivo circulante e o ativo total.
● c)
● É o percentual de contas sobre o ativo total da empresa.
● d)
● Relação disponível (caixa operacional) pelo imobilizado (ativos permanentes)
● Alternativa assinalada
● e)
● Proporção de lucro líquido sobre a receita de vendas.
2)
Kanitz desenvolveu um modelo de insolvência por meio de uma função discriminante:
Z Kanitz = 0,05 X1 + 1,65 X2 + 3,55 X3 – 1,06 X4 – 0,33 X5
Sendo os índices financeiros para prever a falência das empresas de capital fechado e
aberto no Brasil o X1 representa:
Alternativas:
● a)
● Demonstra a capacidade de curto e longo prazo do ativo para contas do exigível
total.
● Alternativa assinalada
● b)
● Verifica como estes ativos podem cobrir dívidas de curto e longo prazo, dentro
da conta ativo considera-se os estoques.
● c)
● Mede a proporção do lucro líquido sobre o patrimônio líquido.
● d)
● Demonstra a proporção do ativo total sobre o passivo circulante.
● e)
● Calcula a relação de exigível a longo prazo sobre o patrimônio líquido.
3)
Quando certa pessoa física contrai uma determinada dívida sem estar devidamente
respaldada pelo potencial financeiro de seus bens, significa que trata-se de uma situação
de______________________________________.
Complete a lacuna e assinale a alternativa correta.
Alternativas:
● a)
● Insolvência Civil ou Falência
● Alternativa assinalada
● b)
● Crédito ou Lucro
● c)
● Lucro ou Prejuízo
● d)
● Fluxo de Caixa ou Lucro
● e)
● Inflação ou Fluxo de Caixa
4)
A eficiência da análise de Kanitz proposta em 1976, foi testada por meio da técnica de
diferenças de médias de 21 empresas insolventes contra 21 empresas solventes,
concluindo que o poder discriminatório para a previsão de falências estava em 81
indicadores.
O modelo de Kanitz, baseado em uma função discriminante é dado por:
Z Kanitz = 0,05 X1 + 1,65 X2 + 3,55 X3 – 1,06 X4 – 0,33 X5
Considerando o modelo de Kanitz o X3 representa.
Alternativas:
● a)
● Demonstra a capacidade de curto e longo prazo do ativo para contas do exigível
total.
● b)
● Verifica como estes ativos podem cobrir dívidas de curto e longo prazo, dentro
da conta ativo considera-se os estoques.
● c)
● Mede a proporção do lucro líquido sobre o patrimônio líquido.
● d)
● Demonstra a proporção do ativo total sobre o passivo circulante.
● Alternativa assinalada
● e)
● Calcula a relação de exigível a longo prazo sobre o patrimônio líquido.
5)
O modelo de insolvência desenvolvido por Matias em 1976 é fundamentado em uma
análise de discriminante onde trabalhou com 100 empresas de diversos ramos de
atividade, sendo que das quais 50 eram classificadas como solventes e 50 eram
classificadas como insolventes.
● O modelo de Matias, é dado por:
● Z Matias = 23,79 X1 – 8,26 X2 – 8,87 X3 – 0,76 X4 – 0,54 X5 + 9,91 X6
Considerando o Modelo de Matias o X1 representa;
Alternativas:
● a)
● Concentra-se na análise das dívidas onerosas (Financiamentos e Empréstimos
bancários) sobre o ativo total. O crescimento deste índice demonstra que o nível
de endividamento oneroso da empresa está crescendo.
● b)
● O cálculo está em verificar a relação lucro operacional por lucro bruto.
● Alternativa assinalada
● c)
● Demonstra a relação patrimônio líquido por ativo total, isto é, quanto o
patrimônio representa do ativo.
● d)
● Verifica a o lucro operacional por lucro bruto e quanto maior for esta relação
melhor será para a empresa
● e)
● Na relação ativo circulante por passivo circulante a análise está em observar a
evolução à capacidade do ativo em cobrir o passivo circulante.