Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
Análise do discurso

Pré-visualização | Página 1 de 3

IMPORTANTE 
Data limite nara aplicacão desta prova 08/06/2019 UNIP EAD Código da Prova: 19123092242 Curso: LETRAS PORTUGUÉËs 
Série: 3 Tipo: Bimestral - AP Aluno: 1808285 ALEX DOS REIS DELGADO - Questões objetivas -valendo 10 pontos Gerada em: 04/06/2019 às 18h44 ------
**** 
Instruções para a realização da prova: 1. Leia as questões com atenção. 2. Confira seu nome e RA e verifique se o caderno de questão e folha de respostas correspondem à sua disciplina. . Faça as marcações primeiro no caderno de questões e depois repasse paraa folha de respostas. 4. Serao Consideradas somente as marcações feitas na folha de respostas. 5. Não se esqueça de assinar a foiha de respostas. 6. Utilize caneta preta para preencher a folha de respostas. . Preencha todo o espaço da bolha referente à altermativa escolhida, a caneta, conforme instruções: näo rasure, não preencha X, não ultrapasse os limites para preenchimento. 8. Preste atenção para não deixar nenhuma questão sem assinalar. 9. Só assinale uma alternativa por questão. 10. Não se esqueça de responder às questões discursivas, quando houver, e de entregar a folha de respostas para o tutor do polo presencial, devidamente assinada. 
11. Não � permitido consulta a nenhum material durante a prova, exceto quando indicado o uso do material de apoio. 12. Lembre-se de confirmar sua presença através da assinatura digital (login e senha). Boa prova! 
Questoes de múltipla escolha 
Disciplina: 626160 -ANÁLISE DO DISCURSO 
Questão 1: Leia os textos abaixo. 
Texto 1 
Segundo Pêcheux, somente EU posso dizer 'eu' quando falo de mim mesmo, pois o sujeito é passível de responder por seus atos. Na linguagem, o poder das palavras tem seu papel principal naquilo que o sujeito representa para o 
outro. Brandão (2007, p.85) complementa que "refletindo sobre a constituição da subjetividade, há contradições que marcam o sujeito na Análise do DisCurso: nem totalmente livre, nem totalmente assujeitado, movendo-se entre o 
espaço discursivo do Ume do Outro; entre a "incompletude" e o "desejo de ser completo'. 
Texto 2 
Ando devagar porque já tive pressa 
Levo esse soriso porque já chorei demais 
Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe 
Só levo a certeza de que muito pouco eu sei 
Eu nada sei 
Conhecer as manhas e as manh�s, 
O sabor das massase das maçãs, 
E preciso amor pra poder puisar, 
E preciso paz pra poder sorrir, 
E preciso a chuva para florir 
Penso que cumprir a vida seja simplesmente 
Compreender a marcha e ir tocando em frente 
Como um velho boiadeiro levando a boiada 
Eu vou tocando os dias pela longa estrada eu vou 
Estrada eu sou 
Gonhecer as manhas e as manh�s, 
O sabor das massas e das maçäs, 
E preciso amor pra poder pulsar, 
E preciso paz pra poder sorir, 
E preciso a chuva para floir 
Todo murndo ama um dia, todo mundo chora, 
Um dia a gente chega, e no outro vai embora 
Cada um de nós compõe a sua história 
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz 
E ser feliz 
Conhecer as manhas e as manh�s 
O sabor das massas e das maç�s 
E preciso amor pra poder pulsar, 
E preciso paz pra poder sorrir, 
E preciso a chuva para florir 
Ando devagar porque já tive pressa 
Levo esse sorriso porque já chorei demais 
Cada um de nós compõe a sua história, 
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz 
E ser feliz 
("Tocando em frente" de Almir Sater e RenatoTeixeira) 
Analise as afirmações abaixo de acordo com os textos anteriores: 
- O titulo "Tocando em Frente", ao conter o verbo no gerúndio, nos remete a uma formação 
discursiva relativa à 
condução do gado, ou seja, assim como o gado é tocado para o lugar 
onde seu dono quer, assim tambémo sujeito 
da letra da música toca a vida. 
I- Em "tocando os dias", o sujeito apresentado na letra da música faz algo necessário, porém 
sem emoção. Toca 
Sua vida como algo exterior a ele. Um sujeito assujeitado pelo fato de cumprir a vida como ela Ihe é apresentada. 
I O sujeito apresentado na música, principalmente na última estrofe, 
considera a vida muito dura e se identifica 
como parte da massa social, sendo incapaz de conduzir seu destino. 
Assinale a alternativa correta: 
Apenas a l est correta. 
B) Apenas a'Hestá correta. 
C) Apenas aestá correta. 
Apenas a le llestão corretas. 
E) Apenas a le l|estão corretas 
Questão 2: Leia o texto seguinte: 
Piada de loiras 
A loira não conseguia passar no teste para nenhum emprego. Resolveu tomar uma atitude extrema para 
ganhar dinheiro: - Vou sequestrar uma criançal 
- Pensou! Como dinheiro do resgate eu resolvo a minha vida... Ela 
encaminhou-se para um playground, num bairro de luxo, viu um menino muito bem vestido, puxou-o para trás da 
moita e foi logo escrevendo o bilhete: "Querida mãe, isto é um sequestro. Estou com seu filho. Favor deixar o resgate 
de R$10.000,00, amanh�, ao meio-dia, atrás da ávore do parquinho. Ass.: Loira Sequestradora.' Então ela pegou o 
bilhete, dobrou- o e colocou no bolso da jaqueta do menino, dizendor - Agora vai lé e entrega esse bilhete para a sua 
mãe. No dia seguinte, a loira vai até o local combinado. Encontra uma bolsa. Ela abre, encontra R$10.000,00 em 
dinheiro e unm bilhete junto, dizendo: 'Está aí o resgate que você pediu. Só não me conformo como uma loira pôde 
fazer isso com outra. 
' 
Disponivel em: <http://www.piadasnet.com/piada993loiras.htm>. Acesso em: 26 de ago. 2011 
Considere as afirmações abaixo relativamente ao que foi exposto anteriormente: 
I- 0 discurso anteriormente apresentado situa-se na tipologia lüdico, mas, ao mesmo tempo, apresenta-se como 
heterogeneo, pois há subjacente a ele, determinados implicitos que o caracterizam também como um discurso 
polêmico. 
- Visando à agressividade, nas piadas de loira, o enunciador (os homens) traduz o discurso do Outro (das 
mulheres) negativamente. Desse modo, é criado um estereótipo, especialmente no caso em que essa relaçao seja polëmica. O estereótipo seria, portanto, algo social, imaginário e construído e se caracterizaria por uma reduçao, ou seja, por uma imagem 9eralmente negativa - supersimplificada ou convencional de uma pessoa ou grupo. 
I Em relação às categorizações principais relativas à distinção/designação das tipologias discursivas, pode-se inferir, considerando-se o discurso anterior referente a piada, que ele se enquadra na tipologia lúdico, no gênero piada e no domínio discursivo literário. 
Marque a alternativa correta: 
AXApenas a l está correta. 
B) Apenas allestá correta 
C) Apenas a-lll está correta 
D) Apenas a le ll estão corretas. 
E) Apenas a le lll estão corretas. 
Questão 3: Nos seus estudos acerca do nascimentoe constituição da Análise do Discurso francesa, você 
tomou conhecimento que essa teoria nasce de trés práticas de estudos interpretativos: 1. A tradição 
filológica; 2. A prática da explicação de textos; e 3. Base no estruturalis mo. A Análise do Discurso francessa 
pode ser desenhada também a partir de três rupturas teórico-filosóficas, que estabelecem novos campos de 
saber. 
Assinale a alternativa que corretamente apresenta essas rupturas: 
1. Marxismo (materialidade e opacidade histórica). 
2. Linguistica Textual (conceitos de coesão e coerência do texto). 
3. Semântica Formal (conceitos de enunciaçãoe polissemia). 
4. Psicanálise (materialidade e opacidade do sujeito). 
5.Linguistica (materialidade e opacidade da linguagem). 
A) 12--4 
B) 1-4-
C) 1-2-3 
D) 3-1-6 
1 4 
Questão 4: Na perspectiva discursiva françesa, há geralmente duas forças que trabalham 
continuamente o 
dizer, de tal modo que todo discurso se faz nessa tensão: entre o mesmo eo diferente. Se toda a vez que 
falamos, ao tomar a palavra, produzimos uma mexida na rede de filiação dos sentidos, 
no entanto, falamos 
com palavras já ditas. E nesse jogo entre o mesmoeo diferente, entre o já dito e o a se dizer, que os sujeitos 
e os sentidos se movimentam, fazem seus percursos, significam. 
(ORLANDI, E. Análise de Discurso: Princípiose Procedimentos. SP: Pontes, 1999). 
Como se denominam esses processos que têma ver com "o mesmo"
Página123