Buscar

Capacidade Civil - Aspectos legais de saúde


Prévia do material em texto

Dano → morte = processo administrativo. 
Fase 1 - Prontuário: quem pode acessar o prontuário: paciente, 
médico, profissional de saúde que atendeu ao paciente e a 
instituição de saúde (por lei). 
→ plano de saúde (exceção, está no contrato). 
→ médico da família (contrato ou procuração pública, se 
acontecer algum dano com o paciente o hospital é o culpado). 
→ HIV (contra ética o infectado trabalhar na área (risco), o 
hospital pode ser culpado). 
Fase 2 – Formulário de quatro vias: 
• primeira via: anexar no prontuário 
• segunda via: delegacia 
• terceira via: serviço social/órgão do governo que protege 
o paciente (índio=FUNAI, criança=conselho tutelar, 
idoso=conselho tutelar do idoso (se houver) ou ministério 
público, presidiário=diretor do presídio, 
estrangeiro=consulado/embaixada, menor 
infrator=diretor do presídio e fundação casa, imigrante 
ilegal=polícia federal, outros=ministério público). 
• quarta via: família 
Fase 3 – Serviço de verificação de óbito: é um serviço de 
avaliação da causa da morte desconhecida ou duvidosa com o 
objetivo de obter informações complementares. SVO: morte 
natural IML: investigativo. 
Fase 4 – Atestado de óbito: prova cabal e incontestável do 
falecimento do indivíduo, satisfazendo as exigências da 
determinação de sua causa jurídica e esclarecendo questões de 
ordem sanitária (estatísticas). Responsabilidade do termo: 
médico que atestou a morte (até 30 dias). SVO: morte natural - 
competência do médico do hospital (5 dias) IML: investigativo - 
competência do médico legista (60 dias). 
*Inventário apenas com atestado de óbito no prazo de 30 dias (SP 60 dias), por 
isso prazo de 5 dias do SVO, se passar do prazo o estado cobra imposto de 10% 
Morte natural ou morte provocada. 
 Morte presumida (acidente TAM/lucro cessante). 
 Ausência (desaparecido, sem corpo e sem indícios, até 10 
anos). 
 
 Absolutamente incapaz: <16 anos, enfermidade ou 
deficiência mental sem discernimento (coma), quem não 
exprimir sua vontade por causa transitória. Representante 
legal: pais/tutores, avós, tios, primos ou estado. 
 Relativamente capaz: >16 e <18, alcoólatras, viciados em 
tóxicos, discernimento reduzido (síndrome de Down), 
excepcionais sem desenvolvimento mental completo, 
viciados em jogos/compulsão e índios. 
 Capacidade civil plena: >18 anos e emancipados.

Continue navegando