Buscar

PROVA - LEGISLACAO TRABALHISTA

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 9 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 9 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 9, do total de 9 páginas

Prévia do material em texto

As Convenções nº 100 e 111 e Recomendação nº 90, todas da OIT, tratam da 
igualdade nas relações de trabalho, assim como o Pacto Internacional sobre 
direitos sociais, econômicos e culturais da Assembleia Geral das Nações Unidas 
(1966), a Convenção sobre eliminação de discriminação da mulher, das Nações 
Unidas (1979) e os incisos constitucionais XXX e XXXI, do art. 7º, da Constituição 
Federal brasileira de 1988. Sobre as conquistas sociais de igualdade e 
equiparações nas relações de trabalho, assinale o que é correto afirmar. 
 
O discurso de Karl Marx, sobre Salário, Preço e Lucro (1865), revolucionou o 
pensamento capitalista ao desvendar a ideia de que as mercadorias produzidas 
possuem uma quantidade maior ou menor de esforço laboral e que isso não justifica 
para dimensionar a quantidade da contraprestação, o valor do salário devido. 
 
A equiparação salarial é uma das maiores conquistas dos trabalhadores, 
afirmada mundialmente pela Convenção de Versailles. No Direito 
brasileiro, podemos afirmar corretamente que são suas características, 
completando-se as lacunas 
 
Quantidade - idêntica função - mesmo empregador - mesma localidade. 
 
Analise as sentenças abaixo. 
I – Caso a empresa tenha mais do que três empregados, deverá manter 
uma proporção de 2/3 de empregados brasileiros. 
II – O empregado terá direito a perceber salário igual ao daquela que, na 
mesma empresa, fizer serviço equivalente ou do que for habitualmente 
pago para serviço semelhante. 
III – O empregado chamado a ocupar, em comissão, interinamente, 
ou em substituição eventual ou temporária, cargo diverso do que 
exerce na empresa, ser-lhe-á garantida a contagem do tempo naquele 
serviço, bem como o retorno ao cargo anterior quando do término da 
substituição ou do retorno do empregado transferido ao cargo original 
que ele ocupava. 
 
Proporcionalidade, equiparação por equivalência e equiparação por substituição 
 
CLT protege o trabalhador brasileiro perante o trabalhador estrangeiro por meio 
da regra da proporcionalidade, que é obrigatória não só em relação à totalidade 
do quadro de empregados, como também em relação à correspondente folha de 
salários. Segundo esta regra, são exceções: 
I. quando, nos estabelecimentos que não tenham quadros de empregados 
organizados em carreira, o brasileiro contar com menos de dois anos de 
serviço e o estrangeiro com mais de dois anos. 
II. quando houver quadro organizado em carreira em que seja garantido 
o acesso por antiguidade 
III. quando o brasileiro for aprendiz, ajudante ou servente, e não o for o 
estrangeiro e quando a remuneração resultar de maior produção, para 
os que trabalham em comissão ou por tarefa. 
IV. quando nos casos de falta ou cessação de serviço, a dispensa do 
empregado estrangeiro deve preceder à de brasileiro que exerça função 
análoga. 
 
TODAS ESTAO CORRETAS 
 
 
 
A simultaneidade não está expressamente prevista em lei, no entanto, é 
reconhecida tanto pela doutrina, quanto pela jurisprudência e consiste, 
basicamente, em: 
 
Trata-se da existência imposta ao empregador que tiver empregados que lhe prestem 
serviço ao mesmo tempo, simultaneamente, ao menos em alguma época ou em algum 
período, onde pelo menos um deles possa servir de modelo ou referência para os 
demais 
 
 Suspensão e interrupção 
 
As causas de suspensão do contrato de trabalho são previstas em lei. Essa 
proteção legal visa impedir que o empregador, inamotivadamente, promova a 
suspensão do contrato de trabalho para não dar ao empregado o trabalho. 
Nesse sentido, podemos afirmar como hipóteses de suspensão do contrato de 
trabalho 
 
O serviço militar obrigatório, a greve e o encargo Civil público. 
 
O art. 473, da CLT, fixa as situações em que o empregado poderá deixar de 
comparecer ao serviço sem prejuízo do salário. São hipóteses de interrupção do 
trabalho: 
I – até 2 (dois) dias consecutivos, em caso de falecimento próprio, do 
cônjuge, ascendente, descendente, irmão ou pessoa que, declarada em 
sua carteira de trabalho e previdência social, viva sob sua dependência 
econômica; 
II – até 3 (três) dias consecutivos, em virtude de casamento de 
descendente; 
III – por um dia, em cada 12 (doze) meses de trabalho, em caso de 
doação voluntária de sangue devidamente comprovada; 
 
APENAS A III ESTA CORRETA 
 
Consideram-se causas de interrupção do contrato de trabalho o repouso 
semanal remunerado (RSR), as férias, os intervalos interjornadas, o tempo 
destinado à amamentação, o caso de interdição do estabelecimento por força da 
justiça ou da administração pública, assim como também: 
 
aviso prévio indenizado de 30 dias ou proporcional ao tempo de serviço. 
 
Os intervalos intrajornadas servem para o trabalhador repousar 
durante o trabalho e seu tempo como de trabalho efetivo, para todos 
os efeitos. 
Faça a associação entre as várias formas de intervalos. 
( 1 ) 10 minutos 
 
5-4-2-1-3 
 
A licença-maternidade possui previsão constitucional no inciso XVIII, do art.7º, 
da Constituição Federal de 1988, e o pagamento é devido durante a licença 
gestante. Sobre o salário-maternidade, complete as lacunas abaixo e assinale a 
alternativa correta a seguir. 
 
INSS – 120 dias – 28 dias – 91 dias – dia do parto. 
 
Acometido o empregado de uma doença ocupacional e ficando incapacitado 
para o trabalho por 15 dias, tem-se o caso de: 
 
Interrupção do contrato de trabalho,porque os pagamentos devidos durante este 
período são de responsabilidade do empregador 
 
A aposentadoria por invalidez, inclusive a decorrente de acidente do 
trabalho, consistirá numa renda mensal correspondente a 100% (cem 
por cento) do salário de benefício. Sobre o benefício da aposentadoria 
por invalidez é correto afirmar que: 
 
O valor da aposentadoria por invalidez do segurado que necessitar da assistência 
permanente de outra pessoa será acrescido de 25% (vinte e cinco por cento). 
 
O art. 475, da CLT, prevê que o empregado que for aposentado por 
invalidez terá ______________ o seu contrato de trabalho durante 
o prazo fixado pelas leis de previdência social para a efetivação do 
____________. No entanto, recuperando ele a capacidade de trabalho e 
sendo a aposentadoria ______________, ser-lhe-á assegurado o direito 
de retorno à função que ocupava ao tempo da aposentadoria. Facultase, 
porém, ao empregador, o direito de indenizá-lo por _____________ 
do contrato de trabalho, nos termos dos artigos 477 e 478, exceto na 
hipótese de ser ele portador de alguma estabilidade, ocasião em que a 
________________ deverá ser paga na forma do art. 497. 
 
suspenso – benefício – cancelada – rescisão – indenização. 
 
O valor do benefício auxílio-doença será calculado na forma prevista pelos 
artigos 29 e 61, da Lei nº 8.213/91 e pela Medida Provisória nº 664/2014. Sobre 
este benefício é correto afirmar que: 
I – O valor do salário de benefício não será inferior ao salário mínimo 
nem superior ao limite máximo do salário de contribuição. 
 
Todas estão corretas 
 
A Súmula nº 160 do TST, diz que, uma vez cancelada a aposentadoria por 
invalidez, mesmo após cinco anos, o trabalhador terá direito de retornar ao 
emprego, facultado, porém, ao empregador, indenizá-lo na forma da lei. Esta 
indenização, entre outras, pressupõe: 
 
Apenas III 
 
Aviso prévio 
 
O art. 489 da CLT dispõe sobre a reconsideração do pedido de aviso prévio, que 
possibilita às partes evitarem-se eventuais prejuízos pela rescisão contratual 
abrupta. Isso possibilita afirmar que: 
 
É facultativa a aceitação do pedido de consideração somente se o empregado tiver 
mais de 12 meses efetivo de trabalho. 
 
 
 
 
A falta do aviso prévio por parte do empregador dá ao empregado o direito aos 
salários correspondentes ao prazo do aviso, garantida sempre a integração 
desse período no seu tempo de serviço. Julgue os itens a seguir: 
I – É correto entender que o empregado fará jus a todas as parcelas sem 
natureza salarial devidas durante este período. 
 
II e III estão corretasNão havendo prazo estipulado, a parte que, sem justo motivo, quiser rescindir o 
contrato, deverá avisar a outra da sua resolução com a antecedência mínima de 
trinta dias. A afirmação acima está: 
 
Correta, pois é a disposição do inciso II do art. 487 da CLT 
 
 
Jornada de Trabalho 
 
O tempo despendido pelo empregado até o local de trabalho e para o seu 
retorno, por qualquer meio de transporte, não será computado na jornada de 
trabalho, salvo quando, tratando-se de local de difícil acesso ou não servido por 
transporte público, o empregador fornecer a condução (§ 2º do art. 58 da CLT). 
Neste sentido, é correto afirmar que: 
 
A condução fornecida pelo empregador constitui-se requisito caracterizador para 
qualificação desse tempo como incorporado à jornada de trabalho. 
 
Podemos classificar a jornada de trabalho quanto à sua duração, período, 
profissão e regime de cumprimento. Correlacione as colunas a seguir de modo a 
conceituar cada um desses requisitos. 
(1) Duração. 
 
2 - 1 - 4 – 3 
 
O art. 444, da CLT, dispõe que as relações contratuais de trabalho podem ser 
objeto de livre estipulação das partes interessadas em tudo quanto não 
contravenha às disposições de proteção ao trabalho, aos contratos coletivos 
que lhes sejam aplicáveis e às decisões das autoridades competentes. Assim 
sendo, é correto afirmar que 
 
Sobre a liberdade de contratar, é possível realizar uma jornada diária de trabalho 
acima de 10 horas 
 
Segundo a CLT, o horário do trabalho constará em quadro organizado conforme 
modelo expedido pelo Ministro do Trabalho, e afixado em lugar bem visível. Esse 
quadro será discriminativo no caso de não ser o horário único para todos os 
empregados de uma mesma seção ou turma. A matéria disciplinada pelo art. 74, 
da CLT, nos permite afirmar que: 
I – Existindo vários empregados em uma mesma seção ou turma, 
mesmo com horários iguais, o quadro deverá ser discriminativo. 
 
APENAS A RESPOSTA II CORRETA 
 
 
 
O vigia de uma empresa realiza jornada das 22 às 7 horas do dia seguinte, 
totalizando 8 horas de 60 minutos de efetivo trabalho, além de um intervalo de 1 
hora para refeição (jantar). Sobre esta situação hipotética, podemos afirmar que: 
 
Seu horário deve ser corrigido, pois a hora noturna deve ser computada como sendo 
de 52 minutos e 30 segundos. 
 
 
Repouso semanal 
 
O descanso semanal remunerado, também chamado de repouso semanal 
remunerado, é um direito indisponível, porque sua função é proteger a saúde do 
trabalhador. Sobre este aspecto, é correto afirmar que: 
 
O RSR é um direito de ordem pública, motivo pelo qual não está disponível para a livre 
negociação entre empregador e empregado 
 
A atividade laboral aos domingos depende de autorização do Ministério do 
Trabalho. Coincide com esta formalidade legal a previsão da convenção coletiva 
de trabalho da categoria profissional. 
 
Apenas I e II estão corretas. 
 
Assim como ocorre com os domingos, os feriados também recebem a mesma 
proteção legal e garantem ao empregado gozá-los com folga. Os feriados podem 
ser civis ou religiosos, e estão fixados pelos artigos 1º e 2º, da Lei nº 9.093/95. 
Eles não se confundem com dias festivos. Assim, sobre os feriados, faça a 
correta associação e aponte a alternativa correta: 
(1) Feriado Civil Nacional 
 
3 – 2 – 5 – 1 – 4 
 
A Súmula nº 444, do TST, disciplina a jornada de trabalho em regime de escala 
12x36. Segundo ela, é________, em caráter ____________, a jornada de doze 
horas de trabalho por trinta e seis de descanso, prevista em lei ou ajustada 
exclusivamente mediante acordo coletivo de trabalho ou convenção coletiva de 
trabalho, assegurada a remuneração em _________ dos __________ trabalhados. 
O empregado não tem direito ao pagamento de adicional referente ao labor 
prestado na décima primeira e décima segunda hora. 
 
Válida – excepcional – dobro – feriados. 
 
Roberval Rolando quer saber quanto ele recebe a título de RSR. Sabendo que 
seu salário mensal é de R$ 900,00 e que ele realiza jornada mensal de 220 horas, 
o valor correto do RSR deve ser de: 
 
R$130,91 
 
 
 
 
 
 
FÉRIAS 
 
O Brasil foi o terceiro país do mundo a conceder férias anuais remuneradas de 
15 dias consecutivos a empregados. Apesar destas férias terem sido 
direcionadas apenas a alguns setores, o fato é que com o advento da CLT, em 
1943, todos os trabalhadores tiveram acesso a este benefício. 
 
I, II e III estão CORRETAS 
 
Adquire o direito ao gozo de férias todo empregado que, após cada período de 
12 (doze) meses de vigência do contrato de trabalho, atingir ou completar os 
requisitos legais. Sobre o tempo de duração de suas férias dever-se-á obedecer 
ao regime imposto pela CLT. Correlacione os períodos abaixo e aponte a 
alternativa correta. 
 
3 2 4 1 
 
O requisito essencial para aquisição das férias diz respeito ao decurso do 
período de 12 meses de vigência do contrato de trabalho, podendo ser ele por 
prazo determinado ou indeterminado e a cada 15 dias de trabalho no mês o 
empregado adquire 1/12 de férias. 
 
 Caso o contrato de trabalho seja interrompido antes de completar 12 meses o 
empregado terá direito às férias proporcionais. 
 
Durante as férias, o empregado não poderá prestar serviços a outro empregador, 
salvo se estiver obrigado a fazê-lo em virtude de contrato de trabalho 
regularmente mantido com aquele, ou seja, não poderá o empregado sair de 
férias para realização de um “bico” ou empregar-se em outra empresa. Assim, a 
lei disciplina a concessão de férias e o gozo do funcionário. Sobre a concessão, 
é correto afirmar que: 
 
O pagamento da remuneração das férias será efetuado até 2 dias antes do início do 
respectivo período de gozo 
 
O art. 145, da CLT, disciplina que o pagamento da remuneração das férias e do 
abono referido no art. 143 deverão ser efetuados até 2 (dois) dias antes do início 
do respectivo período. Neste sentido, sobre as férias, é correto afirmar que: 
 
O empregado perceberá durante as férias a remuneração que lhe for devida na data 
da sua concessão 
 
Sobre a comunicação de férias, veja o que dispõe o art. 135, da CLT: “A 
concessão das férias será participada, por escrito, ao empregado, com 
antecedência de, no mínimo, 30 (trinta) dias. Dessa participação o interessado 
dará recibo”. Diante deste mandamento legal, sobre a comunicação de férias, é 
incorreto afirmar que: 
 As férias somente terão validade se anotadas na CTPS do empregado. 
 
 
 
 
 
A remuneração das férias após a cessação do contrato de trabalho terá natureza 
salarial. E no caso de cessação do contrato de trabalho, qualquer que seja a sua 
causa, será devida ao empregado a remuneração simples ou em dobro, 
conforme o caso, correspondente ao período de férias cujo direito tenha 
adquirido, após decorridos os 12 meses ou de forma proporcional, em frações 
acima de 14 dias no mês. Sobre os casos de cessação do contrato de trabalho, 
podemos citar como causas ou hipóteses de incidência do pagamento de férias: 
 
Todas as alternativas estao corretas 
 
Jorge Jazjabe rescindiu seu contrato de trabalho porque seu patrão não lhe 
concederia as desejadas férias. Ele está no período concessivo de suas 
segundas férias e as primeiras sequer foram gozadas. Como deverá ser o 
recebimento desses valores na rescisão? 
 
Deve receber as segundas férias proporcionais, com o 1/3 proporcional e as primeiras 
férias integrais e em dobro, com o 1/3 também integral e em dobro. 
 
A matéria da prescrição está delineada no art. 149, da CLT, com a seguinte 
redação: a prescrição do direito de reclamar a concessão das férias ou o 
pagamento da respectiva remuneração é contada do término do prazo 
mencionado no art. 134 ou, se for o caso, da cessação do contrato de trabalho. A 
contagem do prazo prescricional a que alude o artigo em comento deve ser feita: 
 
A partir da cessação do contrato de trabalho. 
 
Por força do art. 139, poderão ser concedidas férias coletivas a ________ (d)os 
empregados de uma empresa ou de alguns setores da empresa. Estasférias 
poderão ser gozadas em _____ períodos anuais desde que nenhum deles seja 
inferior a ______ dias corridos, devendo neste caso, o empregador, comunicar 
ao órgão local do Ministério do Trabalho, com a antecedência mínima de _____ 
dias, as datas de início e fim das férias, precisando quais os _______ serão 
abrangidos pela medida. 
 
Todos - dois - dez - quinze – setores 
 
 
TRABALHO DA MULHER 
 
O art. 10 dos Atos das Disposições Constitucionais Transitórias da Constituição 
Federal de 1988 determina que até que seja promulgada lei complementar a que 
se refere o art. 7º, I, da Constituição fica vedada a dispensa arbitrária ou sem 
justa causa da empregada gestante, desde a confirmação da gravidez até cinco 
meses após o parto. Diante desse dispositivo legal, analise as proposições 
abaixo. 
 
IV – Esse dispositivo está vigente. 
 
A doutrina e Jurisprudência muito tem discutido sobre a incidência do art. 10, do 
ADCT, da CF/1988. Hoje em dia, já há um posicionamento consolidado sobre a 
matéria, que fixou o entendimento do início da contagem do prazo, ao que a lei 
aduz dizendo “desde a confirmação da gravidez”. Sobre este ponto, é correto 
afirmar que: 
Independentemente da comunicação da empregada ao empregador, considera-se a 
contagem do prazo desde a data que a empregada tem conhecimento do fato. 
 
A despeito da Súmula nº 244 do TST, que disciplina entendimento dos direitos 
afetos à gestante como a estabilidade, é correto afirmar que: 
I – O desconhecimento do estado gravídico pelo empregador não afasta 
o direito ao pagamento da indenização decorrente da estabilidade. 
 
I e III. 
A estabilidade provisória cumulada com o pedido de reintegração possui 
entendimento fixado na Súmula nº 396 do TST. Quanto a este entendimento, é 
correto afirmar que: 
EXAURINDO O PERÍODO DE ESTABILIDADE, NÃO SÃO DEVIDOS 
AO EMPREGADO APENAS OS SALÁRIOS DO PERÍODO COMPREENDIDO ENTRE 
A DATA DA DESPEDIDA E O FINAL DO PERÍODO DE ESTABILIDADE NÃO LHE 
SENDO ASSEGURADA A REINTEGRAÇÃO NO EMPREGO. 
 
Para amamentar o próprio filho, até que este complete ______ meses de idade, a 
mulher terá direito, ________ a jornada de trabalho, a _______ descansos 
especiais, de ______ hora cada um. Porém, quando o exigir a saúde do filho, o 
período de ________ meses poderá ser dilatado, a critério da autoridade 
competente. 
 
seis – durante – dois – meia – seis 
 
 
DIREITO COLETIVO DO TRABALHO 
 
Sobre a organização sindical, a Constituição Federal em seu artigo 8º estabelece 
ser livre a associação profissional ou sindical. Nestes termos, é correto 
afirmarmos que: 
I – A lei não poderá exigir autorização do Estado para a fundação de 
sindicato. 
 
Todas estão corretas. 
 
Segundo o artigo 8º da Constituição Federal de 1988, é vedada a dispensa do 
empregado sindicalizado a partir do registro da candidatura a cargo de direção 
ou representação sindical e, se eleito, ainda que suplente, até um ano após o 
final do mandato, salvo se cometer falta grave nos termos da lei. 
 
A assembleia geral fixará a contribuição que será descontada em folha e servirá para 
custeio do sistema confederativo da representação sindical respectiva 
 
Segundo o professor Amauri Mascaro Nascimento (apud CASSAR, 2014, p. 
1232), para termos o correto entendimento das formas de solução dos conflitos, 
associe as colunas abaixo: 
 
3- 1- 2 
 
 
 
 
Podemos definir greve como o legítimo exercício do direito de greve a 
suspensão coletiva, temporária e pacífica, total ou parcial, de prestação pessoa 
de serviços a empregador. A respeito da greve, é correto afirmar que: 
 
Ela é um direito legal, pois está prevista na CLT 
 
Segundo a Lei 7.783/1989, em seu art. 1º, é assegurado o direito de greve, 
competindo aos trabalhadores decidir sobre a oportunidade de exercê-lo e sobre 
os interesses que devam por meio dele defender. Sobre o instituto da greve, é 
correto afirmar que 
 
A greve somente é reconhecida mediante exercício de direito coletivo

Outros materiais