Buscar

ANTIMICROBIANOS

Prévia do material em texto

Antimicrobian��
IN󰈜󰈣󰈮D󰈓ÇÃO
→Não é recomendado o uso indiscriminado
de antibióticos para a prevenção de infecções,
tendo em vista o risco de desenvolver uma
resistência bacteriana.
→ No caso de tratamento de infecções
bacterianas já estabelecidas, o
cirurgião-dentista deve primeiro remover a
causa da infecção (com tratamento
endodôntico, extração, etc). A partir da
remoção da causa iniciamos o tratamento
farmacológico com antimicrobianos.
→ Os antibióticos devem ser utilizados como
auxiliares na terapêutica das infecções,
destruindo os microrganismos
(ação bactericida) ou impedindo a sua
reprodução (bacteriostática).
C󰈴A󰈟S󰈾󰉇󰈽󰉎AÇÃ󰈮 DO󰈠 AN󰈜󰈾󰉔󰈽ÓTI󰉑󰈮󰈟
● Ação biológica
→ Bacteriostáticos: inibem o crescimento e
multiplicação dos microrganismos sensíveis,
sem destruí-los.
→Bactericidas: quando são capazes de
determinar a morte de microrganismos
sensíveis.
● Espectro de ação
Classificação baseada na eficácia terapêutica
contra determinadas espécies de
microrganismos.
ESPECTRO DE
AÇÃO
ANTIBIÓTICOS
Ação principal
contra bactérias
gram-positivas
Penicilinas G,
Penicilinas V,
Eritromicina,
Claritromicina,
Azitromicina,
Clindamicina e
Vancomicina
Ação principal
contra bactérias
gram-negativas
Quinolonas
(Ciprofloxacina,
Venlafaxina) e
Aminoglicosídeos
(Gentamicina)
Ação similar
contra bactérias
gram-positivas e
gram-negativas
Ampicilina,
Amoxicilina,
Cefalosporina,
Tetraciclinas
Ação contra
bactérias
anaeróbias
Penicilinas,
Clindamicina,
Tetraciclinas,
Metronidazol
(especialmente
contra bacilos gram
-).
Ação contra
espiroquetas
Penicilinas,
Cefalosporinas,
Tetraciclinas.
Maria Clara Domingos 2023.2 1
● Mecanismos de ação
→O antibiótico ideal seria aquele com
máxima toxicidade seletiva, ou seja, que
exerceria sua ação atingindo APENAS o
microrganismo invasor, sem causar dano ao
hospedeiro.
Porém, esse antibiótico não existe.
→ A toxicidade seletiva está relacionada às
diferenças estruturais e funcionais das células
bacterianas em relação às células normais.
→ Dessa forma, os antibióticos de uso
odontológico podem ser divididos em 3
grupos:
● Os que atuam na parede celular;
● Os que atuam na síntese proteínas;
● Síntese de ácidos nucleicos.
OBS: células bacterianas apresentam parede
celular e cápsula → diferente de células de
mamíferos, que não apresentam cápsula e nem
parede celular. Sendo assim, esse antibiótico
vai atacar apenas células bacterianas.
→ Ainda existem antibióticos que atuam na
membrana citoplasmática, como a
vancomicina (uso hospitalar), ou no
metabolismo intermediário, chamados de
falsos substratos.
● As “sulfas” pertencem a essa classe de
antibióticos que competem contra o
substrato.
● Quando a sulfa se liga na bactéria, ela
não consegue desenvolver seu
metabolismo, pois a sulfa age como
um competidor.
AN󰈜󰈾󰉔󰈽ÓTI󰉑󰈮󰈟 QU󰉋 AT󰈖󰉚󰈲 NA PA󰈤󰉋󰉌󰉈 CE󰈴󰈖󰈳󰉚R
→ A parede celular reforça a membrana
citoplasmática da bactéria e tem como função:
proteger, sustentar e dar forma a célula.
→ Sem esse reforço, a bactéria não poderia
conservar sua estrutura devido a pressão
osmótica muito elevada.
→ É uma estrutura não encontrada em células
de mamíferos, sendo exclusiva das bactérias.
Dessa forma, a toxicidade seletiva dos
antibióticos que inibem a síntese da parede
celular é grande = como no caso das
penicilinas e cefalosporinas.
→As penicilinas e cefalosporinas atuam
apenas no momento em que as bactérias estão
em divisão celular. Esses medicamentos não
destroem a parede celular já existente, eles
bloqueiam uma nova síntese → Por isso são
mais eficientes em infecções agudas (bactérias
se multiplicando, a infecção está em
desenvolvimento) do que em infecções
crônicas.
→ Sem a parede celular, a bactéria é incapaz
de resistir às condições do meio ambiente.
→ Esses antibióticos vão promover a lise
bacteriana.
Maria Clara Domingos 2023.2 2
AN󰈜󰈾󰉔󰈽ÓTI󰉑󰈮󰈟 QU󰉋 AT󰈖󰉚󰈲 NA SÍ󰈰󰈙ES󰉋 DA󰈠
P󰈤O󰈙󰉋ÍN󰉚󰈠
→ Pode acontecer de duas formas:
● Interferência na tradução da
informação genética (alteração da
síntese proteica)
→ Fazem parte desse grupo as tetraciclinas,
as lincosaminas (clindamicina e lincomicina),
osmacrolídeos (eritromicina, espiramicina,
claritromicina e roxitromicina) e os azalídeos
(azitromicina).
→ A tetraciclinas inibem a síntese proteica ao
impedir a ligação do t-RNA (ácido
ribonucleico transportador) a subunidade de
30s do ribossomo.
→ São bacteriostáticos, pois impedem o
crescimento e reprodução dessas células sem
que haja a morte celular.
OBS:
- Azitromicina 400mg → 24 horas (1
por dia) → atua na síntese proteica das
bacterias.
- Clindamicina 300mg → quando o
paciente é alérgico a Amoxicilina → 8
em 8 horas.
● Formação de proteínas defeituosas
→ Fazem parte desse grupo os
aminoglicosídeos, que praticamente não são
empregados na clínica odontológica.
AN󰈜󰈾󰉔󰈽ÓTI󰉑󰈮󰈟 QU󰉋 AT󰈖󰉚󰈲 NA SÍ󰈰󰈙ES󰉋 DO󰈠 ÁCI󰉍󰈮󰈟
NU󰉑󰈳󰉋󰈽CO󰈠
→Apenas o Metronidazol é utilizado na
clínica odontológica, pois penetra facilmente
nas células bacterianas
aeróbias e anaeróbias.
→ Tem ação
bactericida.
QU󰉝󰈰󰉌󰈭 P󰈤E󰈟C󰈤󰉋󰈍󰉈R UM AN󰈜󰈾󰉔󰈽ÓTI󰉑󰈮?
→ O emprego dos
antibióticos na clínica
odontológica é indicado
quando:
1. Tratamento ou
2. Prevenção de
infecções.
→ No caso do tratamento das infecções,
primeiro devemos eliminar o foco da
inflamação.
→ Quando a contaminação do local não surte
efeito + há sinais e sintomas que indicam a
disseminação da infecção = uso de antibióticos
é recomendado.
Maria Clara Domingos 2023.2 3
AN󰈜󰈾󰉔󰈽ÓTI󰉑󰈮󰈟 DE US󰈮 OD󰈮󰈰󰈙󰈭LÓ󰉂I󰉎󰈮
→ Bet󰈀󰈗󰇽󰇸tâ󰈚i󰇸󰈡s:
- Possuem um anel betalactâmico em
sua estrutura química.
OBS: as bactérias que são resistentes
produzem uma enzima chamada beta
lactamase → que destrói o anel betalactâmico,
favorecendo as bactérias → antibiótico não
tem efeito farmacológico. Por isso,
- Constituem uma ampla classe de
antibióticos, contendo 4 subclasses:
- Penicilinas, Cefalosporinas,
Clavulanato de Potássio e
carbapênemicos.
PE󰈰󰈾󰉎󰈽LI󰈰󰉝󰈟
→ São bactericidas e podem ter origem natural
ou semissintética.
→ Efeitos adversos: tontura, dor abdominal,
náuseas, vômito e diarreia são os mais
comuns.
OBS: muitos pacientes podem confundir esses
efeitos adversos com sinal de alergia a
penicilinas → essa confusão tem contribuido
para o uso errôneo dos antibióticos =
desenvolvem resistência.
→ São considerados fármacos de primeira
escolha;
→ Possuem atividade contra microrganismos
causadores de infecções odontogênicas;
→ Tem ação na parede celular;
→ Possuem rápida absorção;
→ Alta toxicidade seletiva;
→ Baixo custo e rápida eliminação renal.
- Penicilinas naturais:
→ São produzidas
por fungos.
→ São chamadas de
benzilpenicilinas ou
penicilinas G.
→ São inativadas pelo suco gástrico,
impossibilitando a administração por via oral.
Dessa forma, as vias parenterais
(intramuscular ou intravenosa) permitem a
completa absorção, apesar de aumentarem as
chances de reações alérgicas.
→ São utilizadas tratamento de infecções das
vias aéreas superiores e inferiores,
pneumopatias e infecções de pele de moderada
gravidade.
→ Ex: Penicilina G = Benzetacil.
- Penicilinas semissintéticas
→Maiores interesses clínicos para a
odontologia, como no caso da Ampicilina e
Amoxicilina.
→ Não são inativadas no suco gástrico, por
isso podem ser administradas por via oral.
→ A ampicilina e a amoxicilina tem espectro
estendido aos cocos e bacilos gram-negativos.
OBS: a amoxicilina é derivada da ampicilina,
esses 2 antibióticos apresentam entre si
diferenças farmacocinéticas.
Maria Clara Domingos 2023.2 4
Amoxicilina é de 8 em 8 horas e Ampicilina
de 6 em 6 horas.
AMOXICILINA
→Bem absorvida por vira
oral + não sofre
modificações no
organismo.
→ Cerca de 90% da dose
usual da amoxicilina é
absorvida, mesmo na
presença de alimentos no trato digestório.
→ Apresenta maiores concentrações no soro e
nos tecidos (quase 2 vezes maiores que a
ampicilina), o que permite seu emprego de 8
em horas. Ou seja, a amoxicilina tem um efeito
mais duro.
→ Nome comercial: Amoxil.→ Posologia:
- Adultos: 500mg a 2.000mg de 8 em 8
horas (VO).
- Crianças: 25 a 40mg por kg por dia -
fracionada em 3 doses.
→ Apresentações para crianças:
- Suspensão 125mg por 5 ml.
- Suspensão de 250mg por 5 ml. 7
→ Como calcular a dose para crianças?
- Criança de 10 kg
OBS: para crianças utilizamos o valor máximo
da dosagem
→ Valor máximo é 40mg por kg, ou seja:
40mg x 10 kg = 400mg por dia
250 mg —- 5ml
400mg —- x
250 x = 400 x 5
250 x = 2.000
x = 2000/250
x = 8 mg/ml
Esses 8mg/ml tem que ser dividido pelo dia
todo/ de oito em oito horas.
Ele vai tomar cerca de 2,66 ml a cada oito
horas, 3 vezes ao dia, pois: 3*8 = 24. Então,
sram administradas 3 doses de 3ml a cada 3
horas.
OBS: no caso da divisão não dar exata, o
número é arredondado para mais. Nunca para
menos.
- Se fossemos utilizar a apresentação de
125mg/5ml
125 mg — 5ml
400 mg — x
125x = 400*5
125x = 2000
x = 2000/125
x = 16 mg
16 mg por dia, de oito em oito horas → ou
seja, 8*3 = 24 → 16/3 = 5,3 ml ou 6ml de 8
em 8 horas.
AMPICILINA
→Nome comercial: Binotal.
→ Posologia:
- Adultos: 500mg a
3000mg de 6 em 6
horas(VO, IM, EV).
- Crianças: 100 a
400mg/kg de 6 em 6 horas
(VO, IM, EV).
→ Inativadores das betalactamases
AMOXICILINA + CLAVULANATO DE
POTÁSSIO
→Amoxicilina (500 ou
875mg) + clavulanato de
potássio (125mg).
Maria Clara Domingos 2023.2 5
→Utilizado em infecções graves, provocadas
por bactérias que possuem a enzima
betalactamase, enzimas que distribuem o anel
betalactâmico → diminuindo a eficácia do
antibiótico.
→ Posologia:
- 1 comprimido a cada 8 horas, por 5
dias.
→ O clavulanato de potássio faz parte do
grupo de inativadores das betalactamases, que
associado com a amoxicilina traz resultados
satisfatórios no tratamento de infecções.
→ O clavulanato é um sal potássico do ácido
clavulânico, que possui fraca atividade
antibacteriana. Mas, ele se liga
irreversivelmente as betalactameses, as
inativando.
CE󰉇󰉝󰈳󰈭S󰈪O󰈣󰈾N󰉚󰈠
→ São bactericidas, com um espectro de ação
um pouco mais aumentado em relação as
penicilinas.
→ São menos sensíveis à ação das
betalactameses, semelhante a amoxicilina +
clavulanato de potássio.
→ Efeitos adversos: são nefrotóxicas se
empregadas em doses altas e por tempo
prolongado
Um dos mais utilizados pela odontologia é
Cefalexina → 500mg de 6 em 6 horas.
MA󰉑󰈣󰈮LÍ󰉍󰉈O󰈟
→ Fazem parte desse grupo: eritromicina, a
espiramicina, a claritromicina e a
roxitromicina.
→ Azitromicina pertence a uma nova classe de
antibióticos → os azalídeos, que são
considerados parentes próximos dos
macrolídeos.
- A diferença entre eles é que nos
azalídeos há a inserção de um átomo
de nitrogênio no anel lactônico de 15
átomos.
- Essa reorganização confere a
azitromicina algumas características
específicas, como o fato de apresentar
concentrações elevadas de
azitromicina em neutrófilos →
resultando em uma maior
concentração nos tecidos infectados.
→ São bacteriostáticos.
AZITROMICINA
→ Tem como desvantagem:
agressão ao intestino, podendo
causar diarreia.
→ Posologia: 500mg a cada
24 horas → 1 comprimido ao
dia.
C󰈴I󰈯D󰉝󰈲󰈽󰉎IN󰉝
→ Faz parte da família
das lincosamidas.
→ A clindamicina é
bem absorvida por via
oral e atravessa
facilmente as barreiras
teciduais = apresenta a
propriedade de penetrar no interior de
macrófagos e leucócitos → explica sua alta
concentração em abscesso.
Maria Clara Domingos 2023.2 6
→ É biotransformada pelo fígado e excretada
pelos rins⇒ a relação de risco/benefício de
seu emprego deve ser bem avaliada em
pacientes com alterações da função hepática e
biliar.
→ É bacteriostática. Em alta dosagem ele pode
ser bactericida.
→ Posologia:
- 300mg a cada 8 horas.
- OBS: se o paciente for alérgico a
Ampicilina e Amoxicilina, a
Clindamicina é um fármaco de
escolha.
- Clindamicina para crianças tem como
dosagem máxima, 20mg por kg por
dia, através da via oral ou endovenosa.
OBS: pode apresentar reações adversas, como
diarreia em consequência de sua ação direta na
mucosa intestinal e sua microbiota.
TE󰈜󰈣󰉝C󰈽󰉑󰈳IN󰉝󰈠
→De interesse para a clínica odontológica
apenas a doxiciclina e a
minociclina, que possuem
uma ótima absorção por
via oral.
→ Possui um espectro de
ação mais amplo que o
das penicilinas e o dos
macrolídeos.
→ Agem em infecções causadas por
Actinomyces, Actinobacillus, Fusobacterium,
Clostridium, Propionibacterium, Eubacterum e
Peptococcus. → Infecções leves e moderadas.
→ Interferem na ação dos anticoncepcionais
orais.
→ Apresenta como reações adversas:
distúrbios gastrintestinais, incluindo anorexia,
náuseas, vômitos e diarréias, ulcerações na
boca e irritação da região perianal.
→ Também causam
manchas marrons nos dentes
e hipoplasia do esmalte,
quando se depositam na
forma de ortofosfato nos dentes e
ossos, durante seu desenvolvimento.
→ Eles são contra-indicados para gestantes e
crianças até 12 anos, devido ao tropismo por
cálcio.
→ Posologia:
- 500m de 12 em 12 horas.
ME󰈜󰈣󰈮N󰈽󰉍A󰈁󰈮L
→ Indicado
principalmente no
tratamento de
vaginites, devido ao
Trichomonas vaginalis,
mas também na terapia
de algumas outras
infecções parasitárias, como a amebíase e a
giardíase.
→ Em 1962, foi relatado um caso de um
paciente fazendo o uso do metronidazol para o
tratamento de tricomoníase vaginal, que
indicou → alívio também dos sintomas de
gengivite ulcerativa necrosante, da qual
também era portadora.
→ A partir desse acontecimento, foi
comprovado a eficácia do metronidazol contra
bactérias anaeróbias, especialmente as gram
negativas, passando a ser indicado no combate
dessas espécies.
→ Utilizada principalmente para o tratamento
de bolsas periodontais profundas → uso
tópico.
– É bactericida.
Maria Clara Domingos 2023.2 7
→Apresenta como reações adversas: gosto
metálico, dor estomacal, náuseas e vômitos.
Quando administrado em largas doses e por
um longo tempo, pode provocar neuropatia
periférica.
→ É utilizado principalmente em infecções
periodontais e endodônticas.
→ Nome comercial: Flagyl
→ Posologia:
- Adultos: 500 a 1000mg, VO ou EV, de
8 em 8 horas.
- Crianças: 30 a 40 por kg por dia, VO
ou EV, de 8 em 8 horas.
P󰈤E󰈍󰉋NÇÃ󰈭 NA OD󰈮󰈰󰈙󰈭LO󰉂󰈾󰉚
→A profilaxia antibiótica consiste no uso de
antibióticos em pacientes que não apresentam
evidências de infecção, com o intuito de
prevenir a colonização de bactérias no período
pós-operatório.
→ Considera-se que o uso de antibióticos na
profilaxia de infecções das feridas cirúrgicas
parece ser efetivo, com um razoável risco
benefício, nas seguintes situações:
- Para prevenir a contaminação de uma
área estéril.
- Quando a infecção é remota, mas
associada a uma alta taxa de
morbidade.
- Em procedimentos cirúrgicos
associados a uma alta taxa de
infecções.
- Na implantação de material protético.
→ A profilaxia antibiótica é considerada um
fator chave para o sucesso do tratamento.
● INDICAÇÕES:
- Endocardite bacteriana
- Celulite
- Pericoronarites agudas (febre e trismo)
- Fraturas compostas (expostas)
- Cirurgia bucal em pacientes
imunossuprimidos.
PROTOCOLO TRADICIONAL
→Amoxicilina 2g via oral, uma hora antes do
procedimento e 500mg de 8 em 8 horas por 5 a
7 dias.
→ Ou Clindamicina 600mg, via oral, 1 hora
antes do procedimento⇒ Quando o paciente é
alérgico a Amoxicilina.
AN󰈜󰈾󰈟SÉ󰈪󰈙󰈽CO󰈠
● C󰈴O󰈣󰉋X󰈽󰉍I󰈯󰉝:
→ Para uso bucal, o digluconato de
clorexidina é o mais empregado, por ser
solúvel em água e em PH fisiológico e por ter
a capacidade de dissociar-se em moléculas
carregadas positivamente.
→ Possui ação
bactericida por
desagregar a membrana
plasmática da bactéria,
provocando a perda do
conteúdo celular.
→ Age contra bactérias aeróbias facultativas e
anaeróbias, gram-positivas e negativas, além
de fungos e leveduras.
→ Clorexidina para uso na odontologia⇒
Periogard 0,12%
OBS: Clorexidina a 2%⇒ Antissepsia extra
oral.
⇒ Pode ser utilizado por até 15 dias → pode
escurecer os dentes e perder a sensibilidade.
Maria Clara Domingos 2023.2 8

Continue navegando