Buscar

METODOLOGIA DO ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 5 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

QUESTÃO 1
De acordo com os estágios de aquisição da linguagem, propostos pela Teoria da Gramática Universal, com aproximadamente um ano, a criança
a )
faz uso de orações coordenadas e subordinadas, mas apresenta dificuldade para utilizar ideias temporais.
b )
inicia a produção das primeiras palavras para nomear objetos ou pessoas.
c )
tem o vocabulário de aproximadamente 500 palavras e faz uso delas para se comunicar.
d )
utiliza duas ou mais palavras para compor uma sentença, mas sem significado.
e )
produz balbucios sem significado, apenas imitando os sons do ambiente.
Ver justificativa da resposta
De acordo com os estágios de aquisição da linguagem, propostos pela Teoria da Gramática Universal, a criança, em torno de 1 ano, inicia a produção das primeiras palavras, usando-as para nomear coisas ou pessoas (au-au, papai, mamãe, água, mamá). Essas palavras únicas podem ter sentido de frases, como dizer "mamá" para significar "quero mamar". Nesse estágio, ela também começa a entender ordens e aponta para objetos ao mesmo tempo em que os nomeia.
As demais assertivas estão erradas, porque apresentam comportamentos de crianças com menos ou mais de 1 ano. Por exemplo, produzir balbucios é atitude comum da criança nos primeiros meses de vida. Utilizar mais de uma palavra para formar sentenças com significado, possuir vocabulário de aproximadamente 500 palavras e usar orações coordenadas, subordinadas e ideia temporal são atitudes de crianças em etapas mais avançadas de aquisição de linguagem, a partir dos 2 anos.
QUESTÃO 2
A sequência didática com gêneros textuais ocorre em três etapas. Em relação à primeira etapa, denominada apresentação da situação, assinale a alternativa correta.
a )
Momento de reescrever o texto, de acordo com as orientações do professor.
b )
Momento de explicar detalhadamente a situação de comunicação real, que será concretizada ao final da sequência.
c )
Momento de reconhecer o gênero textual, por meio da análise linguística.
d )
Momento de explorar leitura e análise linguística de vários textos.
e )
Momento de reconhecer o gênero textual, por meio de atividades de leitura.
Ver justificativa da resposta
A primeira etapa da sequência didática com gêneros textuais, chamada de apresentação da situação, consiste em apresentar à turma, de modo detalhado, a situação de comunicação que ocorrerá no momento da produção textual. Essa situação deve ser o mais próximo possível da realidade, ou seja, oportunizar produção de texto oral ou escrito que de fato ocorre na sociedade, em um projeto comunicativo, por exemplo, a gravação de um vídeo informativo sobre os cuidados para prevenção da dengue, que será enviado às famílias e à comunidade escolar.
Nesse momento, é preciso mostrar aos alunos um motivo para a produção textual, dando ênfase aos seguintes elementos: o que se quer dizer, para quem, quando e em que local irá circular o texto. Assim, será possível determinar o gênero textual mais adequado à situação.
QUESTÃO 3
Analise as assertivas a seguir e, então, assinale a alternativa correta.
A fala e a escrita são duas modalidades da língua. Portanto, é necessário considerar que:
I. a fala é pouco desenvolvida e primária;
II. a escrita é representação (ou espelho) da fala;
III. fala e escrita são práticas sociais e atividades interativas.
a )
Apenas a assertiva II está correta.
b )
As assertivas I e III estão corretas.
c )
Apenas a assertiva I está correta.
d )
As assertivas I e II estão corretas.
e )
Apenas a assertiva III está correta.
Ver justificativa da resposta
Apenas a assertiva III está correta. Fala e escrita são duas modalidades da língua. Apesar de, nas sociedades ditas letradas, a escrita ser um bem indispensável e ter ganhado status mais alto, a fala e a escrita são atividades complementares, são práticas sociais e atividades interativas. Ambas variam, ocorrem socialmente, de forma contextualizada e têm regras. Uma não é mais importante que a outra. A fala não é superior pelo fato de, historicamente, ser anterior à escrita. Da mesma forma, a escrita não pode ser considerada mais evoluída. A fala não é primária, pois, assim como a escrita, ela permite textos coerentes, coesos e claros, raciocínios abstratos, uso de variações. Não podemos também pensar que a escrita é representação da fala, como se fosse um espelho, pois há características peculiares da fala que não estão presentes na escrita (voz, gestos, movimentos do corpo etc.). Assim como a escrita também apresenta elementos particulares (tipo da letra, cores, desenhos, pontuação etc.).
QUESTÃO 4
O processo de atribuição de sentido no ato da leitura depende de alguns fatores. Assinale a alternativa que indica corretamente esses fatores.
a )
Conhecimento implícito, conhecimento explícito, conhecimento prévio e conhecimento potencial.
b )
Conhecimento de mundo, conhecimento dos tipos de texto e conhecimento em diversas áreas.
c )
Conhecimento gramatical, conhecimento das variedades linguísticas e conhecimento de língua portuguesa.
d )
Conhecimento tácito, conhecimento explícito, conhecimento dos tipos de texto e conhecimento exponencial.
e )
Conhecimento da concordância verbal, conhecimento das regras de pontuação e conhecimento enciclopédico.
Ver justificativa da resposta
Os fatores responsáveis pela atribuição de sentido dos textos são:
- Conhecimento de mundo: diz respeito às informações e aos conhecimentos adquiridos pelas experiências.
- Conhecimento de diferentes tipos de textos: refere-se aos conhecimentos que a criança tem sobre os tipos de textos com os quais tem contato, seja em casa ou na escola.
- Conhecimento em diversas áreas: é importante para o desenvolvimento da compreensão leitora e ocorre, normalmente, na escola, quando as crianças aprendem História, Ciências, Geografia etc.
QUESTÃO 5
Na Base Nacional Comum Curricular, as práticas de linguagem para o ensino fundamental são organizadas pelos seguintes eixos:
a )
oralidade; leitura/escuta; análise linguística/semiótica; e produção escrita e multissemiótica.
b )
língua oral para bebês; língua escrita para crianças bem pequenas; e semioses para crianças pequenas.
c )
linguagem oral; linguagem escrita; linguagem cotidiana; e linguagem semiótica.
d )
uso da língua; reflexão da língua; gramática da língua; e semiose da língua.
e )
leitura; escrita; gramática normativa; gramática descritiva; e várias semioses.
Ver justificativa da resposta
A BNCC voltada ao ensino fundamental, no componente curricular Língua Portuguesa, orienta que o ensino e aprendizagem baseie-se nos seguintes eixos: oralidade (com interação face a face ou não); leitura/escuta (de texto escrito, imagem parada ou em movimento e som); análise linguística/semiótica (relacionada ao sistema de escrita e a aspectos textuais/discursivos); e produção escrita e multissemiótica.
QUESTÃO 6
Em uma abordagem pedagógica inovadora, a avaliação pode ser vista numa perspectiva formativa. Analise as assertivas a seguir e identifique as características da avaliação formativa. Marque V para verdadeiro e F para falso.
( ) Considera apenas o resultado e não todo o processo de aprendizagem.
( ) Considera todo o processo de aprendizagem e não apenas o produto.
( ) Envolve ações investigativas, não apenas a mensuração e a classificação de resultados.
( ) É classificatória, prioriza a memorização e o produto da aprendizagem.
Assinale a alternativa com a sequência correta.
a )
F - V - V - F
b )
V - V - F - V
c )
V - F - F - V
d )
V - V - F - F
e )
F - F - V - F
Ver justificativa da resposta
A sequência correta é F - V - V - F.
Em uma perspectiva formativa, avaliar significa levar em conta todo o processo de ensino e aprendizagem, não somente o resultado ou o produto, pesquisando os problemas ou falhas no processo, a fim de melhorar as estratégias de ensino, pois a escola tem o dever de proporcionar aprendizagem aos alunos. Para Marcuschi (2007, p. 66), a avaliação nessa perspectiva "envolve ações investigativas e de retomada e não apenas a mensuração e a classificação de resultados". A avaliação formativa não é classificatória,nem prioriza memorização, como as avaliações tradicionais.
QUESTÃO 7
A palavra letramento surgiu no final da década de 1980, para designar práticas distintas daquelas voltadas exclusivamente à aquisição da leitura e da escrita. Sabendo disso, o que é letramento?
a )
Apropriar-se do alfabeto e do código escrito, para codificar e decodificar palavras.
b )
Condição de quem apropriou-se da leitura e da escrita, e faz uso dessas práticas na sociedade.
c )
Prática de análise morfológica das palavras, visando ao estudo científico da língua escrita.
d )
Projeto de lei aprovado no início da década de 1990, para letrar a população analfabeta.
e )
Prática de análise sintática das frases, visando ao estudo científico da língua padrão.
Ver justificativa da resposta
Enquanto o termo alfabetização se refere à aquisição do sistema de escrita, o termo letramento diz respeito às práticas mais elaboradas de leitura e escrita, ou seja, ao desenvolvimento dessas duas habilidades. A alfabetização como processo de aprendizagem de uma tecnologia, ou seja, aprender a codificar (transformar som em letra) e decodificar (transformar letra em som), deve ter um início e um fim. É desejável que as crianças, até o final do ensino fundamental I, tenham se alfabetizado. O letramento, diferentemente, ocorre durante toda a vida, pois, designa as práticas de uso efetivo da linguagem (leitura e escrita) na sociedade.
QUESTÃO 8
Em uma situação comunicativa de produção de texto oral, o que é necessário considerar?
a )
A paragrafação, os sinais de pontuação mais usados e o leitor do texto.
b )
A intenção (ou propósito) comunicativa, o público-alvo e o veículo de circulação do texto.
c )
A língua padrão, os sinais de pontuação, as regências verbal e nominal, e a acentuação.
d )
O tamanho do texto, o reconhecimento social do autor e o destinatário (a quem o texto se dirige).
e )
A variedade padrão de maior prestígio, a quantidade de leitores do texto e a paragrafação.
Ver justificativa da resposta
Ao produzirmos um texto oral, é necessário levar em consideração a intenção comunicativa ou propósito comunicativo, que se refere ao objetivo do autor ao produzir o texto; o público-alvo, ou seja, a quem o texto se destina; e o veículo em que irá circular (onde o texto será publicado). As demais alternativas estão erradas. Se em uma produção de texto oral é necessário observar o propósito comunicativo, o público-alvo e o veículo de circulação, não é possível determinar, de antemão, se a variedade utilizada deve ser a padrão, pois isso dependerá da situação de comunicação, se exige maior formalidade ou não. Além disso, as alternativas erradas apresentam palavras que se relacionam à produção de texto escrito, como paragrafação, pontuação e regência. O reconhecimento social do autor e o tamanho do texto são fatores que não interferem na produção oral. Os textos não são definidos por seu tamanho.

Mais conteúdos dessa disciplina

  • Relacionados
  • Inteligência Artificial