Atividade Avaliativa Objetiva G2
8 pág.

Atividade Avaliativa Objetiva G2


DisciplinaPsicodinamica da Aprendizagem16 materiais106 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Atividade Avaliativa Objetiva G2 
\ufffd
\ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 \ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 \ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 
1 
Ferreira-Rossetti et al. (2004, p. 27), frente às dimensões temporais , na Rede de Significações, propõe a estruturação de quatro tempos que se encontram inter-relacionados. O tempo que se refere às vozes evocadas de experiências vividas em nossas práticas discursivas e que são construídas a partir dos processos de socialização, compartilhadas por todos os sujeitos envolvidos no processo, chama-se tempo:
Peso: 1.0 
    presente. 
    vivido. 
    histórico ou Cultural. 
    de orientação futura. 
    prospectivo ou de orientação futura. 
\ufffd
\ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 \ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 \ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 
2 
Uma matéria prima ainda não tratada, por isso com uma utilidade bastante limitada podemos dizer que é um \u201cdado\u201d. Com a análise ou tratamento desses dados podemos chegar a uma \u201cinformação\u201d útil. Já o \u201cconhecimento\u201d nos dá o significado, é a abstração da ideia ou conceito de algum processo.
 
Nesse sentido podemos dizer que:
Peso: 1.0 
    O conhecimento é de fácil transferência. 
    O conhecimento é de difícil captura em máquina. 
    A informação não requer análise. 
    Os dados não podem ser quantificados. 
    A informação é o nível mais elevado nesse processo. 
\ufffd
\ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 \ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 \ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 
3 
Na teoria Psicanalítica, a energia vital, também chamada de impulsos sexuais ou libido é um conceito fundamental na fase do desenvolvimento psicossexual caracterizada por Freud. A fase em que a criança canaliza a energia vital para as atividades escolares é a fase:
Peso: 1.0 
    oral. 
    anal. 
    fálica. 
    de latência. 
    genital. 
\ufffd
\ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 \ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 \ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 
4 
Antônia é professora do primeiro ano do ensino médio. Procurando respeitar os estágios evolutivos de seus alunos, de acordo com a teoria de Piaget, ela propõe atividades que envolvam a turma em discussões, debates e análise de diferentes pontos de vista. Essa professora está apostando na capacidade de seus alunos de compreenderem normas e regras, saber respeitar e aceitar a relatividade dos fatos. Esse estágio é denominado de estágio:
Peso: 1.0 
    Sensório-motor. 
    Pré-operacional. 
    Operacional-concreto. 
    das Operações formais 
    Nenhum das alternativas 
\ufffd
\ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 \ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 \ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 
5 
Na Teoria de Bandura, o ser humano aprende não simplesmente por castigo e recompensa, mas por reconhecer a importância da cognição e o faz por observação e imitação de modelos, principalmente dos pais e dos professores. Portanto acredita que a aprendizagem humana é mais complexa de que o condicionamento.
 
Essa teoria é chamada de:
Peso: 1.0 
    Socioconstrutivista ou Teoria Social da Aprendizagem. 
    Construtivista. 
    Sociocognitiva ou Teoria da Aprendizagem Social. 
    Sócio-histórica. 
    Humanista. 
\ufffd
\ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 \ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 \ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 
6 
Alguns fatores são muito importantes para que ocorra a aprendizagens e devem ser observados pelos educadores, como a memória e a motivação.
Nesse sentido podemos dizer que:
 
 I- Aprendizagens que fazem parte da realidade dos alunos despertam mais o interesse dos mesmos.
 II- Quando as aprendizagens são significativas para a vida dos alunos a memorização aumenta.
III- Não existe uma relação direta entre motivação e memória no aprendizado dos alunos.
 
Estão corretas as alternativas:
Peso: 1.0 
    I e II. 
    I e III. 
    III. 
    II e III. 
    I, II e III. 
\ufffd
\ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 \ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 \ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 
7 
Anita é professora de uma escola pública da periferia de uma grande cidade. Para oferecer uma melhor aprendizagem aos seus alunos, ela inclui em seu planejamento atividades que envolvem brinquedos construídos pelas crianças, o pátio da escola, uma biblioteca móvel de livrinhos infantis que consegui arrecadar e alguns jogos pedagógicos confeccionados na escola. Ela acredita nas concepções de Vygotsky, de que:
 
I- Brincando e jogando as crianças constroem seu aprendizado na interação com os demais.
II- O professor tem um papel importante na interação da aprendizagem.
III- A criança aprende na relação com as outras pessoas.
IV- Os trabalhos de grupo, coletivos e discussões não favorecem a aprendizagem.
 
Estão corretas as alternativas:
Peso: 1.0 
    I e II. 
    I, II e III. 
    I, II e IV. 
    I, III e IV. 
    I, II, III e IV. 
\ufffd
\ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 \ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 \ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 
8 
De acordo com WalIon, \u201cno processo de construção do sujeito, não há déficits, há diferenças que só poderão ser compreendidas a partir de uma análise da criança contextualizada\u201d.
Nesse sentido, seria adequado para compreender e auxiliar uma criança com dificuldades em sua aprendizagem, analisar:
 
I- Somente a criança envolvida, pois a mesma é quem apresenta problemas.
II- A criança, considerando que ela também faz parte desse processo.
III- O ambiente familiar: relações familiares, lugar que a criança ocupa nessa família, expectativas da família em relação ao aprendizado da criança.
IV- O ambiente escolar: turma em que a criança está inserida, turma do ano anterior, relação da professora com a criança, relação da criança com os colegas, metodologia de ensino.
 
Está correto o que se afirma nas alternativas:
Peso: 1.0 
    I. 
    II e III. 
    II e I V. 
    II, III e IV. 
    I, II, III e IV. 
\ufffd
\ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 \ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 \ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 
9 
O professor Jonas considera o recreio um momento sagrado para os seus alunos, porque é mais uma oportunidade das crianças brincarem na escola, além das atividades lúdicas em sala de aula. Ele acredita na importância do brincar para as crianças, principalmente no ambiente em que podem se relacionar com os demais, pois com o ato de brincar a criança ao deslocar para a brincadeira seus medos:
 
I- elabora seus sentimentos, evita solidão e depressão.
II- não maneja a ansiedade os conflitos.
III- desenvolve a tolerância às frustrações,
IV- aumenta a autoestima e as relações de confiança consigo e com os outros.
 
Estão corretas as alternativas:
Peso: 1.0 
    I e II. 
    II e III. 
    I, III e IV. 
    II, III e IV. 
    I, II, III e IV. 
\ufffd
\ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 \ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 \ufffd\ufffd HTMLCONTROL Forms.HTML:Hidden.1 
10 
A terceira força em psicologia tem em Carl Rogers um de seus principais representantes. Baseado nas experiências da clínica e de pesquisas, Rogers criou uma teoria para a Educação chamada de \u201cEnsino Centrado no Aluno\u201d. As principais ideias estavam em uma aprendizagem significativa, autonomia do aluno, professor facilitador, em um clima livre de ameaças, com a compreensão empática, aceitação incondicional e a congruência por parte do professor.
 
Estamos nos referindo ao aporte teórico:
Peso: 1.0 
    Humanista. 
    Psicanalista. 
    Construtivista. 
    Comportamental. 
    Histórico-cultural 
\ufffd
_1538644441.unknown
_1538644457.unknown
_1538644465.unknown
_1538644470.unknown
_1538644472.unknown
_1538644473.unknown
_1538644604.unknown
_1538644471.unknown