RESUMO APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO MOTOR
7 pág.

RESUMO APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO MOTOR


DisciplinaAprendizagem e Controle Motor1.009 materiais9.727 seguidores
Pré-visualização2 páginas
RESUMO APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO MOTOR
DESENVOLVIMENTO MOTOR: É a mudança do comportamento motor ao longo do ciclo da vida, provocada pela interação entre as exigências da tarefa motora, a biologia do indivíduo e as condições do ambiente.
CRESCIMENTO: Aumento do tamanho das estruturas. EX: altura do sujeito, comprimento dos braços e pernas
DESENVOLVIMENTO: Alterações do funcionamento do sistema, mais especificamente com as mudanças que acontecem EX: o inicio do engatinhar, o andar.
MATURAÇÃO: Melhora na operação dos sistemas. EX: o processo de maturação sexual na puberdade.
Outras definições de desenvolvimento:
1- APRENDIZAGEM: Mudança interna no individuo inferida a partir de uma melhora relativamente permanente na performance que resulta da prática ou experiência
2 -PERFORMACE: Comportamento observável na realização de uma habilidade
3- HABILIDADE MOTORA: Uma aptidão que requer a coordenação de movimentos e ou dos membros com um intuito de atingir um objetivo
4-CAPACIDADE MOTORA: Um traço geral do indivíduo, que sustenta a realização de uma variedade de habilidades motoras
5- ADAPTAÇÃO: Processo de mudança no qual há um ajuste, normalmente do comportamento do sujeito no ambiente onde está inserido.
CONTROLE: Diz respeito ao papel do sistema neuromuscular na produção dos movimentos, aspecto vital do comportamento.
Os primeiros estudos sobre o desenvolvimento motor começaram com a descrição do comportamento de bebês, que foi chamada de biografia dos bebes. As Analises comtemplavam atividades de alimentação, manipulação, perceptivas, emocionais etc.
PERÍODO MATURACIONAL: Período de acompanhamento longitudinal e descrições de indivíduos (bebês), apontavam características no comportamento dos bebes e concluíram que estas refletiam regularidades na maturação cerebral. Fizeram relatos de sequência de comportamentos intitulado de sequência universal.
PERÍODO NORMATIVO DESCRITIVO: Com foco de pesquisas voltada para área escolar, professores de Educação Física tinham a intenção além de melhorar o desempenho, principalmente esportivo, tinham a intenção de utilizar o comportamento motor para melhorar os processos cognitivos.
PERÍODO ORIENTADO AO PROCESSO: O foco novamente retorna aos processos que permeiam o desenvolvimento, onde primeiramente apresentavam descrições da performance motora em crianças e agora a preocupação era descrição da performance motora como explicação de suas causas.
TEORIAS DO DESENVOLVIMENTO: 1 Teoria Maturacional: O desenvolvimento motor estava associado a maturação do SNC.
2 Teoria desenvolvimentista: considerava que o desenvolvimento motor era fruto não apenas da maturação do SNC, e sim de características genéticos, tarefas realizadas pelo indivíduo e o contexto em que está inserido. 
3 Teoria da Ação: Defini que o desenvolvimento motor e um comportamento ativo desde o início da vida. Que é um comportamento com intenção. Apresenta uma diferença do que é movimento do que é a ação.
 MODELOS DE DESENVOLVIMEOT MOTOR:
MODELO GALLAHUE: Movimentos Reflexos: os movimentos são desencadeados por uma estimulação especifica /Movimentos Rudimentares: as primeiras formas de ações involuntárias EX: tentar mexer a cabeça, tronco e membros/Movimentos fundamentais: período entre2 e 7 anos de idade, ocorre refinamentos dos movimentos rudimentares bem como aquisição de novas formas de controle postural, locomoção e manipulação.... Nessa etapa outras três sub etapas foram criadas: Estágio inicial, Estagio Elementar e Estagio Maduro
MODELO AMPULHETA: GALLAHUE mudou de pirâmide para ampulheta para abranger mais categorias. No modelo de ampulheta a superfície e tão ampla quanto a base, indicando que muito mais pessoas poderiam atingir um padrão especializado, pois um número bem maior de habilidades passa a fazer parte dessa categoria.
MODELO MANOEL E CONNOLY: neste novo modelo primeiro haveria a inclusão da fase dos movimentos fetais (movimentos na vida intrauterina)
 Movimentos reativos e espontâneos (Thelen descreveu que movimentos espontâneos são uma serie de padrões movimentos que não se encaixam em movimentos reflexos e movimentos voluntários
 Ações motoras básica: aquisição de movimentos voluntários. Como habilidade de locomoção, orientação e manipulação.
Ações motoras especializadas: aquisição dessas ações é vista como um resultado da influência cultural. Podem ser caracterizadas como habilidades do cotidiano, ocupacionais, expressivas, artísticas, esportivas e recreativas
 
TEORIA DOS SISTEMAS DINAMICOS: OS MOVIMENTOS SÃO FORMADOS E MODIFICADOS DE ACORDO COM AS RESTRIÇOES DO ORGANISMO, DO AMBIENTE E DA TAREFA, CONFORME DEFENDE MENDELL e Esther TELLEN
DESEMPENHO MOTOR EM ADULTOS E IDOSOS: Durante a vida adulta chegamos ao auge do desenvolvimento motor. Ao chegar na meia idade algumas leves perdas (especialmente fisiológica) mas na terceira idade e que esse declínio se pronuncia drasticamente
SISTEMA MUSCULO ESQUELÉTICO: observamos uma redução da estatura conforme envelhecemos, que pode estar associada à perda de alinhamento da coluna ou má postura, e diminuição da densidade dos discos intervertebrais. Entre 25 e 30 anos a força muscular atinge o auge, depois passa por um processo estável até por volta dos 50 anos, quando passa sofrer um declínio gradual até aproximadamente até os 70 anos. Nesse processo de perda a atividade física tem um papel preventivo, além de retardar a deterioração dos tecidos.
Sarcopenia: é a perda de massa e força na musculatura esquelética no envelhecimento
SISTEMA NERVOSO CENTRAL (SNC): Células do sistema nervosos responsáveis pela condução de impulsos nervosos (transmissão de sinais químicos e elétricos). 
 PLASTICIDADE NEURAL: fenômeno que ocorre no cérebro, onde neurônios remanescentes são capazes de criar novas ramificações que compensam, parcialmente, as perdas neurais.
TEMPO DE AÇÃO: Intervalo de tempo entre a manifestação do estimulo e o início da resposta motora. Adultos de meia idade e idosos tendem automaticamente a substituir a velocidade da execução da tarefa motora por precisão.
EQUILIBRIO E POSTURA: A estabilidade postural, também referida como equilíbrio, é a habilidade de controlar o centro de massa em relação a base de sustentação. É preciso uma interação completa entre os sistemas musculoesquelético e neural.
Os componentes musculoesqueléticos são: amplitude de movimento em ação / flexibilidade espinhal/ propriedade dos músculos/ relações biomecânicas entre os segmentos corporais ligados.
Os componentes neurais são: processos motores (ritmo e sequenciamento da ativação de grupos musculares) / processo sensorial ou perceptual (informação sobre a posição do corpo no espaço) / processo de níveis superiores (capacidade de modificar as informações sensoriais e as respostas motoras programadas)
Tendo em vista que o bom funcionamento do controle postural é dependente da interação de diversos outros sistemas cada um deles influenciam a ação do outro. Assim o controle postural é o elemento chave, para o desempenho motor, que está intimamente ligado ao tempo de reação. O declínio da forca e do controle muscular, na flexibilidade das articulações e nas características físicas, também interagem para alterar o processo de equilíbrio e postura.
ESTRATEGIAS MAIS SEGURA PARA IDOSOS EVITAR AS QUEDAS: O uso da estratégia de quadril ou passada, isso ocorre em especial na prevenção de quedas, que é uma das maiores preocupações em pessoas da terceira idade.
PADRÃO DA MARCHA: A marcha e composta de três elementos: a progressão (padrões rítmicos de ativação muscular nas pernas e no tronco que movem o corpo na direção desejada) o controle postural (reestabelecer e manter a postura apropriada) e a adaptação (considerar as alterações do ambiente e fazer os ajustes necessários)
A MARCHA E DIVIDIDA EM: Fase de apoio (temos os dois pés no chão) fase de balanço (um dos pés está em fase aérea e o outro este apoiado.
ALTERAÇÕES OBSERVADAS NA MARCHA DE IDOSOS: Velocidade encurtada/ comprimento reduzido
Fernanda
Fernanda fez um comentário
Olá, vc pode me enviar esse material por email?
0 aprovações
Carregar mais