A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
145 pág.
AV1 AV2 AV3 Fisiopatologia da nutrição e dietoterapia

Pré-visualização | Página 23 de 23

a segunda asserções são proposições falsas.
A primeira asserção é uma proposição falsa, e a segunda é uma proposição verdadeira.
2a Questão (Ref.: 201505746562)	Pontos: 0,1 / 0,1
Os exames bioquímicos são métodos objetivos utilizados na avaliação do estado nutricional, sendo que:
a pré-albumina atua no transporte da tiroxina e não é influenciada pela doença hepática.
a albumina é uma proteína que pode estar associada à desnutrição e é avaliada para essa finalidade por apresentar meia-vida curta.
o índice creatinina-altura menor que 60% está associado a depleção grave de massa muscular e risco aumentado para sepse e morte.
a proteína ligadora de retinol tem boa sensibilidade à restrição calórica e proteica, pois apresenta meia-vida de apenas 10 horas e pode ser influenciada pela doença renal.
a transferrina é uma proteína sérica considerada menos sensível do que a albumina na detecção de desnutrição aguda.
3a Questão (Ref.: 201506153216)	Pontos: 0,1 / 0,1
Em um paciente desnutrido devemos:
Utilizar exclusivamente a NPT para recuperar estado nutricional do paciente.
Iniciar a terapia nutricional enteral ofertando 1/3 a 1/5 do valor calórico total e aumento gradativamente a oferta de nutrientes Iniciar uma terapia nutricional agressiva o mais precoce possível
Iniciar a terapia nutricional enteral sempre associada a NPT Dar preferência às fórmulas lácteas para nutrir o enterócito
4a Questão (Ref.: 201506255690)	Pontos: 0,1 / 0,1
Na desnutrição energético-protéica grave podem ocorrer alterações hormonais importantes, dentre as quais a redução da produção de insulina, que leva aos seguintes efeitos metabólicos:
redução da síntese de proteína muscular, redução da lipogênese e prejuízo no crescimento;
aumento da produção de hormônio do crescimento, redução da lipogênese e redução da oxidação da glicose; redução da lipólise, redução do volume sanguíneo e prejuízo no crescimento;
aumento da síntese de proteína visceral, redução da oxidação da glicose, redução do volume sanguíneo.
aumento da síntese de proteína visceral, aumento da produção de hormônio do crescimento, redução da síntese de colágeno;
5a Questão (Ref.: 201505601511)	Pontos: 0,1 / 0,1
Com relação aos métodos de diagnóstico da obesidade estão corretos os itens:
A - A relação circunferência abdominal-quadril (RCQ) é a medida mais comumente usada para obesidade central. Pode ser utilizada como um dos critérios para caracterizar a síndrome metabólica, com um valor de corte de 0,90-1,0 para homens e 0,8-0,85 para mulheres.
B - A medida da circunferência abdominal reflete o conteúdo de gordura visceral.
C - A tomografia computadorizada é o método de imagem considerado mais preciso para quantificar o tecido adiposo intra-abdominal.
D - A ressonância magnética por ser um método não invasivo e que não expõe o paciente à radiação, pode ser utilizado para diagnóstico e acompanhamento da gordura visceral em indivíduos com alto risco e que estejam em tratamento para a perda de peso. Seu alto custo, no entanto, não permite a possibilidade seu uso na rotina.
A, B e C.
A,B,C e D.
A, C e D.
A e B.
	A e D.
	
	
	
	a
	Pontos: 0,1 / 0,1
	1 Questão (Ref.: 201505601457)
	
As doenças inflamatórias intestinais são caracterizadas por inflamação intestinal de caráter crônico e recidivante. Com relação a fisiopatologia das doenças inflamatórias intestinais é correto afirmar:
A Doença de Crohn atinge principalemente o tecido mucoso do colón e do reto.
A doença de Crohn afeta qualquer porção do trato gastrointestinal, sendo menos comum no íleo terminal e colon.
Na Doença de Crohn ocorre ulceração da superfície da mucosa do intestino grosso com passagens de pus e sangue para as fezes.
Na Doença de Crohn o processo inflamatório que pode comprometer várias camadas da parede intestinal. A Retocolite Ulcerativa pode acometer todo o trato gastrintestinal da cavidade oral até o reto.
2a Questão (Ref.: 201506140878) Pontos: 0,1 / 0,1 Na Doença de Crohn, a dieta prescrita para o paciente deve ser:
Normocalórica e normoprotéica
Normocalórica e hipopretéica
Hipercalórica e hipolipídica
Hipocalórica e hiperprotéica
Hipercalórica e hiperlipídica
3a Questão (Ref.: 201505598205)	Pontos: 0,0 / 0,1
Adilson tem 69 anos e procurou o ambulatório de Nutrição com queixa de constipação crônica. Relata não realizar exercícios e ter usado agentes laxativos por longo tempo. Dentre as orientações para a constipação estão:
Alimentação rica em fibras solúveis, uso de laxativos e ingesta hídrica aumentada;
Atendimento imediato à necessidade de evacuar, falta de exercícios e consumo elevado de fibras; Dieta rica em fibras insolúveis, uso de laxativos e ingesta hídrica aumentada;
Presença de alimentação com fibras alimentares, atendimento imediato à necessidade de evacuar, aumento da ingestão hídrica e prática de atividade física;
Presença de alimentação com fibras alimentares, atendimento imediato à necessidade de evacuar, aumento da ingestão hídrica e uso de laxativos;
4a Questão (Ref.: 201505603895)	Pontos: 0,0 / 0,1
Paciente, sexo feminino, 49 anos procurou o ambulatório da Faculdade Estácio de Sá com quadro de gastrite crônica há aproximadamente 1 ano e artrite reumatóide há 5 anos. Utilizando anti-inflamatório continuamente e omeprazol para tratamento da gastrite. Em relação ao tratamento nutricional dessa paciente, assinale as alternativas corretas:
Recuperar a mucosa com glutamina além de oferecer alimentos reparadores como alecrim e couve;
Avaliar se a paciente apresenta dor e desconforto quando no estado alimentada ou em jejum, para avaliar a necessidade de correção da acidez do estômago;
Oferecer nutrientes reparadores da mucosa com concentrações de açúcares para garantir energia ao paciente;
Reduzir a oferta de alimentos gordurosos como óleos de canola, peixe e linhaça que podem piorar os sintomas de gastrite; Oferecer alimentos que contenham enzimas digestivas que possam melhorar o processo digestivo, como mamão;
5a Questão (Ref.: 201505599780)	Pontos: 0,1 / 0,1
As cirurgias gástricas têm indicação específica, pois muitas vezes favorecem complicações pós-operatórias que implicam no estado clínico e nutricional dos pacientes. Pode-se afirmar:
A síndrome do esvaziamento rápido, também denominada de síndrome de dumping apresenta-se sempre de forma precoce ¿ relacionada com a diarreia explosiva;
A síndrome de dumping precoce é mais comum após gastrectomia parcial com reconstrução a BI, do que a BII; O tratamento alimentar da síndrome de dumping precoce inclui dieta rica em carboidratos simples;
A indicação cirúrgica mais restrita é um dos fatores que vem reduzindo a incidência das síndromes pós cirurgias gástricas nos últimos anos;
Todas as afirmativas anteriores estão corretas;

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.