A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
36 pág.
Aula 5 CONTRASTES  Modo de Compatibilidade

Pré-visualização | Página 1 de 1

MEIOS DE CONTRASTE EM 
RESSONÂNCIA MAGNÉTICA
1. MEIOS DE CONTRASTE
• São substâncias utilizadas para aumentar o
contraste entre as patologias e os tecidos
normais. Há meios de contrastes em RM que
afetam seletivamente os tempos de relaxamento
T1 e/ou T2.
• Já foi demonstrado que os meios de contraste são
úteis na detecção e caracterização de tumores,
infecções, infartos, inflamações e lesões pós
traumáticas.
GADOLÍNEO
• É uma substância paramagnética utilizada como meio de
contraste em RM.
• O gadolineo é ligado a carreadores ou quelantes
químicos como o DOTA (ácido oxaltetra-acético) ou
DTPA (ácido dietil-enetriamino-penta-acético).
• A atuação é idêntica ao meio de contraste utilizado na
radiologia convencional e na TC, concentrando-se nos
tecidos vascularizados e sendo eliminado via renal.
INDICAÇÕES GERAIS
• Tumores, metástases, processos inflamatórios e
outros.
GADOLÍNEO
 As vantagens do Gd-DTPA são:
menor toxidade e menos efeitos colaterais que o contraste
iodado.
o contraste permanece no corpo da pessoa cerca de 60
min. O que oferece um bom tempo para a realização do
exame (Exame de RM dura em torno de 40 a 50 min)
 Contra indicação: Insifuciência renal.
 Uma vez que o contraste é eliminado pela urina.
 OBS: Se o paciente for renal poderá causar Fibrose 
Nefrogênica Sistêmica.
FSN.
• Fibrose sistêmica nefrogênica (FSN), também
conhecida como Dermopatia Fibrosante
Nefrogênica(DFN), é uma condição que ocorre apenas
em pacientes com disfunção renal.
• Além das lesões cutâneas, esta síndrome inclui 
fibrose de músculo esquelético, articulações, fígado, 
pulmão e coração e pode ser fatal.
• Via de Administração
- Intra venosa, dose padrão é de 0,2 ml por peso 
corporal
• Via de Eliminação
- Via Renal
• Efeitos Colaterais
- náuseas em 4%
- vômitos 2%
- hipotensão, distúrbios gastrintestinais menos de 
1%
• Contra Indicação
- Gravidez, Lactação e pctes alergicos ao Gd
8
*2 casos de morte 
em 500.000 injeções
EFEITOS COLATERAIS COMPARADOS:
SINTOMAS MCR NI MC RM
Náuseas, vômitos 1,40% 0,42%
Calor e dor local da injeção 0,97% 0,41%
Reações alérgicas da pele 0,92% 0,104%
RA de membranas mucosas 0,41% 0,052%
Rubor facial 0,16% 0,059%
TIPOS DE CONTRASTE GD.
11
CO2
- O2C
- O2C
CO2
N N N
Gd
Gd - DTPA
- O2C
- O2C CO2 -
CO2 -
N N
N N
Gd
Gd - DOTA
TIPOS DE CONTRASTE GD.
Imagens com Gadolínio
Imagens com Gadolínio
17
Sem Gd Com Gd
ANGIOS COM Gd
Ilíacas Renais
19
ANGIOS COM Gd
Femurais Subclávia
20
Angios com Gd
Carótida Renais
3. ÁGUA
• A água é endógena, logo não há via de
administração, eliminação, contra-indicações e
efeitos colaterais. Utilizamos o sinal do próton
da água retida em ductos e vesículas.
Exs.: Colangio RM e Uro RM.
IMAGENS USANDO A ÁGUA COMO 
CONTRASTE.
4. SANGUE
• O sangue é endógeno, logo também não há via de
administração, eliminação, contra-indicações e efeitos
colaterais. O princípio é baseado nas diferente
concentrações de oxigênio nas regiões encefálicas
ativadas, esta é a base da Ressonância Funcional.
“TIME-OF-FLIGHT” (TOF)
Técnica de aquisição de imagens através da excitação de
prótons em movimento, presentes nos fluxos sanguíneos,
permitindo a formação apenas dos vasos da área
estudada.
• Nas áreas ativadas há uma aumento do fluxo de
sangue, logo há um aumento no consumo de
oxigênio, este aumento não é proporcional à oferta,
fazendo com que haja um sobra de oxigênio, isto é,
sobra de oxi-hemoglobina gerando assim um maior
sinal de RM.
RESSONÂNCIA FUNCIONAL - FMRI
“TIME-OF-FLIGHT” (TOF)
5. FERRO (FERRIDEX)
• Meio de contrate a base de óxido ferroso
associado à dextrose, nos dias de hoje é
pouquíssimo usado devido seus efeitos
colaterais e contra-indicações e principalmente
devido a sua limitação do uso; usa-se
normalmente quando a área de estudo e a
região gastrintestinal.
• Via de Administração
- Intra venosa, dose recomendada é de 0,05 ml por 
peso
• Via de Eliminação
- Via Renal
• Efeitos Colaterais
- Dores leves à intensas na costas, pernas, pescoço e 
alguns casos na cabeça, diarréia, vômito e náuseas
• Contra Indicação
- Pacientes com história de hipersensibilidade e 
alergia ao ferro
71 pacientes que realizaram o exame de CPRM.
Os pacientes eram examinados antes e após
ingerirem 180 ml do meio de contraste oral
negativo (suco de abacaxi + 1 ml GD-DTPA).
USO DO CONTRASTE 
ORAL NEGATIVO EM 
EXAMES DE 
COLANGIOGRAFIA 
POR RESSONÂNCIA 
MAGNÉTICA
GEL DE USG
Outros contrastes
ESTUDO DA PRÓSTATA 
PERFLUOROCARBONO
Exames de imagem podem substituir a 
biópsia hepática.
• A elastografia por Rm para analisar a rigidez do
fígado é uma abordagem ainda mais recente, nos
estudos de doença hepática gordurosa, e fibrose
hepática.
• Utiliza-se um meio de contraste
hepatoespecífico, e utilizasse recursos ou
sequencias especificas para ponderar as áreas
patológicas voltadas ao fígado.
PRIMOVIST- FASE HEPATOBILIAR.