Buscar

MODULO 4 estagio probatorio

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 13 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 13 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 9, do total de 13 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

2 
 
SUMÁRIO 
APRESENTAÇÃO _______________________________________________________________________ 3 
OBJETIVO _____________________________________________________________________________ 3 
4.1. Estágio Probatório _________________________________________________________________ 4 
4.1.1. OBJETIVOS DO ESTÁGIO PROBATÓRIO ________________________________ 5 
4.1.2. FATORES AVALIADOS ________________________________________________ 5 
4.1.3. EFEITOS DA APROVAÇÃO E DA REPROVAÇÃO __________________________ 6 
4.1.4. SE VOCÊ FOR:_______________________________________________________ 6 
4.1.5. SE VOCÊ FOR:_______________________________________________________ 7 
4.1.6. ESTABILIDADE ______________________________________________________ 7 
4.1.7. RESTRIÇÕES ENQUANTO VOCÊ ESTIVER EM ESTÁGIO PROBATÓRIO ______ 8 
4.1.8. CONSIDERAÇÕES GERAIS ____________________________________________ 8 
4.2. ESTÁGIO PROBATÓRIO NA UFPA ____________________________________________________ 9 
4.2.2. AVALIAÇÃO POR CICLOS? ___________________________________________ 10 
4.2.3. PROCEDIMENTOS E OBSERVAÇÕES À CHEFIA IMEDIATA _______________ 11 
4.2.4. PROCEDIMENTOS E OBSERVAÇÕES AO DIRIGENTE MÁXIMO DA UNIDADE11 
4.2.5. SOBRE O RESULTADO FINAL ________________________________________ 12 
4.2.6. SOBRE OS RECURSOS ______________________________________________ 13 
POR FIM, ____________________________________________________________________________ 13 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
3 
APRESENTAÇÃO 
 
Servidor ingressante, primeiramente, parabéns pela conquista! Você acaba de 
entrar em uma das maiores Instituições Federais de Ensino do país. E como membro 
recém-chegado na UFPA, é importante compreender as condições iniciais de sua 
relação com esta universidade. 
Ao longo de seus primeiros anos de trabalho, você estará passando por um período de 
aferição de aptidões dentro do interesse do Serviço Público Federal. Ou seja, você 
estará em Estágio Probatório, processo que objetiva medir se o servidor público 
possui capacidade para o desempenho do cargo de provimento efetivo no qual 
ingressou por força de concurso público. 
OBJETIVO 
 
Apresentar ao servidor ingressante na UFPA as orientações a respeito do 
período de Estágio Probatório pelo qual irá passar, abordando seus objetivos, previsão 
legal, fatores avaliados e condições ligadas ao processo avaliativo ao longo dos seus 
primeiros anos de serviço público. 
 
 
 
 
4 
4.1. Estágio Probatório 
 
 
 
 
 
 
 
O Estágio Probatório é uma exigência da Lei 8.112, de 11 de dezembro de 1990 
(Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União, das autarquias e das 
fundações públicas federais), em seu art. 20, com a nova redação dada pela lei nº 
9.527, de 10/12/1997, e tem seu prazo estabelecido pela Emenda Constitucional nº 
19, de 04/06/1998, que deu nova redação ao artigo 41 da Constituição Federal, 
conforme recomenda o Parecer AGU-AC nº 17, aprovado pela Presidência da República 
e publicado no Diário Oficial da União, de 16 de julho de 2004. 
De acordo com a Lei 8.112/90, Art. 20°: 
“Ao entrar em exercício, o servidor nomeado para cargo de provimento 
efetivo ficará sujeito a estágio probatório por período de 24 (vinte e 
quatro) meses, durante o qual a sua aptidão e capacidade serão objeto de 
avaliação para o desempenho do cargo, observados os seguintes fatores: 
I - assiduidade; II - disciplina; III - capacidade de iniciativa; IV - 
produtividade; V- responsabilidade.” 
 
 
 
 
 
Sim, a lei diz que você 
precisa passar por isso. 
Estágio 
probatório
? 
Eu preciso passar 
por isso?? 
O que é 
isso? 
Conforme apontado, por força da Emenda 
Constitucional N° 19 de 1998 o período foi modificado para 3 
anos. Para todos os efeitos, portanto, por sabermos que a 
Constituição Federal está acima das demais leis (inclusive 
acima da Lei 8.112/90), considere o Período de Estágio 
Probatório como os 3 (três) anos iniciais do exercício do 
servidor, no cargo efetivo para o qual foi nomeado. 
 
 
 
5 
Resumindo: Estágio Probatório é o período de 3 anos (36 meses), contados a 
partir da sua data de entrada em exercício como servidor público nomeado para cargo 
de provimento efetivo, durante o qual seu desempenho será objeto de avaliação. O 
estágio nada mais é do que uma avaliação especial de desempenho. 
Previsão Legal do E.P 
- Constituição Federal de 1988, Art. 41; 
- Lei 8.112/1990, Arts. 20, 21 e 22; 
- Normatizado internamente pela UFPA por meio da Resolução 1.439 de 2016 do 
Conselho Superior de Administração (CONSAD). 
 
4.1.1. OBJETIVOS DO ESTÁGIO PROBATÓRIO 
 
 
 
 
 
 
 
No âmbito da UFPA, a avaliação de desempenho no estágio probatório, 
regulamentada pela Resolução nº. 1.439/2016, tem também como finalidade: 
 Permitir o acompanhamento contínuo do servidor, visando sua adaptação e 
aprimoramento de seu trabalho; 
 Orientar a promoção de ações para o desenvolvimento pessoal e profissional 
do servidor como forma de viabilizar os objetivos institucionais; 
 Promover o desenvolvimento do potencial do servidor, considerando a 
formação, a experiência profissional e aptidões demonstradas. 
 
4.1.2. FATORES AVALIADOS 
A própria lei determina quais os fatores que deverão ser observados para que 
você possa passar com glória pelo período avaliativo e alcançar o que chamamos de 
Estabilidade. Explicaremos isso mais adiante. Por enquanto, você precisa entender o 
que será avaliado em relação ao seu desempenho: 
 
Entenda: avaliar o desempenho inicial do servidor público é um cuidado pertinente. É 
importante que a Administração Pública possa contar sempre com pessoas produtivas 
e dispostas a prestar serviços cada vez melhores aos usuários. O ingressante precisa, 
portanto, possuir requisitos mínimos para a sua permanência no cargo o qual foi 
nomeado. 
 
 
6 
FATORES DESCRIÇÃO 
I - Assiduidade 
Demons Demonstrar presença no ambiente de trabalho. Permanecer de prontidão ao serviço é 
muito importante, evitando faltas, atrasos e longas ausências injustificadas. Lembre-
se: seu trabalho é o que move a instituição. 
II - Disciplina 
Demonstr Demonstrar compromisso com normas e princípios internos, seguir instruções e 
orientações recebidas e procurar cumprir com metas e resultados esperados no 
desempenho de suas atividades. Um bom servidor respeita as determinações da 
instituição. 
III – Capacidade de Iniciativa 
Demonstrar compromisso em identificar as causas de problemas e propor soluções 
criativas. Reagir proativamente a situações do dia a dia é o que alimenta mudanças 
benéficas no serviço público. 
IV - Produtividade 
Demonstrar comprometimento com prazos, e qualidade nos resultados de suas 
atividades, procurando superar aspectos como complexidade da tarefa e condições 
desfavoráveis de trabalho. Quanto mais se produz, melhor o resultado ofertado à 
sociedade. 
 
4.1.3. EFEITOS DA APROVAÇÃO E DA REPROVAÇÃO 
Quando você estiver próximo do final do período avaliativo, seus resultados 
serão encaminhados para deliberação. De acordo com o Art. 20 da lei mencionada: 
“§ 1° 4 (quatro) meses antes de findo o período do estágio probatório, será 
submetida à homologação da autoridade competente a avaliação do 
desempenho do servidor, realizada por comissão constituída para essa 
finalidade, de acordo com o que dispuser a lei ou o regulamento da respectiva 
carreira ou cargo, sem prejuízo da continuidade de apuração dos fatores 
enumerados nos incisos I a V do caput deste artigo.” 
4.1.4. SE VOCÊ FOR: 
 
 
 
 
 
 
 
 
Parabéns! Você alcançará ESTABILIDADEna 
instituição, o que lhe acrescentará novos direitos. 
 
 
7 
4.1.5. SE VOCÊ FOR: 
 
 
 
 
 
4.1.6. ESTABILIDADE 
Alcançar a chamada ESTABILIDADE significa solidificar seu vínculo com a 
instituição. De acordo com a Constituição Federal: 
“§ 1º O servidor público estável só perderá o cargo: 
I - em virtude de sentença judicial transitada em julgado; 
II - mediante processo administrativo em que lhe seja assegurada ampla defesa; 
III - mediante procedimento de avaliação periódica de desempenho, na forma de 
lei complementar, assegurada ampla defesa.” 
 
 Veja, para alcance da Estabilidade há um critério de tempo: 
 
“Art. 41. São estáveis após três anos de efetivo exercício os servidores nomeados 
para cargo de provimento efetivo em virtude de concurso público.” 
 
 
 E também há um critério de qualidade: 
 
“§ 4º Como condição para a aquisição da estabilidade, é obrigatória a avaliação 
especial de desempenho por comissão instituída para essa finalidade.” 
 
Portanto, estabilidade é a garantia constitucional de permanência do servidor 
efetivo no serviço público, impedindo-o de ser exonerado ad nutum, ou demitido 
sumariamente. 
Se ainda não for estável na instituição, 
você será EXONERADO. Ou seja, é desligado 
imediatamente do cargo alcançado por meio do 
concurso (§ 2). 
Se você já for estável na instituição, mas estiver 
em Estágio Probatório em um novo cargo, você 
será RECONDUZIDO ao cargo que ocupava 
anteriormente (§ 2). 
 
 
8 
4.1.7. RESTRIÇÕES ENQUANTO VOCÊ ESTIVER EM ESTÁGIO PROBATÓRIO 
A Lei 8112/90 também trata que o servidor que está em Estágio Probatório (ou 
seja, que não alcançou a estabilidade ainda) só tem direito às seguintes licenças e 
afastamentos (parágrafo 4°, Art. 20): 
 
 Licença por motivo de doença em pessoa da família; 
 Licença por motivo de afastamento do cônjuge ou companheiro; 
 Licença para o serviço militar; 
 Licença para atividade política; 
 Afastamento para Exercício de Mandato Eletivo; 
 Afastamento para Estudo ou Missão no Exterior; 
 Afastamento para Participação em Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu no 
País (art. 96). 
 
A mesma lei ainda complementa, apontando quais licenças e afastamentos 
suspendem o Estágio Probatório pelo período em que estiverem em curso (parágrafo 
5°, Art. 20). 
 
 Licença por Motivo de Doença em Pessoa da Família; 
 Licença por Motivo de Afastamento do Cônjuge, por prazo indeterminado, sem 
remuneração; 
 Licença para Atividade Política; 
 Afastamento para Participação em Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu no 
País; 
 Participação em curso de formação. 
 
 
4.1.8. CONSIDERAÇÕES GERAIS 
O servidor em Estágio Probatório poderá exercer quaisquer cargos de 
provimento em comissão ou funções de direção, chefia ou assessoramento no órgão 
ou entidade de lotação. 
 
 
 
9 
 
 
CASOS DE CESSÃO A OUTROS ÓRGÃOS: possível somente para ocupar cargos 
de Natureza Especial, cargos de provimento em comissão do Grupo-Direção e 
Assessoramento Superiores - DAS, de níveis 6, 5 e 4, ou equivalentes. 
 
4.2. ESTÁGIO PROBATÓRIO NA UFPA 
Você já compreendeu as linhas gerais do Estágio Probatório, normatizadas pela 
Constituição Federal e pela Lei 8.112/90. Cabe agora tratarmos de aspectos 
específicos, relacionados às metodologias de avaliação da Universidade Federal do 
Pará. 
Atualmente, o Estágio Probatório é tratado internamente por meio da 
Resolução N° 1.439/2016, emitida pelo Conselho Superior de Administração da UFPA. 
Ela se aplica aos servidores ingressantes na instituição a partir de 1 de janeiro de 
2016. Vamos entender as linhas gerais do processo? Sigamos. 
 
4.2.1. QUEM PARTICIPA DA AVALIAÇÃO? 
De acordo com o “Tutorial de Avaliação de Desempenho no Estágio Probatório” – 
que você pode encontrar no seu material de apoio a este curso – estarão envolvidos 
no processo de estágio: 
I. Pró-reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoal - PROGEP 
II. Dirigente máximo da unidade de lotação do servidor 
III. Comissão de avaliação 
IV. Chefia Imediata 
V. Servidor em estágio probatório 
 
 
 
 
10 
1º 
ciclo 
2º 
ciclo 
3º 
ciclo 
4.2.2. AVALIAÇÃO POR CICLOS? 
 
 
 
 
 
A avaliação de Estágio Probatório na UFPA é realizada em 3 (três) ciclos, um a 
cada 10 meses de efetivo exercício do servidor. 
Os dois primeiros ciclos de avaliação serão realizados pela sua chefia imediata. 
O terceiro ciclo de avaliação será realizado por uma Comissão instituída pela sua 
Unidade de lotação. 
Será formalizado um processo para todos os servidores ingressantes, contendo 
as orientações gerais em relação ao período de estágio probatório. Neste processo, 
deverão ser anexados: 
I. Cópia do plano de trabalho do servidor avaliado; 
II. Portaria de designação dos membros da Comissão de Avaliação do 3º Ciclo. 
III. Formulários de avaliação dos 3 (três) ciclos e seus respectivos documentos de 
validação e homologação. 
 
A critério da chefia imediata e/ou da comissão de avaliação, outros documentos 
referentes à vida funcional do servidor (registros da chefia, certificados de eventos de 
aprendizagem, portarias de reconhecimento etc.) poderão ser anexados ao processo. 
Dentro deste processo, é importante compreender seu papel como avaliado: 
I. O servidor está em estágio probatório a partir do primeiro dia de efetivo 
exercício na instituição e deverá ser orientado por sua chefia imediata quanto ao 
trabalho que desenvolverá, metas e objetivos da instituição, da unidade e 
subunidade em que atuará; 
II. Elaborar, em conjunto com a chefia imediata, seu plano de trabalho. 
Instrumento que norteará o desenvolvimento de seu trabalho individual na 
instituição, e possibilitará ser acompanhado pela chefia imediata; 
 
 
11 
III. Tomar ciência do resultado da avaliação de cada ciclo e do resultado final do 
estágio probatório, assinando os formulários de avaliação. 
 
4.2.3. PROCEDIMENTOS E OBSERVAÇÕES À CHEFIA IMEDIATA 
É papel da sua Chefia Imediata: 
I. Orientá-lo quanto ao estágio probatório, funções que deverá exercer de acordo 
com o cargo que ocupará e as necessidades da instituição, da unidade e 
subunidade. Nesse momento, ele deverá entregar ficha de orientação inicial e 
demais instrumentos que julgue necessário ao desenvolvimento de suas 
funções; 
II. Elaborar/preencher, em conjunto com o servidor, o formulário do plano de 
trabalho, na primeira semana de efetivo exercício na instituição; 
III. Realizar atualizações no Plano de Trabalho, a fim de que este corresponda às 
necessidades da Unidade ao qual o servidor está vinculado, respeitando-se as 
atribuições do seu cargo e para efeito de registro das atividades laborais do 
servidor; 
IV. Realizar os dois primeiros ciclos de avaliação de estágio probatório do servidor. 
V. Integrar a comissão que realizará o 3º ciclo de avaliação de estágio probatório 
do servidor. 
VI. Disponibilizar à Comissão de Avaliação todo e qualquer instrumento e/ou 
informação (registro de ponto, plano de trabalho, rotinas de serviço e demais 
registros de trabalho), que considere importante para o processo de avaliação. 
 
 
4.2.4. PROCEDIMENTOS E OBSERVAÇÕES AO DIRIGENTE MÁXIMO DA UNIDADE 
É de competência do Dirigente Máximo da sua Unidade: 
I. Convocar a chefia imediata do servidor para a realização dos dois primeiros 
ciclos de avaliação de estágio probatório; 
II. Designar os servidores que constituirão a Comissão do 3º Ciclo de Avaliação de 
Estágio Probatório, respeitado o disposto no Artigo 27 da Resolução n° 
1.439/2016-CONSAD, emitindoPortaria de criação da citada Comissão. A 
convocação dos membros deverá ser feita em documento oficial até o último dia 
útil do trigésimo mês de estágio probatório e deverá conter: a data, o local e o 
 
 
12 
horário estipulados previamente para a realização da avaliação, os quais 
poderão ser ajustados, sob critérios estabelecidos pelo dirigente máximo; 
III. Comunicar ao servidor em estágio probatório a data e horário estipulados para 
a realização do 3º Ciclo de Avaliação de Estágio Probatório, sendo vedada a sua 
participação no ato; 
IV. Dar ampla publicidade, em local de fácil visualização, acerca de data, horário e 
local de realização do 3º Ciclo de Avaliação de Estágio Probatório do servidor 
contendo seu nome completo, cargo, lotação e nome dos membros da 
Comissão Avaliadora. 
V. Submeter à apreciação dos órgãos colegiados (quando existentes na Unidade) o 
resultado dos dois primeiros ciclos de avaliação para validação. Nas Unidades 
que não possuírem órgãos colegiados, o próprio dirigente é responsável pela 
validação. 
VI. Validar o 3º Ciclo de Avaliação e Homologar o Resultado Final do Estágio 
Probatório do Servidor. 
VII. Encaminhar à PROGEP o resultado da avaliação do estágio probatório do 
servidor a cada ciclo realizado. 
 
4.2.5. SOBRE O RESULTADO FINAL 
O resultado final do estágio probatório será a média das notas obtidas nos 3 
(três) ciclos de avaliação. Será considerado aprovado no estágio probatório o 
servidor que obtiver na avaliação de desempenho no estágio probatório, resultado 
final igual ou superior a 70% (pontuação 7,0), conforme estabelecido no Art. 31 da 
Resolução Nº 1.439/2016 do CONSAD. 
A nota de cada ciclo é calculada pela média aritmética das notas atribuídas a 
cada um dos cinco fatores avaliados (Assiduidade, Disciplina, Capacidade de Iniciativa, 
Produtividade, Responsabilidade). 
Como já vimos anteriormente nas definições legais gerais do Estágio Probatório: 
a) Em caso de aprovação: ocorre a efetivação do servidor no cargo. 
b) Em caso de reprovação: ocorre a exoneração do cargo, no caso de servidor 
não estável, ou: a recondução ao cargo anteriormente ocupado, no caso de 
servidor estável em outro cargo no serviço público federal. 
 
 
 
13 
4.2.6. SOBRE OS RECURSOS 
Se você discordar do resultado de um dos ciclos de avaliação poderá pleitear 
recurso garantido por lei. Ele deve ser devidamente fundamentado e interposto pelo 
Avaliado por meio de requerimento, conforme estabelecido no Art. 41 da Resolução Nº 
1.439/2016 do CONSAD. 
O PRAZO PARA INTERPOR: 30 (trinta) dias, a contar da ciência pelo servidor do 
resultado de sua avaliação e será contado em dias corridos, excluindo-se o dia do 
começo e incluindo-se o do vencimento, ficando prorrogado, para o primeiro dia útil 
seguinte, o prazo vencido em dia em que não haja expediente. 
 O PRAZO DE ANÁLISE E JULGAMENTO: 30 (trinta) dias após a data de 
protocolização do pedido. 
 
POR FIM, 
Mãos à obra! Temos muito trabalho pela frente. A UFPA precisa do seu 
comprometimento para oferecer melhores serviços, buscando sempre a excelência. 
Servidores que perseguem o melhor em prol da instituição praticamente não precisam 
se preocupar com o risco de reprovação no Estágio Probatório. 
 
 
A dica maior é essa: comprometa-se. Esteja sempre 
atento às orientações da administração e de sua chefia 
imediata. Se tiver dúvidas sobre qualquer procedimento, 
entre em contato a Pró-Reitoria de Desenvolvimento e 
Gestão de Pessoal. Desejamos um grande aprendizado 
e muito sucesso no seu trabalho! 
	APRESENTAÇÃO
	OBJETIVO
	4.1. Estágio Probatório
	4.1.1. OBJETIVOS DO ESTÁGIO PROBATÓRIO
	4.1.2. FATORES AVALIADOS
	4.1.3. EFEITOS DA APROVAÇÃO E DA REPROVAÇÃO
	4.1.4. SE VOCÊ FOR:
	4.1.5. SE VOCÊ FOR:
	4.1.6. ESTABILIDADE
	4.1.7. RESTRIÇÕES ENQUANTO VOCÊ ESTIVER EM ESTÁGIO PROBATÓRIO
	4.1.8. CONSIDERAÇÕES GERAIS
	4.2. ESTÁGIO PROBATÓRIO NA UFPA
	4.2.2. AVALIAÇÃO POR CICLOS?
	4.2.3. PROCEDIMENTOS E OBSERVAÇÕES À CHEFIA IMEDIATA
	4.2.4. PROCEDIMENTOS E OBSERVAÇÕES AO DIRIGENTE MÁXIMO DA UNIDADE
	4.2.5. SOBRE O RESULTADO FINAL
	4.2.6. SOBRE OS RECURSOS
	POR FIM,