Casos Clinicos   Patologia
2 pág.

Casos Clinicos Patologia


DisciplinaPatologia Básica2.455 materiais27.921 seguidores
Pré-visualização1 página
1 - Em organismos multicelulares, a homeostasia é mantida por um equilíbrio entre proliferação e morte celular. Duas formas comuns de morte celular, apoptose e necrose, têm sido descritas. A apoptose, que é muitas vezes sinônimo de morte celular programada, é uma forma fisiológica de morte celular que é responsável pela eliminação de células. A apoptose é morfologicamente e bioquimicamente caracterizada pelo encolhimento celular, condensação da cromatina densa, fragmentação celular, formação de corpos apoptóticos, rápida fagocitose pelas células vizinhas, e fragmentação de DNA em unidades de aproximadamente 200 pares de bases. A apoptose pode ser desencadeada por uma grande variedade de estímulos como citocinas, hormônios, drogas e vírus, e sua transdução de sinal muito bem regulado por genes, como Bcl-2. Caspases efetoras são ativadas, finalmente, resultando em morte celular por apoptose. Na pele, há evidências consideráveis de que a apoptose desempenha um papel importante na patogênese de uma variedade de doenças de pele. Nos tumores de pele vários mecanismos, estão envolvidos na proliferação ou regressão dos tumores , ou a fuga do ataque imune por células T. Além disso, a apoptose é também responsável pela homeostasia da pele, tais como a diferenciação dos queratinócitos, formação da camada córnea e o ciclo natural do cabelo.
 Teraki Y, Shiohara T.: Apoptosis and the skin. Eur J Dermatol. 1999 Jul-Aug;9(5):413-25. 
Durante a embriogênese, estruturas como as fendas branquiais e mesmo a abertura da fenda palpebral são formadas. 
a) Qual a importância da apoptose neste processo? 
b)Quais as alterações morfológicas observadas na apoptose? 
c) Quais as situações fisiológicas e patológicas que podem estar envolvidas com apoptose? 
2. A isquemia prolongada e progressiva leva ao infarto. A área necrosada apresenta coloração pálida, mas mantém sua morfologia por algum tempo até que ocorra a cicatrização desta lesão. Que tipo de necrose ocorre em órgãos compactos que sofrem isquemia?
Assinale a alternativa correta: 
a) Coagulativa
b) Gordurosa
c) Caseosa
d) Liquefativa
e) Gangrenosa
3 - A morte celular em tecidos normais, como uma forma de regulação da população celular que é intrínseca à célula e não depende de alterações do seu meio. Esta autodestruição ativa de células ou, de grupos de células é uma forma de morte denominada de:
Assinale a assertiva correta: 
Atrofia
Apoptose
Neoplasia
Degeneração
Necrose celular
	
4 - Paciente do sexo feminino, 64 anos, deu entrada na emergência de um hospital com queixa de dores no peito. Durante anamnese o paciente relatou sedentarismo, tabagismo, hipercolesterolemia e hipertensão arterial sistêmica. Mediante a realização de exames foram detectados níveis séricos elevados de creatinoquinase (CK), troponina C e obstrução parcial de uma artéria coronária por presença de placa de ateroma. De acordo com os exames e com a sintomatologia o paciente sofreu um infarto agudo do miocárdio. De acordo com o caso clínico, por que os níveis séricos dessas enzimas estavam aumentados? 
Assinale a alternativa que melhor responde a questão apresentada: (0,5)
Devido à picnose nuclear decorrente da morte de células miocárdicas.
Devido à tumefação mitocondrial decorrente da morte de células miocárdicas.
Devido ao extravasamento celular dessas enzimas decorrente da morte de células miocárdicas.
Devido à fagocitose pelos macrófagos decorrente da morte de células miocárdicas.
Devido ao aumento na produção dessas enzimas decorrente da morte de células miocárdicas.
5. Paciente idoso do sexo masculino chega ao hospital com fortes dores no peito e braço esquerdo, sudorese excessiva, falta de ar, confusão mental e agitação. Recebe atendimento, mas vai a óbito em menos de 2h.  Na autópsia, a análise microscópica observada corresponde à foto abaixo.  Descreva os principais fatores que influenciam o desenvolvimento do infarto.