Livro Pedagogia para concursos
181 pág.

Livro Pedagogia para concursos


DisciplinaPedagogia72.349 materiais554.385 seguidores
Pré-visualização38 páginas
PEDAGOGIA 
para concursos 
 
 
 
Questões de provas anteriores e simulados 
 
Cleber Marques de Oliveira 
Pedagogia para Concursos - 2ª Ed. Cleber Marques de Oliveira 
 
2 
 
FICHA BIBLIOGRÁFICA 
Dados Internacionais de Publicação 
 
Copyright © 2017 
Cleber Marques de Oliveira 
 
 
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS \u2013 É proibida a 
reprodução total ou parcial, de qualquer forma ou por qualquer 
meio, salvo com autorização, por escrito, do editor e do autor. 
 
 
Impresso no Brasil 
Printed in Brazil 
 
 
O43p Oliveira, Cleber Marques de. 1975 \u2013 
 
Pedagogia para Concursos: Questões de provas anteriores 
e simulados. \u2013 Aracaju/SE: Clube de Autores, 2017. 
 
 181 páginas. 
 
ISBN 978-85-5697-131-9 
 
1.Pedagogia. 2. Pedagogia: Problemas, questões e 
exercícios. I.Cleber Marques de Oliveira. II. Título. 
 
CDD 371.3 
 
 
Índice para Catálogo Sistemático: 
1. Pedagogia CDD 371.3 
2. Pedagogia: Problemas, questões e exercícios CDD 371.3 
 
 
 
 
 
Pedagogia para Concursos - 2ª Ed. Cleber Marques de Oliveira 
 
3 
 
APRESENTAÇÃO 
 
Nesta segunda edição, foram disponibilizadas 285 questões entre 
provas realizadas em 2016 e 2017 para os cargos de pedagogo e professor 
da educação básica, nas esferas municipal, estadual e federal e simulados 
elaborados pelo autor. O material foi selecionado de acordo com os 
conteúdos cobrados nos últimos editais de concursos para o magistério da 
educação básica: Pensamento pedagógico Brasileiro: Anísio Teixeira, Paulo 
Freire e Dermeval Saviani. Projeto Político Pedagógico. A didática e o 
processo de ensino e aprendizagem. As bases das diversas teorias de 
aprendizagem: contribuições de Piaget, Vygotsky e Wallon para a psicologia 
e pedagogia. Teoria das inteligências múltiplas de Gardner. Desafios da 
Educação contemporânea: bullying, o papel da escola e da família, 
educação para relação de gênero, educação para questões étnico raciais . 
Planejamento e Gestão Educacional. Avaliação institucional de 
desempenho : IDEB, SAEB, PROVA BRASIL e ENEM. Legislação Educacional: 
Constituição Federal do Brasil; A LDB nº 9.394/1996; Estatuto da Criança e 
do Adolescente; Lei do FUNDEB. Políticas educacionais para a educação 
básica. Educação Inclusiva. Educação e trabalho. Protagonismo juvenil e 
cidadania. Plano Nacional de Educação (PNE). 
O Autor. 
 
 
Pedagogia para Concursos - 2ª Ed. Cleber Marques de Oliveira 
 
4 
 
AUTOR 
 
Cleber Marques de Oliveira 
 
Pós-graduado em Psicopedagogia. 
Licenciado em Pedagogia. 
Licenciado em Filosofia. Professor 
de cursos preparatórios para 
concursos desde 1998. Aprovado e 
nomeado em 7 concursos públicos, 
sendo os mais expressivos: 1º 
colocado para Pedagogo da 
Universidade Federal de Sergipe, 
2º colocado para Pedagogo do 
Instituto Federal de Educação de Alagoas, 3º colocado para Técnico em 
Assuntos Educacionais da Universidade Estadual de Alagoas e 8º colocado 
para Pedagogo do Instituto Federal de Educação do Maranhão. Atualmente 
é pedagogo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de 
Sergipe. Autor do livro Psicopedagogia em Concursos Públicos e do 
software SiPp (Sistema Integrado Psicopedagógico). 
 
Contato: 
 
www.clebermoliveira.blogspot.com.br 
professorclebermarques@hotmail.com 
Pedagogia para Concursos - 2ª Ed. Cleber Marques de Oliveira 
 
5 
 
 
SUMÁRIO 
 
 CAPÍTULO 1 
 A preparação para um concurso público 06 
 CAPÍTULO 2 
 Resolução de questões de provas 09 
 CAPÍTULO 3 
 Simulados 139 
 CAPÍTULO 4 
 Gabarito das questões de provas 180 
 CAPÍTULO 5 
 Gabarito dos Simulados 181 
 
 
 
 
 
 
 
Pedagogia para Concursos - 2ª Ed. Cleber Marques de Oliveira 
 
6 
 
CAPÍTULO 1 
A PREPARAÇÃO PARA UM CONCURSO PÚBLICO 
 
 A preparação para um concurso público exige dos(as) 
candidatos(as) um posicionamento efetivo daquilo que desejam para o 
momento. Isto terá reflexo em suas escolhas diárias. Dizendo de outra 
maneira, os(as) candidatos(as) precisam estar focados(as) na preparação 
para o certame. Desta forma, devem optar entre estudar intensamente e 
fazer outras coisas não tanto essenciais, por um determinado período. 
 Nesses 19 anos como professor de cursos preparatórios, 
ministrando disciplinas pedagógicas, de informática e arquivologia, e 
também como concurseiro exitoso em 7 provas, vivenciei muitas situações 
que me fizeram refletir sobre alguns pontos os quais considero 
fundamentais relacionados aos concursos públicos. 
 Primeiramente, é preciso que tenhamos plena certeza de que 
queremos nos preparar para uma seleção. Se esta vontade não parti de nós 
não conseguiremos sustentar o desejo e o objetivo por muito tempo. 
 Segundo, optando livre e conscientemente por estudar, devemos 
criar condições suficientes para que possamos lograr êxito naquilo que 
propusemos a realizar. Se pudermos, é de grande proveito uma instituição 
preparatória para concursos, pois iremos conviver com pessoas que 
partilham dos mesmos sonhos, objetivos e metas. Os professores 
especialistas na área, na sua grande maioria, foram candidatos vitoriosos e 
tem muito a ensinar, principalmente por meio de dicas do antes, durante e 
depois das provas. 
 Caso não tenhamos condições de frequentar um curso, devemos 
necessariamente criar um plano de estudos com critérios bem definidos. 
Local, dias e horários são imprescindíveis, não podem ficar ao acaso ou 
conveniência. Tranquilidade, boa iluminação e ventilação são itens 
indispensáveis. Quanto aos dias e horários, devem ser diário, de domingo 
a domingo, com pelo menos duas horas de estudos no horário de 
preferência do(a) candidato(a). 
 Depois disso, o estudante deve selecionar todo material de 
estudos, vale aqui não somente livros, mas apostilas, provas anteriores, 
Pedagogia para Concursos - 2ª Ed. Cleber Marques de Oliveira 
 
7 
 
artigos, vídeos, áudios etc. Tudo aquilo que bem escolhido e de qualidade 
sirva para a preparação. Hoje, conseguimos quase tudo na internet, mas 
devemos tomar muito cuidado com as fontes de referência. 
 Lembro-me que como concurseiro, procurava provas de concursos 
anteriores da área de atuação e preferencialmente das bancas exigidas nos 
certames nos sites das bancas examinadoras, como CESPE e de canais de 
preparação, como www.questoesdeconcursos.com.br e 
www.pciconcursos.com.br. Pois ficamos conhecendo um pouco do estilo 
de questões elaboradas e aquilo que mais cobram nas provas. 
 Devemos sempre reservar mais tempo de estudos para aqueles 
conteúdos desconhecidos ou que dominamos menos. Sugiro sempre aos 
alunos uma proporção de 40% para leitura dos conteúdos e 60% para 
resolução de questões. Àquilo que iria errando nas questões ou que 
acertava sem muita convicção, procurava imediatamente aprender e 
voltava a resolver outras questões semelhantes. 
 Após a preparação e já próximo do dia do exame, precisamos 
apenas rever os pontos-chave de cada assunto através da criação de um 
resumo ou mapa mental. Como também até véspera da prova, continuar a 
resolver questões de provas anteriores ou exercícios criados pelos 
professores especialistas. 
 Como nos afirma o grande especialista em concursos, o Juiz Federal 
William Douglas, autor de várias obras sobre o tema e aprovado em 
primeiro colocado em cinco concursos, na véspera da prova, o candidato 
deve procurar se alimentar bem, ter lazer moderado, relaxar e dormir cedo. 
O concurso público faz parte de um processo, que vai amadurecendo, 
aperfeiçoando, melhorando a cada prova. Como bem diz, "Concurso
Kauany
Kauany fez um comentário
boa noite!
0 aprovações
Carregar mais