A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
MICROBIOLOGIA  REsumo

Pré-visualização | Página 2 de 3

e contagem-padrão em placas.
-contagem microscopica direta (camara de petroff).
-método no numero mais provavel (NMP).
-filtração.
-turbidez.
____________________________________________________________________
Esterilização: morte ou remoção de todos os MO's em um material.
Desinfecção: Redução do numero de MO's patogenicos em materiais, de modo que estes nao representem ameaça de doença.
agentes antimicrobianos químicos: influenciado pelo tempo de exposição, temperatura, pH e concentração da substancia (alta concentração: BACTERICIDA. baixa concentração: BACTERIOSTÁTICAS).
- Álcool 70%: exceção, pois o alcool 70 é mais potente até que o 99%, isso pq um pouco de água deve estar presente para ocorrer a reação de desnaturação de proteinas e também porque uma mistura de 70% de alcool/água penetra mais profundamente nos materias do que um alcool puro.
Caracteristicas de um desinfetante: ter ação rápida, atuar sobre todos os tipos de MO's, penetrar no material sem danificar, facil de preparar e estável ao calor/luz, baixo custo e não deve possuir odor desagradavel.
agentes antimicrobianos físicos:
- calor seco (forno de pasteur, flambagem): oxidação de moléculas
- calor úmido (autoclave): desnaturação proteica. Tem maior poder de penetração.
- pasteurização.
Esterilização por:
- Radiação (UV, microondas)
- Ondas sônicas e ultra-sônicas (Sonicação - rompe célula por onda sonora -, e cavitação - forma cavidades nas bacterias desintegrando e desnaturam proteinas)
- Filtração (membranas filtrantes)
Temperatura Fria: retarda o crescimento dos mo's pela redução das reações controladas por enzimas, mas nao mata os mo's.
o congelamento, secagem e liofilização, são utilizados para preservar tanto os alimentos quanto os microorganismos.
_________________________________________________________________
MICROSCOPIA: torna coisas muito pequenas vísiveis ao olho humano.
COLORAÇÃO:
- Simples: um único corante.
- Diferencial: dois ou mais corantes e diferencia microorganismos ou partes deles.
Mais utilizados:
- Corantes Catiônicos (+) ou basicos: azul de metileno, cristal violeta, safarina e verde de malaquita.
- Corantes aniônicos (-) ou ácidos: eosina e ácido pícrico.
Coloração Gram:
1- cora-se as celulas com cristal violeta
2- acrescenta-se lugol (mordente - iodo auxilia na retenção do corante às células gram+)
3- lava-se a lamina com alcool-cetona (as células que nao reterem o cristal violeta serão descoradas pelo álcool-cetona)
4- acrescenta-se fucsina (vão corar as que foram descoradas pelo álcool-cetona: gram-)
Grupos de Gram:
- Gram +: parede celular que retem o cristal violeta.
- Gram -: parede celular que não retem o cristal violeta.
- Gram não-reativos: não se coram.
- Gram lábeis (variáveis): se coram de maneira desigual.
__________________________________________________________________
Genetica Microbiana: toda informação necessaria à vida está armazenada no material genetico de um organismo: DNA ou RNA. Um cromossomo é uma molecula de DNA em forma de fita dupla (circular para procariontes e linear para eucariontes).
A célula procarionte possui um unico cormossomo circular moldado num nucleoide (superenovelamento) que se replica e cada celula-filha recebe um dos cromossomos transmitindo a informção genetica da célula-mãe para a cél-filha.
função das informações no DNA: replicar o DNA para divisão celular e proporcionar informações para sintese de proteinas (ocorre em ambar por pareamento de bases).
elementos genticos extracromossomicos:
- plasmidios: pequenas moleculas de dna contendo informações geneticas.
- bacteriófagos: vírus que infecta bacterias.
Inúmeras bacterias são promiscuas com sue DNA (promovem trocas de dna que permitem o intercambio de genes entre as celulas produzindo novas cepas bacterianas). essa troca de dna pode ser vantajosa ao receptor especialmente se o DNA alterado codificar "resistencia à antibióticos". (VANTAJOSA???) Esse dNa pode ficar no cromossomo doreceptor, em forma extracromossomica ou ser transferiado à filha.
Mutações:
- Genótipo: composição genetica de um organismo.
- Fenótipo: expressção física do genótipo.
- Mutação: alteração permanente na sequencia de nucleotideos de um DNA.
- Mutações pontuais: mudança de um unico nucleotideo.
- Mutações por deslocamento, inserção ou deleção de um ou mais nucleotideos.
variações fenotipicas nao podem envolver: alterações na morfologia da colonia, nos nutriente requeridos e na sensibilidade a temperatura.
Mecanismo de transferencia genetica:
- conjugação: atraves de um pilus sexual/plasmidio de uma bacteria doadora para uma receptora.
- transformação: aquisição de novos marcadores geneticos por incorporação de dna estranho.
- Transdução: transferencia de informação genetica de uma bacteria para outra atraves de bacteriofago.
Engenharia genetica: Pela engenharia genetica é possivel isolar e expressar genes de proteinas uteis, como: insulina, interfron, hormonio de crescimento e interleucinas, em bacterias, leveduras e ate insetos.
EX: - Transgenicos
- Utilização na medicina, industria e agricultura
__________________________________________________________________
Agentes Antimicrobainos:
- Quimioterapia: tratamento de moléstias com substancias quimicas.
EX: Quimioterapicos (sintetizados em laboratorios)
Antibióticos (produzidos por seres vivos - bacteria ou fungo)
considerações para o estudo de antimicrobianos: patogenicidade, hospedeiro e agente antimicrobiano (ou seria microbiano?)
Toxicidade seletiva: baseia-se na exploração das diferenças na estrutura e metabolismo dos mo's e da celula hospedira. a essencia da quimioterapia antimicrobiana é matar ou inibir o microorganismo sem afetar o hospediro. Ocorre com maior probabilidade em organismos procariotas devido o maior grau de diferença com a celula hospedeira.
* vírus são mais dificeis de serem atingidos pelos agentes microbianos, devido seu parasitismo intracelular obrigatorio.
agente antimicrobiano ideal:
-quanto as propriedades antimicrobianas: toxicidade seletiva, amplo espectro de ação e atividade antibacteriana e antifungica.
- quanto as propriedades farmacologicas: atóxico para o hospedeiro; meia-vida longa no plasma (1 dose diaria); boa distribuição tecidual; baixa ligação às proteinas plasmaticas; formulações para dosagem oral e parenteral; ausencia de interferecia com outras drogas.
Classificação:
-pela ação bactericida ou bacteriostática
-pelo sitio de ação
-pela estrutura quimica
Sitios de ação: sintese da parede celulas; sintese de proterinas; sintese de acidos nucleicos; funçao da membrana celular.
1: antibacterianos que atuam na parede: Beta-lactâmicos - se ligam a proteinas da parece bacteriana bloqueando a etapa final da sintese da camada de peptideoglicano, matando a bacteria. (ex: penicilina)
2: antibacterianos que atuam na membrana citoplasmatica: polimixinas - atuam como detergentes cationicos, provocando desorganização na membrana, com a saida de componentes celulares e a morte bacteriana.
3: antibacterianos que atuam na sintese de proteinas: ligam-se a subunidades dos ribossomos, inibindo a sintese proteica (ex: aminoglicosídeos).
4: antibacterianos que atuam na sintese do DNA: metronidazol - é degradado e seus produtos intercalam-se na molecula de dna quabrando-a e impedindo sua sintese; derivados quinolonicos e rifampicinas - interferem nas etapas da sintese de dna.
Resistencia como resultado de mutação cromossomica: organismos mutagenicos podem adiquirir tolerancia a drogas (quimioterapicos ou antibioticos)
Resistencia adiquirida atraves de genes em plasmidios: plasmidios podem conferir vantagens seletivas à bacteria, exemplo: resistencia a antibiotico.
resistencia adiquirida por transposons (genes saltadores): responsaveis pela disseminação de genes que conferem resistencia bacteriana aos antibioticos e quimioterapicos.
MECANISMOS DE RESISTÊNCIA:
* Alteração no sítio-alvo: de maneira a apresentar uma baixa