A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
RELATÓRIO DE LANÇAMENTO HORIZONTAL

Pré-visualização | Página 1 de 1

� PAGE \* MERGEFORMAT �1�
Sumário
1 – Capa.............................................................................................................................................01
2 – Sumário.......................................................................................................................................02
3 – Objetivo.......................................................................................................................................03
4– Introdução.............................................................................................................................................03 04 05
5 – Procedimento....................................................................................................................................................05 	
6 – Resultados.........................................................................................................................................................06 
7 –Discussão............................................................................................................................................................07
8 –Conclusão...........................................................................................................................................................07
9 –Bibliografia........................................................................................................................................................07
3 - Objetivo
Determinar a velocidade de lançamento horizontal de um projétil pela conservação de energia. 
3.1 Materiais utilizados: - Superfície lisa da bancada 
			 - Lançador horizontal
			 - Esfera
		 - Régua
 - Esfera
 - Papel carbono
4-Introdução
	Lançamento horizontal
 
	
 Todo corpo lançado horizontalmente com velocidade Vo de um ponto L, próximo da superfície da Terra, desprezados os atritos do ar, fica sujeito unicamente à força peso, (sempre de direção vertical e sentido para baixo) e que obedece à trajetória da figura abaixo, que é um arco de parábola.
�� INCLUDEPICTURE "http://www.fisicaevestibular.com.br/images/cinematica13/image006.jpg" \* MERGEFORMATINET 
 
   
Colocando-se a origem do sistema de referência no ponto de lançamento, orienta-se, por exemplo, o eixo X para a direita e o eixo Y para baixo.
Decompõe-se o movimento em duas parcelas:
 Segundo o eixo X  ---  trata-se de um movimento horizontal uniforme com velocidade constante de intensidade Vo, que é a velocidade de lançamento  ---  S = So + V.t  ---  X= 0 + Vo.t  ---  X=Vo.t
Segundo o eixo Y  ---  trata-se de um movimento uniformemente variado com velocidade inicial Vo=0, ou seja, é uma queda livre com o corpo abandonado da origem,sujeito apenas à aceleração da gravidade, de intensidade g, direção vertical e sentido para baixo. Equações:
S = So + Vo.t + at2/2  ---  Y= 0 + 0.t + gt2/2  ---  Y=g.t2/2
Vy = Voy + a.t  ---  Vy= 0 + g.t  ---  Vy=g.t
V2=Vo2 + 2.a.ΔS  ---  Vy2 = Voy2 + 2.g.Δh  ---  Vy2 = 02 + 2.g.Δh  ---  Vy2 = 2.g.Δh
 
O que você deve saber
 A máxima distância horizontal por ele atingida é chamada de alcance a (veja figura abaixo)
 Em cada ponto da trajetória, a velocidade resultante  é dada por:
Vx=Vo=constante  ---  Vy=g.t  ---  Vr=V  ---  V2 = Vo2 + Vy2
 
 Observe na figura abaixo que, à medida que o abacaxi vai caindo, a flecha também, na mesma proporção, pois ambos caem sujeitos apenas à ação da aceleração da gravidade g.
Então, se o garoto fizesse mira sobre o abacaxi e ele não caísse, o garoto erraria o alvo, pois a flecha, à medida que avança na horizontal com velocidade constante Vo, também está caindo com velocidade Vy..
Se o instante da queda do abacaxi e do lançamento da flecha for simultâneo, os dois possuirão em cada instante, as mesmas velocidades horizontal e vertical e, para se determinar o instante do encontro, você deve isolar o tempo na equação X=Vot  ---  t=X/Vo e substituí-lo na equação da altura Y=gt2/2.
5-Procedimento:
5.1- Fazer 5 lançamentos com cada esfera; 
5.2 - Medir o alcance da esfera em relação ao centro da plataforma. 
5.3 - Cronometrar o tempo entre o lançamento e o ponto de toque; 
5.4 - Medir a altura do ponto de saída da esfera/ 200mm; 
5.5 - Medir as massas das esferas; 
5.6 - Pesquisar e determinar a velocidade de lançamento horizontal das massas; 
 
 
6- Resultados 
6.1 - Tabela com os resultados obtidos no experimento e pelos cálculos da física. 
g= 66,55g 
	
	01
	0,312s
	0,350s
	0,340s
	02
	0,368s
	0,340s
	0,440s
	03
	0,389s
	0,330s
	0,470s
	04
	0,410s
	0,340s
	0,370s
	05
	0,325s
	0,380s
	0,360s
	Média dos Tempos de Lançamento
	0,361s
	0,348s
	0,396s
	Alcance dos Lançamentos
	0,226m
	0,151m
	0,213m
6.2 – Cálculo da velocidade de lançamento das massas. 
Esfera G 
	
	
T= 0,36 s 
S= 0,226 m 
G= 9.8m/s² 
 Velocidade 
 V²=v0²+2*g*s
V²=2x9,8x(0,22) 
V²=4,31
v= 2,08 m/s
	
T= 0,34 s 
S= 0,151 m 
G= 9.8m/s² 
 Velocidade 
 V²=v0²+2*g*s
V²=2x9,8x(0,15) 
V²=2,94
v= 1,71 m/s
	
T= 0,39 s 
S= 0,213 m 
G= 9.8m/s² 
 Velocidade 
 V²=v0²+2*g*s
V²=2x9,8x(0,21) 
V²=4,11
v= 2,02 m/s
7- Discussão:
7.1 O grupo refez os experimentos e os valores ficaram bem próximos ao listados acima.
8- Conclusão:
A partir do experimento realizado com o pendulo simples, em condições ideais, (sem a interferência de forças externas) podemos verificar que a aceleração da gravidade atua em toda parte e preserva suas características básicas onde quer que aplicadas.
9- Bibliografia:
9.1 http://www.ebah.com.br/content/ABAAABPpcAG/lancamento-projeteis
9.2http://www.fisicaevestibular.com.br/cinematica13.htm
Pesquisado no dia 08/06/2014.
UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ
ENGENHARIA CÍVIL \ PRODUÇÃO
TUTOR: 
RELATÓRIO 008
EXPERIÊNCIA:LANÇAMENTO HORIZONTAL
ALUNOS:
		Nome						matrícula
RIO DE JANEIRO
1° SEMESTRE - MAIO/2014