provas de libras
10 pág.

provas de libras


DisciplinaPesquisa e Prática em Educação I387 materiais3.211 seguidores
Pré-visualização4 páginas
APOL DE LIBRAS
 \u201cO que é ser diferente? Não seria igual ou não gostar das mesmas coisas? Com isso, muitas vezes os sujeitos surdos ficam com vergonha de suas identidades surdas na sociedade e têm medo de contar a alguém para não prejudicar a si próprios, pois não querem ser vistos como \u2018doentes\u2019 ou \u2018anormais\u2019. O pesquisador surdo Miranda [...] adverte quanto à identidade surda: \u2018Ela é ameaçada constantemente pelo \u2018outro\u2019. Este outro pode se referir aos surdos que optam pela representação da identidade ouvinte. Esta política de representação geralmente terá uma incidência negativa\u201d.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: STRÖBEL, Karin Lilian. História dos surdos: Representações \u201cmascaradas\u201d das identidades surdas. In. PERLIN, Gladis; QUADROS, Ronice Muller de (Org.). Estudos Surdos II. Rio de Janeiro: Gralha Azul, p. 18-37, 2007. p. 26.
A cultura surda significa, entre outros aspectos, evocar uma questão identitária. A esse respeito, conforme os conteúdos do texto-base Ensino de Língua Portuguesa para surdos: Caminhos para a prática pedagógica, a identidade pode ser definida como:
Nota: 10.0
	
	A
	Identidade Flutuante, Identidade Inconformada, Identidade de Transição, Identidade Hibrida e Identidade Surda.
Você acertou!
De acordo com Perlin (1998), a identidade pode ser definida como: \u2022 Identidade flutuante, na qual o surdo se espelha na representação hegemônica do ouvinte, vivendo e se manifestando de acordo com o mundo ouvinte. \u2022 Identidade inconformada, na qual o surdo não consegue captar a representação da identidade ouvinte, hegemônica, e se sente numa identidade subalterna. \u2022 Identidade de transição, na qual o contato dos surdos com a comunidade surda é tardio, o que os faz passar da comunicação visual-oral (na maioria das vezes truncada) para a comunicação visual-sinalizada - o surdo passa por um conflito cultural. \u2022 Identidade híbrida, reconhecida nos surdos que nasceram ouvintes e se ensurdeceram e terão presentes as duas línguas numa dependência dos sinais e do pensamento na língua oral. \u2022 Identidade surda, na qual ser surdo é estar no mundo visual e desenvolver sua experiência na Língua de Sinais. Os surdos que assumem a identidade surda são representados por discursos que os veem capazes como sujeitos culturais, uma formação de identidade que só ocorre entre os espaços culturais surdos (texto-base: Ensino de Língua Portuguesa para surdos: Caminhos para a prática pedagógica, p. 41).
	
	B
	Identidade Flagrante, Identidade Conformada, Identidade de Transmitida, Identidade Hidráulica e Identidade Sugestiva.
	
	C
	Identidade Flagrante, Identidade Conformada, Identidade de Trivial, Identidade Irônica e Identidade Substituída.
	
	D
	Identidade Ficante, Identidade Conformada, Identidade de Transmissão, Identidade Holística e Identidade Sustentada.
	
	E
	Identidade Forte, Identidade Formada, Identidade de Trânsito, Identidade Indicativa e Identidade Superficial.
 
\ufffd
Questão 2/10
Considere o trecho do texto a seguir:
\u201cO elemento principal da abordagem tecnicista não é o professor, nem o aluno, mas a organização racional dos meios. O planejamento e o controle asseguram a produtividade do processo\u201d.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: BEHRENS, Marilda Aparecida. O paradigma emergente e a prática pedagógica. 4. ed. Curitiba: Champagnat, 2010, p.48. 
Com base nos conteúdos abordados nas aulas e no livro Didática, leia as afirmativas a seguir sobre a abordagem didática do aprender a aprender:
I. Fundamenta-se numa visão existencialista e, como consequência, vê a educação como condição necessária para o desenvolvimento do homem.
II. A abordagem deste processo didático está no redescobrir o conhecimento, sendo o aspecto central o aprender o método para aprender. 
III. John Dewey é um dos teóricos que se coloca contra esta perspectiva do aprender a aprender.
IV. O centro deste processo está no professor, que ensina o aluno o método de aprender.
São corretas as afirmativas:
Nota: 10.0
	
	A
	III e IV, apenas.
	
	B
	I, II e III, apenas.
	
	C
	II e IV, apenas.
	
	D
	II, apenas.
	
	E
	I e II, apenas.
Você acertou!
As afirmativas I e II são corretas. A abordagem do \u201caprender a aprender\u201d fundamenta-se numa visão existencialista, e como consequência vê a educação como condição necessária para o desenvolvimento do homem. Sua abordagem está no redescobrir o conhecimento, sendo o aspecto central o aprender o método para aprender. A afirmativa III está incorreta pois John Dewey é o proponente do método utilizado nesta abordagem didática. E a afirmativa IV está incorreta pois o centro deste processo está no aluno.
 (Livro-base, p.37).
\ufffd
Questão 3/10
Considere o trecho de texto a seguir:
\u201cAprendizes tardios da primeira língua são praticamente inexistentes em comunidades de língua falada, o que não é o caso em comunidades sinalizantes. Uma vez que cerca de 95% das crianças surdas possuem pais ouvintes [conforme Mitchell e Karchmer], não é de se admirar que a grande maioria não esteja exposta à língua de sinais desde o nascimento. [...] Não se entende muito bem como essa exposição linguística tardia afeta o desenvolvimento linguístico, porém, fica evidente que os efeitos existem".
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: LILLO-MARTIN, Diane. Estudos de aquisição de línguas de sinais: Passado, presente e futuro. In. QUADROS, Ronice Muller de; VASCONCELLOS, Maria Lúcia Barbosa de (Org.). Questões teóricas das pesquisas em Línguas de Sinais. Rio de Janeiro: Editora Arara Azul, p. 191-210, 2008. p. 203.
Conforme o estudado no texto-base As primeiras aprendizagens da criança surda, pode-se compreender que a comunicação não verbal é insuficiente para as interações sociais e para a aquisição de aprendizagens mais complexas pelo sujeito surdo, havendo então...
Nota: 10.0
	
	A
	a necessidade da comunicação por desenhos.
	
	B
	a necessidade da aquisição de uma língua.
Você acertou!
\u201cO gesto de apontar \u2018fornece pista aos pais de quais palavras e sentenças as crianças precisam ouvir para organizar suas ideias e dar outro rumo à aprendizagem\u2019. Além disso, \u2018os gestos desempenham um papel principal no aprendizado linguístico e na aquisição da cognição\u2019. Mesmo sabendo-se que, principalmente, o gesto de apontar oferece um suporte para as primeiras aprendizagens, concluiu-se que a comunicação não verbal foi insuficiente para as interações sociais e a aquisição de aprendizagens mais complexas. Dessa forma, compreendeu-se a necessidade da aquisição de uma língua, considerando-se que a média de idade entre as crianças investigadas era de três anos e que elas não apresentavam perda cognitiva\u201d (texto-base: As primeiras aprendizagens da criança surda, p. 135).
	
	C
	a necessidade da construção da identidade surda.
	
	D
	a necessidade da aprendizagem sistemática de objetos.
	
	E
	a necessidade da pesquisa linguística.
 
\ufffd
Questão 4/10
Leia o fragmento de texto a seguir:
\u201cA avaliação é uma tarefa complexa que não se resume a realização de provas e atribuição de notas. A mensuração apenas proporciona dados que devem ser submetidos a uma apreciação qualitativa. A avaliação, assim, cumpre funções pedagógico-didáticas, de diagnóstico e de controle em relação às quais se recorrem a instrumentos de verificação do rendimento escolar\u201d.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: LIBÂNEO, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1994, p. 195.
A avaliação é um dos elementos do planejamento docente e sua concepção de avaliação varia de acordo com a concepção de educação que orienta a prática do professor. De acordo com os conteúdos abordados nas aulas e o livro-base Didática, relacione cada abordagem didática a sua compreensão de avaliação:
1. Transmissão-assimilação.
2. Aprender a aprender.
3. Aprender a fazer.
4. Sistematização