Questões D. Consumidor
64 pág.

Questões D. Consumidor


DisciplinaDireito do Consumidor8.579 materiais32.563 seguidores
Pré-visualização21 páginas
1 
 
Ref.: 201408228290 
 1a Questão 
 
 
Com relação ao Código do Consumidor, é incorreto afirmar: 
 
 
 
 
é uma lei de origem constitucional em face do disposto do art. 5º, XXXII, da Constituição Federal; 
 
é lei geral, tal qual o Código Civil, porque se aplica a todas as relações de consumo, onde quer que 
ocorrerem; 
 
é uma lei principiológica porque estruturada em princípios e cláusulas gerais; 
 
é lei especial em razão do sujeito; 
 
Ref.: 201408228287 
 2a Questão 
 
 
No tocante à aplicabilidade do Código de Defesa do Consumidor é correto afirmar: I- Criou mais uma lei especial, 
dentre tantas, para regular uma relação específica; II- Havendo um consumidor e um fornecedor, há uma relação de 
consumo, logo a Lei 8.078/90 é aplicada; III- Criou uma sobrestutura jurídica multidisciplinar, aplicável em todos os 
ramos do Direito onde ocorram relação de consumo; 
 
 
 
 
Somente a afirmativa I está correta; 
 
Somente a II está correta; 
 
Somente a II e a III estão corretas. 
 
Nenhuma afirmativa está correta; 
 
Ref.: 201408228345 
 3a Questão 
 
 
Havendo conflito de leis abrangendo relação de consumo: 
 
 
 
 
deverá prevalecer a lei que for mais específica. 
 
deverá ser aplicado o Código Civil porque regula relações de direito privado. 
 
deverá ser afastado o Código de Defesa do Consumidor. 
 
deverá prevalecer o Código de Defesa do Consumidor 
 
Ref.: 201408228296 
 4a Questão 
 
 
2 
 
O Código Civil e o Código de Defesa do Consumidor regulam relações de direito privado, por isso é correto afirmar 
que possuem a mesma essência. 
 
 
 
 
sim, porque visam isonomia nas relações de direito privado. 
 
não, porque o CDC fica restrito à sua área de atuação enquanto o CC permite sua aplicação em determinadas 
leis especiais; 
 
sim, porque ambos possuem menção expressa na Constituição; 
 
não, porque o CDC regula relações entre desiguais enquanto o CC regula relações entre iguais; 
 
Ref.: 201408959348 
 5a Questão 
 
 
Em relação à formação histórica do Direito do Consumidor, um fato relevante foi a revolução industrial, que trouxe 
consigo a revolução do consumo. Assinale a opção que não corresponde a uma mudança introduzida por essa 
revolução nas relações de consumo? 
 
 
 
 
d) Aumento das cláusulas abusivas. 
 
a) A produção passa a ser em massa. 
 
b) Surgimento dos contratos coletivos e contratos de adesão com cláusulas de interesse somente do 
fornecedor. 
 
e) Separação entre produtor e consumidor. 
 
c) Um forte aparato jurídico capaz de suprir as novas demandas dos consumidores. 
 
Explicação: 
Tal aparato jurídico afirmado na alternativa é consequência do desequilíbrio entre consumidores e fornecedores e 
não consequência da Revolução Industrial. 
Ref.: 201408676321 
 6a Questão 
 
 
Várias relações jurídicas não são consideradas relações de consumo. Das citadas abaixo, é considerada de relação de 
consumo: 
 
 
 
 
contratos com instituições financeiras 
 
condomínio 
 
arrendamento rural 
 
parceria rural 
 
locação 
 
Explicação: 
O Superior Tribunal de Justiça (STJ) entende que não se aplicam aos contratos de locação as normas do Código de 
3 
 
Defesa do Consumidor, pois tais contratos não possuem os traços característicos da relação de consumo, previstos 
nos artigos 2º e 3° do CDC, e além disso, já são regulados por lei própria, a Lei 8.245/1991. 
Ref.: 201408681931 
 7a Questão 
 
 
(185º. Concurso de Provas e Títulos para Ingresso na Magistratura - TJ/SP - VUNESP - 2014) Com relação ao 
Código de Defesa do Consumidor, é correto afirmar: 
 
 
 
 
Mesmo se tratando de um sistema próprio, é possível aplicar normas de outro sistema legal nas relações de 
consumo, ainda que não haja lacuna no sistema consumerista. 
 
Nas relações de consumo, não havendo lacuna no código consumerista, aplica-se somente seu regramento, 
podendo, entretanto, as partes optarem por outro sistema legal. 
 
A Lei nº. 8.078/90 é norma de ordem pública e de interesse social, geral e principiológica e, com base no 
parágrafo 1º do artigo 2º da Lei de Introdução às Normas do Direito Brasileiro, sempre revoga as anteriores 
incompatíveis, quer estas sejam gerais ou especiais. 
 
Não é possível ao magistrado aplicar as regras legais ex officio, ficando sempre na dependência de pedido 
expresso da parte. 
 
Explicação: 
Art. 2o Não se destinando à vigência temporária, a lei terá vigor até que outra a modifique ou revogue. 
§ 1o A lei posterior revoga a anterior quando expressamente o declare, quando seja com ela incompatível ou quando 
regule inteiramente a matéria de que tratava a lei anterior. 
§ 2o A lei nova, que estabeleça disposições gerais ou especiais a par das já existentes, não revoga nem modifica a lei 
anterior. 
§ 3o Salvo disposição em contrário, a lei revogada não se restaura por ter a lei revogadora perdido a vigência. 
Ref.: 201408228285 
 8a Questão 
 
 
No que diz respeito à defesa do consumidor é correto afirmar: I - É um princípio inerente à ordem econômica; II- É 
um direito e uma garantia fundamental; III- Tem status constitucional de cláusula pétrea. 
 
 
 
 
Nenhuma está correta. 
 
Todas as afirmativas estão corretas. 
 
Somente a I e III estão corretas. 
 
Somente a I está correta. 
 
Ref.: 201408891180 
 1a Questão 
 
 
Com relação ao Código do Consumidor, é incorreto afirmar: 
4 
 
 
 
 
 
é uma lei que tem por objeto a tutela do consumidor e não a proteção do consumo. 
 
é uma lei principiológica porque estruturada em princípios e cláusulas gerais; 
 
é lei especial em razão do sujeito; 
 
é uma lei de origem constitucional em face do disposto do art. 5º, XXXII, da Constituição Federal; 
 
é lei geral, tal qual o Código Civil, porque aplica-se a todas as relações de consumo, onde quer que 
ocorrerem; 
 
Explicação: 
Conforme Sérgio Cavalieri e outros autores, a total vulnerabilidade do consumidor foi o fator principal para a 
formação de um novo direito e para criação de uma lei de cunho principiológico, cujas normas gerais abrangem 
todas as relações de consumo. 
Ref.: 201408228342 
 2a Questão 
 
 
Nos casos de extravio de bagagem nos transportes aéreos é CORRETO afirmar: I- Possuem indenização tarifada. II- 
Não estão sujeitos as regras do Código de Defesa do Consumidor. III- Ficam limitadas as determinações do Código 
Civil. 
 
 
 
 
Somente a I e II estão corretas 
 
Nenhuma está correta. 
 
Somente a I e III estão corretas. 
 
Somente a II e III estão corretas. 
 
Ref.: 201408228313 
 3a Questão 
 
 
A Constituição menciona que o Estado promoverá a defesa do consumidor. Quando o poder constituinte originário 
faz tal afirmação significa dizer que: 
 
 
 
 
não é uma mera faculdade e sim um dever do Estado 
 
assim como tantos outros direitos mencionados na Constituição sua aplicabilidade ou não caberia ao apelo 
social, não passando de mera faculdade do Estado 
 
mesmo com a determinação da Constituição, não se pode esquecer que o Estado é soberano, logo, não há 
que se falar em dever. 
 
não há que se falar em dever do Estado uma vez que o Direito do Consumidor regula as relações de direito 
privado 
 
Ref.: 201408674993 
 4a Questão 
5 
 
 
 
PROC/SP/2005 - Considerando que a entrada em vigor do Novo Código Civil é posterior à promulgação do Código 
de Defesa do Consumidor, é correto afirmar que: 
 
 
 
 
as novas regras do Código Civil revogam a aplicação de todas as