sistema TSP2 (prof. Marisa)
5 pág.

sistema TSP2 (prof. Marisa)


DisciplinaTeorias e Sistemas Psicológicos II850 materiais9.384 seguidores
Pré-visualização1 página
\ufffdPAGE \ufffd
\ufffdPAGE \ufffd1\ufffd
QUESTIONARIO AV1 - Teoria e Sistemas II.
1)O que é um sonho, segundo Freud?
Sonho é uma tentativa de realização de desejo de forma alucinatória. Segundo Freud, o sonho é a via régia para o inconsciente, a melhor via para se entender o funcionamento do inconsciente.
2) Quais os mecanismos de elaboração onírica ou formação dos sonhos?
Os mecanismos de elaboração onírica ou de formação dos sonhos são: a condensação, o deslocamento, a figurabilidade e a elaboração secundaria. Todos esses mecanismos constroem os sonhos. Os mecanismos de condensação e deslocamento são também formas de funcionamento do inconsciente. 
3) Qual a função de censura?
A censura divide o conteúdo inconsciente do conteúdo consciente. O conteúdo inconsciente se chama também conteúdo latente dos sonhos. O conteúdo consciente se chama também conteúdo manifesto dos sonhos. 
4)O que o processo primário?
O processo primário é a forma de funcionamento do inconsciente. O inconsciente quer ou visa encontrar a satisfação para o desejo de forma imediata (mais rápido possível). O processo primário ou o inconsciente é guiado ou regido pelo principio do prazer que quer o prazer imediatamente. Ex: Estou com fome e sonho que estou comendo um bife com fritas, acordo e continuo com fome. 
5)O que é o processo secundário?
O processo secundário é a forma de funcionamento do consciente. O consciente visa ou quer encontrar a satisfação para o desejo de forma a mais duradoura possível. O processo secundário é guiado pelo principio de realidade que é capaz de adiar o prazer até encontrar um objeto adequado no mundo externo para obter a satisfação. Ex: Estou com fome, saio para comprar carne e batatas, volto para casa, cozinho e daí como meu file com fritas. Encontro uma satisfação mais duradoura para satisfazer o desejo.
6) O que os mecanismos de elaboração onírica visam?
Esses mecanismos visam disfarçar o desejo inconsciente para ele passar pela censura. A censura fica mais fraca enquanto eu durmo e assim o desejo tenta entrar na consciência como sonho.
7)Como os mecanismos de elaboração onírica funcionam? 
Condensação encolhe o conteúdo latente (inconsciente) dos sonhos para torná-los menores no conteúdo manifesto (consciente). Assim o conteúdo manifesto de um sonho é sempre menor que o conteúdo latente. Ex: uma pessoa no conteúdo manifesto (consciente) pode representar três ou mais pessoas no conteúdo latente (inconsciente).
Deslocamento substitui uma pessoa ou situação importante no inconsciente ou de alto valor para o desejo, por uma pessoa ou situação de menor valor para o desejo. Ex: estou com raiva de minha irmã que ´implicante e substituo minha irmã por uma vizinha (ambas me contrariam com frequência) então no sonho brigo com a vizinha e fico menos culpada do que se brigasse com minha irmã.
Figurabilidade transforma a história do sonho em imagens e figuras.
Elaboração secundaria empresta uma coerência ao sonho. Como tudo ficou muito distorcido depois de passar pelos mecanismos de elaboração onírica e o sonho fica completamente sem sentido, a elaboração secundaria dá uma coerência ao conteúdo manifesto do sonho. É como uma argamassa que une as partes do sonho. É a primeira coisa que desaparece quando acordo, por isso é comum ao acordar acharmos o sonho sem sentido antes de esquecê-lo. 
8) Por que esqueço os sonhos quando acordo?
Por que quando acordo a censura fica mais ativa e me faz esquecer o sonho mandando de volta o desejo para o inconsciente. 
9) Qual a tese de Freud sobre a sexualidade humana?
Que a sexualidade humana não visa a reprodução em primeiro lugar, mas visa em primeiro lugar o prazer. Que a sexualidade humana não é determinada pela maturação biológica e inicia na adolescência ou vida adulta, mas ela é um desvio da necessidade biológica e inicia desde a infância buscando o prazer. Que a sexualidade humana não tem um roteiro fixo como o instinto sexual animal, mas ela pode ter vários caminhos e objetos. Freud a denomina essa variedade de formas de obter prazer da sexualidade humana de perversa polimorfa. A primeira forma de satisfação da sexualidade humana é o autoerotismo.
10) O que é autoerotismo?
Primeira forma de satisfação da pulsão sexual é obtida no próprio corpo. Através da boca e da função de chuchar o peito ou a chupeta. O objeto do autoerotismo é uma zona erógena (a boca, por exemplo) e porque fica numa parte do corpo e é um objeto parcial.
11) Quais as formas de autoerotismo?
Oral, anal, fálico.
12) Qual a zona erógena da fase oral?
A boca. A fase oral inicia com o prazer de chuchar mas se desdobra para várias formas de prazer. O beijar, o prazer comer, degustar alimentos, o prazer de fumar, roer unhas etc...
13) Quais os objetos da fase anal e fálica? Cite uma forma de satisfação anal e fálica.
Fase Anal (zona erógena o ânus) forma de satisfação defecar ou reter as fezes. Fase Fálica (zona erógena os órgãos genitais) forma de satisfação se masturbar. 
14) Autoerotismo é superado durante o desenvolvimento?
Autoerotismo não é superado, permanece durante toda a vida em todas as pessoas, mas deve ser colocado em segundo plano porque novas formas de usar a sexualidade surgem e são mais ricas: por exemplo, o ato sexual com o outro. Porém, todas as pessoas mantêm o autoerotismo. O autoerotismo não deve ser a única forma de obtenção de satisfação, pois é um desperdício, não cria vínculos com objetos fora do corpo da própria pessoa e não cria uma historia. Ela pode ser um tempero, mas não o prato principal da sexualidade adulta, pois seria uma forma de sexualidade muito pobre e sem emoção. 
15)Qual a montagem da pulsão?
A fonte (organismo), a meta (satisfação), a pressão (constante) e o objeto (variável). 
16) Qual a definição da pulsão?
Conceito limite entre o somático e o psíquico, é o representante psíquico que nasce no interior do organismo e chega ao psiquismo.
17) Quais os destinos da pulsão?
1º - Recalque (funda o psiquismo dividido entre consciente e inconsciente).
2º - Sublimação (transforma a meta e o objeto da pulsão dando um novo destino mais nobre à pulsão).
3º - Transformação no contrario; 4º - Retorno para a própria pessoa (transforma alvo ativo em alvo passivo - sadismo em masoquismo).
18) Diferencie sexualidade perversa polimorfa de perversão. 
Sexualidade perversa polimorfa é a sexualidade humana normal. Perversa polimorfa é a capacidade que a sexualidade humana possui de obter satisfação de várias formas. Dizer que a sexualidade tem varias formas de obter satisfação inclui desde as formas autoeróticas: oral, anal, fálica até a forma mais reconhecida que é o ato sexual com o outro que vai além do autoerotismo, pois inclui uma outra pessoa. A primeira forma de obter satisfação da sexualidade humana é autoerotismo que inicia na infância com a fase oral, depois anal e depois fálica e o autoerotismo permanece durante toda a vida. O prazer de tomar um cafezinho, por exemplo, é um prazer autoerótico oral. O prazer de guardar dinheiro (dinheiro = fezes no inconsciente) é um prazer autoerótico da fase anal. A masturbação é um prazer autoerótico fálico. A perversão não é autoerótica, pois é uma forma danosa e abusiva de se obter satisfação com o outro, pois é uma satisfação sem o consentimento do outro. A perversão trata o outro como uma coisa ou instrumento sem levar em consideração o desejo do outro. Por exemplo, sadismo, pedofilia, voyerismo etc. Em todas as culturas a perversão é considerada uma prática proibida e até criminosa.
Allane
Allane fez um comentário
obrigada!!!
2 aprovações
Carregar mais