A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
materno caso clinico final

Pré-visualização | Página 1 de 1

Alunos:
Ana Paula P Andrade – 4902631
Kelly Campos – 4902168 
Caso Clínico de Nutrição Materno Infantil - Saúde da criança
Profª: Ethel Cristina Souza Gomes
Duque de Caxias
2018
CASO CLÍNICO DE NUTRIÇÃO MATERNO INFANTIL---SAÚDE DA CRIANÇA
Manuela, 9 meses e meio, em aleitamento materno predominante, foi levada ao serviço de nutrição em pediatria por encaminhamento do seu pediatra, para que sua mãe recebesse a orientação sobre a introdução de alimentos para a criança. Manuela está recebendo apenas água e suco de frutas (400ml por dia divididos em dois horários, manhã e tarde), e sua mãe relatou na consulta com o nutricionista que a lactente vem apresentando constipação e refluxo gastroesofagiano há cerca de 3 meses desde que iniciou a oferta dos sucos.
Dados antropométricos: PA= 9,5KG Comprimento: 72cm PC:38cm PP: 40cm
Dados bioquímicos: No hemograma ---- 10,5g/dl de hemoglobina e 30%de hematócrito
Desenvolvimento neuromotor: lactente senta sozinho e mantém pescoço firme; já engatinha , emite sons em comunicação com os pais . Manuela já apresenta erupções de dentes.
Realize o que se pede para a paciente acima:
1-Calcule as necessidades nutricionais do lactente e elabore o plano alimentar de acordo com as necessidades da lactente.
Necessidade nutricional:
VET= Kcal x PA
VET: 89 X 9,5 = 845,5 kcal/dia
686--------300
845,5 ------ x
X = 845,5 x 300 / 686 = 369,75
 X = 369,75 Kcal para alimentação complementar 
Distribuição de nutrientes:
Necessidades Nutricionais:
Proteína – 3 g/dia x 4 = 12 Kcal = 3,24%
Lipídeos – 8,21g/dia x 9 = 73,69 Kcal = 20%
Carboidratos – 55,45g/dia x 4 = 221,82 Kcal = 60%
Vitamina A – 500 mcg/dia
Vitamina D - 200 UI/ dia 
Vitamina C – 75 mg/dia 
Ferro – 9,3 mg/dia sendo 97% na alimentação complementar
Zinco – 2,6 mg/dia 87% na alimentação complementar 
2 - Apresente a avaliação do estado nutricional da lactente
Perímetro Cefálico inadequado para idade 
Referência: Percentil 50 de 9 meses: 44,3
Perímetro Torácico Inadequado para idade 
Referência: Percentil 50 de 9 meses: 45,7
P/I = Ideal para idade (Escore-z entre +2 e 0)
P/E = ideal para idade( Escore-z acima do +1 )
E/I = Adequada para a idade ( Escore-z entre +2 e 0)
PC = Inadequado para idade
Segundo o exame bioquímico, a criança apresenta um quadro de anemia leve, que provavelmente está relacionada com a ausência da alimentação complementar adequada (principalmente a falta da oferta de alimentos fontes de Ferro e vitamina C ).
Segundo relatos a criança apresenta constipação, provavelmente proveniente da falta de ingestão de fibras, água e também pela alta ingestão de leite materno. De acordo com introdução da alimentação complementar possivelmente será corrigido o caso. Criança também apresenta refluxo gástrico esofágico, possivelmente pela grande oferta de leite materno e em grandes volumes para saciar a fome da criança, situação que também será corrigida com a alimentação complementar. 
	REFEIÇÃO
	PREPARAÇÕES
	ALIMENTOS
	MEDIDA CASEIRA
	DESJEJUM 6 HORAS
	LEITE MATERNO
LIVRE DEMANDA
	-------------------------
	-------------------------
	COLAÇÃO 9 HORAS
	PAPINHA DE FRUTA 
	BANANA PICADA
	1 UN PEQUENA
	ALMOÇO 11 HORAS
	PAPINHA SALGADA
	ARROZ PAPA + FEIJÃO+ ISCA DE FRANGO (PICADO)+ABÓBORA 
	2 COLHERES DE SOPA DE CADA ALIMENTO
	LANCHE 15 HORAS
	PAPINHA DE FRUTA
	MAMÃO PICADO 
	½ UNID. PEQUENO
	JANTAR 18 HORAS
	PAPINHA SALGADA
	ARROZ PAPA+ FEIJÃO+ CARNE (PATINHO) DESFIADA+ PURÊ DE BATATA+ ESPINAFRE (PICADO)
	2 COLHERES DE SOPA DE CADA ALIMENTO 
	ANTES DE DORMIR 
	LEITE MATERNO LIVRE DEMANDA 
	________________
	_________________
3-Elabore uma orientação alimentar para a mãe da paciente.
Começar a alimentação complementar; Devido ao atraso é recomendado que comece gradativamente, respeitando a aceitação da lactente
Iniciar papinhas doces (2 vezes ao dia café da manha e lanche da tarde ) , após 7 dias papinhas salgadas (2 vezes ao dia , almoço e jantar ) ( apresentar um grupo alimentar novo a cada 3 ou 7 dias) Quantidade: + ou - 200g ou 8 a 10 colheres de sopa
Iniciar com alimentos pastosos e gradativamente mudar pra bem amassados, desfiados ou bem cortados 
Respeitar os horários e saciedade da criança
Em caso de recusa alimentar oferecer o mesmo alimento 15 vezes aproximadamente em dias diferentes. 
Leite materno de livre demanda 
Dar preferencia a fruta in natura ao invés do suco da fruta, caso ofereça suco não passar de 240 ml por dia. 
Ofertar água nos intervalos entre as refeições .
Os alimentos devem ser oferecidos separadamente, em utensílios adequados (prato, colher e copo).
Não oferecer até os 2 anos de idade, chá preto, café, chocolate, açúcar ou alimentos com açúcar, sal, alimentos industrializados
Ainda não oferecer cenoura ralada, uva inteira, alimentos fritos.
50 a 100g de carne todos os dias 
Não oferecer leite de vaca antes dos 2 anos de idade
Alimentos cozidos com pouca água e sem condimentos ou sal
Higiene antes do preparo, lavar bem as mãos, os alimentos, utensílios usados e superfície utilizada. 
Não guardar restos de refeições
Armazenar e reaquecer sobras adequadamente (Armazenamento 24 hs na geladeira ou 2 hs em temperatura ambiente. Reaquecimento a 70°C)
 Usar água tratada para consumo e preparo de alimentos.
Cuidar da higiene bucal da criança 
Ferro: 9,3 mg/dia, - 5ml todos os dias dos 6 aos 18 meses e ofertar alimentos fontes ; Exemplo: 1 colh. de sopa de carne = 0,6mg/ 1 colh. De sopa de fígado= 1,7mg/ 1 colh. de sopa feijão = 0,3mg, afim de combater a anemia existente. Consumir alimentos como carne vermelha, vegetal verde escuro como o brócolis, espinafre, couve, cereais integrais, aveia e outros.
Vitamina C: 25 a 75mg /dia, é essencial para chegar ao requerimento diário de ferro. Ofertar alimentos fonte no almoço e jantar como, acerola, laranja, caju, goiaba, brócolis, couve e outros.
Vitamina A: 500μg - ofertar alimentos amarelados, alaranjados e avermelhados, alimentos fonte como fígado. ( oferecer fígado bovino pelo menos 1 vez por semana ), cenoura, abóbora, brócolis, gema de ovo, espinafre, manga, mamão entre outros. Consumir diariamente respeitando a UL, e a recomendação diária 500 ug.
 Vitamina D: Suplementar 200UI/dia. Orienta-se a exposição solar, na face e mãos por 17 min/dia ou corpo inteiro por 4 min./dia. Consumo de alimentos fonte como ovos, fígado bovino, peixes (sardinha, salmão, atum..) e leite materno.
 Zinco: 2,6 mg, ofertar alimentos fontes, até a criança completar 24 meses
 Fibras: 5g Para assegurar o bom funcionamento intestinal, o que equivale a aproximadamente ½ xícara de vegetais e frutas e ½ xícara de cereais. Podem ser inseridas na alimentação, como: mamão (1 fatia)= 2g, feijão (2 colh. sopa)= 2g, vagem (2 colh. sopa)= 2g
 Água: 120 ml (ofertada nos intervalos das refeições),com a introdução da alimentação complementar a ingestão de eletrólitos aumenta e a demanda hídrica se eleva, tornando necessária a oferta de líquido nos intervalos das refeições, visando a manutenção do equilíbrio eletrolítico.
Para Constipação:
Aumentar espaço entre as refeições.
Diminuir oferta de Leite materno ( já será diminuído por conta da introdução alimentar complementar)
Ofertar vegetais
Aumentar oferta de água

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.